Ir para o conteúdo Íntegra Ir para o menu Íntegra Ir para a busca no site Íntegra Ir para o rodapé Íntegra
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

“Não, a pandemia não está afetando o andamento do projeto”, diz Malva Andrea Mancuso



A pesquisadora da UFSM destacou que o projeto “Dinâmica hídrica do Rio Uruguai”, em fase de conclusão, possui apenas um aluno envolvido.

Por Francisco Ernesto Carvalho Soares
Pela disciplina de Redação Jornalística I
Orientado pela professora Andréa Weber

Em entrevista por Whats app na tarde desta sexta-feira (17/04), Mancuso declarou que o projeto “Dinâmica hídrica do Rio Uruguai na zona transfronteiriza entre a UHE de Chapecó e o Parque Estadual do Turvo (Brasil/Argentina) ”, desenvolvido na UFSM, soma 5 anos de desenvolvimento e, hoje não possui alunos de graduação participando, somente um estudante de mestrado, o qual defenderá seu trabalho no final de 2020. Mesmo com a suspensão das aulas presenciais, esse aluno é facilmente supervisionado e orientado através das plataformas virtuais e, com a situação de isolamento, sem poder ir à universidade e também ao local de emprego, ele pode dedicar mais tempo e atenção à essa pesquisa.

A professora mencionou que embora o projeto tenha vínculos com a saúde pública pelo estudo da qualidade da água, não possui ligação com a parte médica, então não é possível colaborar com a criação de medidas preventivas à covid-19.

Para a docente: “Um problema que afeta o desenvolvimento dos projetos ambientais como este, é a falta de recursos, pois em geral os projetos que conseguem mais financiamentos são os aplicados à indústria, e para um estudo de impactos em corpos hídricos ocasionados pela própria iniciativa privada, não há interesse de investimentos do setor privado, então a pesquisa na área da sustentabilidade depende muito de financiamentos públicos”.

Professora define pandemia como não prejudicial ao andamento de projeto

Malva Andrea Mancuso declarou a não ocorrência de prejuízos causados pelo coronavírus na continuação do projeto “Dinâmica hídrica do Rio Uruguai na zona transfronteiriza entre a UHE de Chapecó e o Parque Estadual do Turvo (Brasil/Argentina)”, desenvolvido na UFSM, porque hoje ele não possui alunos de graduação participando, somente um estudante de mestrado, o qual defenderá seu trabalho no final de 2020. Mesmo com a suspensão das aulas presenciais, esse aluno é facilmente supervisionado e orientado através das plataformas virtuais e, com a situação de isolamento, sem poder ir à universidade e também ao local de emprego, ele pode dedicar mais tempo e atenção à essa pesquisa.

Íntegra – Agência Experimental de Comunicação – Laboratório didático do Departamento de Ciências da Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria campus Frederico Westphalen.
Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-813-3461

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes