Ir para o conteúdo Meteorologia Ir para o menu Meteorologia Ir para a busca no site Meteorologia Ir para o rodapé Meteorologia
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

REVOT: objetivo.

O projeto REVOT é uma iniciativa que apresenta, para um público leigo, procedimentos voltados à observação, de maneira segura, das características morfológicas das tempestades que antecipam não só seus graus de severidade como os fenômenos mais prováveis que as acompanharão. Incluídos nesta iniciativa estão também os procedimentos de como buscar proteção contra as tempestades e a indicação de fontes confiáveis sobre onde buscar a previsão de tempestades e avisos meteorológicos de tempo severo. A motivação para a execução do projeto REVOT também inclui a dificuldade em se documentar de maneira mais ampla e precisa as ocorrências de fenômenos atmosféricos extremos gerados por tempestades convectivas. Estes fenômenos são, tipicamente, muito localizados e de curta duração, sendo de difícil detecção direta pelos sistemas de observação meteorológica. Ao se abrir um canal de comunicação com os observadores voluntários, os eventos meteorológicos relatados de maneira segura, padronizada e precisa pelos voluntários treinados contribuirão também para a construção de um banco de ocorrências de chuvas intensas, inundações repentinas, granizadas e vendavais localizados. Isto é muito valioso para a avaliação e melhoria da previsão de tempestades e da emissão de avisos meteorológicos.

O objetivo principal do projeto REVOT é demonstrar a exequibilidade da formação de uma rede de voluntários, composta primordialmente por pessoas leigas em ciências da natureza, treinados para identificar visualmente, e de maneira antecipada, tempestades deflagradoras de condições meteorológicas extremas. Os objetivos específicos são: (a) elaborar procedimentos padrões e disseminar material digital e analógico, adaptado à realidade brasileira, para o treinamento em observação, documentação visual, e medidas protetivas para tempestades; (b) oferecer cursos de treinamento remoto e presencial para interessados em participar da rede de observação voluntária tanto a nível regional quanto nacional; (c) disponibilizar canais de comunicação digitais gratuitos para a interação contínua entre os observadores voluntários e os mantenedores da rede REVOT, e para o recebimento de relatos de tempestades realizados pelos voluntários; (d) contribuir para a construção de um banco nacional de dados de ocorrências de fenômenos extremos causados por tempestades.