Ir para o conteúdo Editora PPGART Ir para o menu Editora PPGART Ir para a busca no site Editora PPGART Ir para o rodapé Editora PPGART
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Publicações

Publicações recentes - 2020

LABART: pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Curadoria

Essa coletânea reúne artigos de oito mestres do PPGART, integrantes do Laboratório de Pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Mídias Digitais/LABART/CAL/UFSM. Os artigos resultam das pesquisas em História, Teoria e Crítica da Arte, assim como em Poéticas Visuais, desenvolvidas na área de concentração Arte Contemporânea e na linha de pesquisa Arte e Tecnologia, no período de 2013 a 2020, sob orientação da Prof.ª Dr.ª Nara Cristina Santos.

Publicações Anteriores

Arte, Cinema e Audiovisual
Cinema

Esta publicação surge no âmbito da proposta do Curso de Graduação em Cinema e Audiovisual na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), não apenas como uma demanda institucional histórica na área de Artes e Comunicação, mas também como uma demanda local e regional, fundada no histórico da cidade de Santa Maria, como polo cultural e artístico, no centro geográfico do Rio Grande do Sul. Desde 2014, está em andamento um estudo para o Curso de Cinema e Audiovisual, a ser aprovado e implementado na UFSM, no Centro de Artes e Letras (CAL). Esse Centro já abriga os cursos de graduação e pós-graduação nas áreas de Artes Visuais, Artes Cênicas, Dança, Desenho Industrial, Letras e Música. A proposta está pautada também em atividades de extensão que foram realizadas e fundamentaram o projeto. Em 2015, ocorreu o 1º Fórum de Arte Cinema e Audiovisual, com intuito de aproximar docentes, discentes e técnicos-administrativos atuantes da UFSM, com interesse e ou atuação na área, e profissionais com reconhecimento na América Latina para pensar em conjunto as estratégias curriculares para o novo curso. Neste sentido, esta primeira publicação Arte Cinema Audiovisual do CAL/UFSM reúne artigos de alguns pesquisadores e profissionais que participaram como convidados dos 6 primeiros Fóruns. A próxima publicação, reunirá artigos dos demais pesquisadores que integram edições anteriores e aqueles que farão parte do 7º Fórum.

Catálogo de exposição “do outro lado do silêncio” de Carlos Donaduzzi

A exposição “Do outro lado do silêncio” pode ser encarada como um convite para apreciarmos a pausa, pois solicita a suspensão das atividades corriqueiras do cotidiano, para vivenciarmos um período marcado por paradas frente às obras e deslocamentos lentos pela sala expositiva, a fim de mantermos a atenção e percebermos as sutilezas contidas nas imagens. O silêncio e a temporalidade estagnada nos vídeos de Carlos Donaduzzi, e nas figuras fotografadas, desconcerta-nos o pensamento; são prenhes de questionamentos sobre o tempo atual; constituem- se num silêncio potente e ruidoso, que nos provoca e ecoa em nossos sentidos. Organização: Carlos Donaduzzi

 
capa Noticias do pareiso

“Deslocar-se nos espaços geográficos é um tipo de prática que o ser humano desenvolveu desde a aurora dos tempos. Viajar, entretanto, é uma nova experiência, que pressupõe um tipo de exploração de território desejada e intencionalmente buscada, consolidada a partir da modernidade. A viagem inaugura um tipo de relação de deslumbramento com o entorno, de interesse por descobertas e por sua documentação, e nela está a origem da produção dos artistas viajantes do século XIX. Nesta exposição, Sandra Rey atualiza este paradigma na arte contemporânea, assumindo o deslocamento para lugares distantes e fora dos roteiros turísticos como parte de sua experiência artística e os processos digitais como ferramenta de criação. Em um complexo e meticuloso processo de trabalho a partir de fotos de lugares por onde andou como “artista viajante” (entre os lugares, as ilhas de Noronha e Itinharé de onde originam-se as imagens das exposição), a artista oferece ao espectador uma experiência estética imersiva em uma realidade fragmentada que ele deve reconstruir mentalmente.” (Maria Amélia Bulhões) Autoria: Sandra Rey; Curadoria: Maria Amélia Bulhões

FACTORS 6.0 é Bienalsur

O evento reuniu artistas nacionais e estrangeiros que desenvolvem projetos em diversas linguagens contemporâneas, como fotografia, video, instalação, arte digital, entre outras. Este ano, o FACTORS 6.0 teve como tema luz e energia, e integrou a programação da BIENALSUR/UNTREF. O Festival aconteceu na Sala de exposições Cláudio Carriconde (Centro de Artes e Letras – Prédio 40) e no Planetário da UFSM, com entrada gratuita.

Catálogo Em Processo de Errância

A prorposta da Exposição “Em processo de errância” surgiu na disciplina “Ação e Reflexão/2019” – Curso de Pós- Graduação em Artes Visuais da UFSM/BR, a partir do desafio de articular as práticas acadêmicas com o espaço institucional do Museu de Arte da cidade de Santa Maria. Assim, tratando-se justamente do momento em que ocorrem as redefinições das pesquisas em poéticas visuais de mestrandos e doutorandos, a proposta de exposição contemplou a contínua reflexão a respeito dos projetos, dos conceitos envolvidos e das escolhas intrínsecas ao processo de cada artista. Portanto, pensar neste momento como uma oportunidade aberta a errâncias poéticas, tornou–se um ponto de vista a ser instigado desde a montagem, a visitação pública e a retomada desses aspectos por meio dos registros da exposição.

Arte Contemporânea: Ações Expositivas e Estratégias Museais

Esta publicação reúne artigos de pesquisadores nacionais e internacionais para discutir ações expositivas e estratégias curatoriais abordadas em parte no 12º Simpósio de Arte Contemporânea, realizado em agosto de 2017, na Universidade Federal de Santa Maria. Todos os autores convidados buscam problematizar, em suas pesquisas e atuações relevantes no campo da arte, da tecnologia e/ou da cultura, questões que emergem na contemporaneidade como as novas interfaces museais, as transformações dos espaços expositivos, e os desafios e estratégias curatoriais.

 
FACTORS 4.0
factors

O Festival de Arte Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul expõe desde 2014 a produção contemporânea de artistas nacionais e internacionais. O evento é realizado pelo Laboratório de Pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Mídias Digitais (LABART), com apoio do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGART), do Centro de Artes e Letras (CAL) e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Para esta quarta edição, a curadoria conjunta conta com apoio da Maestría en Tecnología y Estética de las Artes Electrónicas, da Universidad Nacional Tres de Febrero (UNTREF), e insere-se na primeira edição argentina da BIENALSUR. Organização: Nara Cristina Santos (UFSM) e Mariela Yeregui (UNTREF)

PluralSingular

pluralA presente mostra PluralSingular, realizada na Sala de Exposições Cláudio Carriconde do Centro de Artes e Letras, entre outubro e novembro de 2017, apresenta investigações pessoais dos participantes, em diferentes abordagens em arte e tecnologia. Enfatizam-se, via produção grupal, os processos distintos e a pluralidade de visões e perspectivas partindo de referenciais únicos, singulares

Catálogo “FACTORS 5.0”
factors 5.0

O Festival de Arte, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul inicia em 2014, por uma iniciativa do grupo de pesquisa Arte e Tecnologia/CNPq e tem como objetivo expor a produção contemporânea de artistas nacionais e internacionais que atuam de modo transdisciplinar. O evento é realizado pelo Laboratório de Pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Mídias Digitais (LABART), com apoio do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (PPGART), do Centro de Artes e Letras (CAL) e da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Conta com parceria e apoio do Mestrado em Tecnologia e Estética das Artes Eletrônicas, da Universidad Nacional Três de Febrero (UNTREF/Argentina). Organização: Nara Cristina Santos (UFSM) e Mariela Yeregui (UNTREF)

PPGART 2007-2017: histórico e percurso

10 anos ppgartEsta publicação resulta do Encontro 10 Anos do PPGART, Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais/Mestrado, um evento que congregou, em abril de 2017, os docentes, discentes, corpo técnico administrativo e convidados para compartilhar experiências e vivências nesta primeira década de atividades. O Encontro reuniu docentes que atuam e atuaram no PPGART, com menção especial as professoras convidadas do PPGAV/UFRGS, que contribuíram no período inicial do curso através da Associação Temporária durante 5 anos, apoiada pela CAPES. No período de 2007-2017, o PPGART consolidou em 15 pessoas o corpo docente e formou 82 mestres, contribuindo efetivamente para a formação na pós-graduação na área das Artes Visuais, no Centro de Artes e Letras, na Universidade Federal de Santa Maria, no estado do Rio Grande do Sul, com repercussão em todo Brasil e no exterior. Organização: Nara Cristina Santos e Andréia Machado Oliveira

Artes Visuais e suas I/mediações: conexões interdisciplinares
artes visuais e suas imediacoes

Em cada contexto cultural, o campo das artes nos permite esboçar, sistematizar, organizar, apreender – sobretudo imaginar – relações que configuram nossas relações com o mundo. Neste sentido, inventamos a arte para, talvez, dimensionar àquilo que nos escapa à linguagem escrita/falada exigindo outras formas de compreensão – abrindo-nos um leque de possibilidades e experimentações. Diante de nossas experiências estéticas/sensíveis, o diálogo com as artes movimenta reflexões para além da complexidade formal e visual: nos estimula a perceber valores culturais, ideológicos e sociais devido à sua natureza relacional e subjetiva. Neste contexto, o convite para dialogar a partir das i/mediações com as artes diz respeito às experiências de sentido que movimentam e impelem processos inventivos: entre tantas alternativas, àquelas que nos interpelam, nos afetam e nos enredam em nossas próprias convicções. Organização: Lutiere Dalla Valle

DESIGN + ARTE, CIÊNCIA E TECNOLOGIA: CONEXÕES TEÓRICO-PRÁTICAS

A presente publicação é uma reunião de artigos oriundos de algumas das comunicações que fizeram parte da primeira edição do Design+, evento realizado pelo Grupo de Pesquisa Design, Ciência e Tecnologia UFSM/Cnpq e promovido pelo Departamento de Desenho Industrial da UFSM. Cabe registrar aqui o início da história desse evento que tem na transdiciplinaridade seu foco.

Nos dias 20, 21 e 22 de junho de 2016, realizamos a primeira edição do Design+, com o tema: arte|ciência|tecnologia. O evento aconteceu entre o auditório do Anexo C do CT (Centro de Tecnologia), o prédio 40 CAL e o Planetário, nas dependências da UFSM. Palestras e Mesas redondas aconteceram no Anexo C do CT e versavam sobre as relações entre Design, arte, ciência e tecnologia, oportunizando trocas entre professores do Desenho Industrial, Eletrônica e Computação, Artes Visuais, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Ciências Sociais, integrando-se com outras instituições nacionais e internacionais. A organização do evento é uma parceiria com a UEMG e o SAD (Seminário de Artes Digitais), mas em 2016 mantece um foco conectivo com a UFRGS, e, internacionalmente, com a ESAT (Escola Superior de Arte e Tecnologia de Valência). Profissionais atuantes no mercado ainda contavam suas
experiências.

Fonte: Apresentação Débora Aita Gasparetto

Para Pensar COMPARTILHAMENTOS NA ARTE: REDES E CONEXÕES

Para pensar os COMPARTILHAMENTOS NA ARTE: REDES E CONEXÕES é uma coletânea que reúne artigos dos proponentes dos doze Simpósios temáticos selecionados para o 24º Encontro Nacional da ANPAP/UFSM 2015, e artigos de quatro conferencistas convidados, as brasileiras Icleia Borsa Cattani e Ivone Mendes Richter, o colombiano Raúl Niño Bernal e o argentino Jorge La Ferla. Este e-book tem como estratégia fomentar a publicação na área das artes visuais de modo amplo e de fácil acesso, ao mesmo tempo em que proporciona uma discussão mais aprofundada em torno da temática do evento, os compartilhamentos na arte.

Para pensar ARTE: SEUS ESPAÇOS E/EM NOSSO TEMPO

anpap 2Para pensar a ARTE: SEUS ESPAÇOS E/EM NOSSO TEMPO é uma coletânea que reúne artigos dos proponentes dos oito Simpósios temáticos selecionados para o 25º Encontro Nacional da ANPAP/UFRGS 2016. Este e-book tem como estratégia fomentar a publicação na área das artes visuais de modo amplo e de fácil acesso, ao mesmo tempo em que proporciona uma discussão mais aprofundada em torno da temática do evento.