Ir para o conteúdo Frederico Westphalen Ir para o menu Frederico Westphalen Ir para a busca no site Frederico Westphalen Ir para o rodapé Frederico Westphalen
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Pedagoga da UFSM-FW dá dicas para adaptação a modalidade de educação à distância



A Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) instituiu o Regime de Exercícios Domiciliares Especiais (REDE), através da Instrução Normativa 02/2020, para atender a suspensão das atividades presenciais da UFSM em função do coronavírus. As atividades teóricas poderão ser realizadas à distância, com o auxílio de tecnologias educacionais.

A pedagoga da UFSM-FW, Natália Pergher Miranda acredita que diante dessa demanda de estudos – à distância – aos quais os estudantes nem sempre estão acostumados, será necessária autonomia e muita disciplina. “Pode ser um desafio muito grande para todos, mas, seguindo algumas orientações de organização de estudos e da rotina, ficará mais fácil” afirmou Natália.

Abaixo, você confere dicas de organização e manutenção dos estudos durante esse período. O Núcleo de Apoio Pedagógico está à disposição pelo e-mail napfw@ufsm.br ou pelo Facebook NAP Frederico Westphalen.

Mais informações sobre o Regime de Exercícios Domiciliares Especiais (REDE)

O Regime de Exercícios Domiciliares Especiais (REDE), neste momento, tem o intuito de manter a conexão e comunicação na relação aluno-professor. Além disso, facilita a continuidade de disciplinas teóricas durante o período de distanciamento social como estratégia para contenção da pandemia do coronavírus.

Apesar de o objetivo ser importante, a pedagoga da UFSM-FW, Natália Miranda, comenta que as relações pedagógicos se davam de forma presencial e, por isso, docentes e alunos “precisam se reinventar e se reorganizar visando dar continuidade, dentro das possibilidades, à aprendizagem dos nossos estudantes da UFSM por meio de atividades não presenciais”. As atividades são realizadas via tecnologias educacionais como Moodle, Gsuite, entre outros.

Conforme a Instrução Normativa 03/2020 da PROGRAD, os estudantes qeu não conseguirem acompanhar as atividades devido a dificuldades de acesso à internet ou de dispositivos para a realização dos trabalhos devem comunicar seus professores. Todas as atividades ficarão à disposição na rede escolhida e os estudantes poderão realizá-las ao término deste período.

Dicas para melhor aproveitar a modalidade de educação à distância

1ª dica: organize um ambiente favorável ao desenvolvimento das atividades acadêmicas. Separar um canto do quarto, ou da casa, iluminado, e longe das distrações para estabelecer como o seu ambiente de estudos. Se você mora com outras pessoas, faça um combinado de que em determinados horários do dia, você precisará se dedicar às atividades acadêmicas, portanto, necessitará da colaboração de todos na casa. Veja quais são os recursos que você deverá ter à disposição: telefone celular, notebook, impressora, fones de ouvido, caderno, lápis, caneta e concentre tudo isso neste espaço. Faça deste espaço um ambiente agradável e que lhe dê prazer em estar ali.

2º dica: verifique, com frequência, a demanda de atividades através do meio tecnológico que o professor elegeu para a realização das atividades não presenciais. Pode ser e-mail, redes sociais (grupos no Facebook ou Whatsapp), ou Ambientes Virtuais de Aprendizagem disponibilizados pela UFSM, tais como o Moodle. Procure pelas orientações dos professores das disciplinas em que você está matriculado(a) para que a continuidade dos estudos se torne possível. Anote, dentro de cada uma das disciplinas, quais conteúdos/assuntos estão previstos para serem trabalhados neste período que, inicialmente, conforme a Portaria Número 97.935 do Gabinete do Reitor, é de 30 dias, contados desde o dia 17 de março de 2020. Visto isso, leia as orientações que o professor da disciplina disponibilizou e dê início à terceira dica.

3º dica: faça uma relação das atividades que deverá desenvolver em cada uma das disciplinas. O professor da sua disciplina tem autonomia para o planejamento das atividades a serem realizadas com seus estudantes. É possível pensar inúmeras proposições para este momento, variando desde a disponibilização de aulas em vídeo até a solicitação de leitura de artigos científicos, resolução de listas de exercícios, ou mesmo, produção de textos. Após fazer a relação das atividades que acontecerão em cada uma das disciplinas, RESERVE ESTA LISTA!

4º dica: Após ter o espaço e horários delimitados para os estudos, a quarta dica é: elabore um cronograma semanal para a organização da rotina de estudos durante o período de isolamento. Monte um cronograma em que constem os três turnos do dia (manhã, tarde e noite) e distribua em 2 turnos (avalie se prefere manhã e tarde, manhã e noite, ou tarde e noite) as disciplinas que você está matriculado, de modo que consiga se dedicar a cada uma delas, pelo menos, uma vez na semana. Assim, naquele dia da semana, naquele turno, e em média 2 horas por turno, você se dedicará a realizar as atividades propostas para aquela disciplina. Essas duas horas poderão estar organizadas com diferentes técnicas de estudo, não sendo obrigatório que você sempre estude do mesmo jeito. Para ter acesso a técnicas de estudo, você pode estar em contato com a pedagoga do NAP através do Facebook Nap Ufsm Frederico Westphalen.

5º dica: fracione a atividade a ser realizada em pequenas atividades estimando o tempo suficiente para realizar esta pequena atividade. Quando você divide uma atividade em pequenas partes, faz com que fique mais fácil a conclusão do todo, através das partes. Lembra da lista que ficou reservada lá na terceira dica? Pegue esta lista e veja quais são os passos necessários para o desenvolvimento da atividade que você deverá realizar. Quando você se depara com a necessidade de escrever um artigo, pode parecer muito difícil, mas quando você fraciona a escrita do artigo em: a) escrever a introdução, b) apresentar os objetivos, c) descrever o método e assim por diante, alcançar o objetivo final da tarefa parece mais próximo de ser finalizado. Semanalmente, vá alterando as atividades realizadas dentro do tempo estimado para cada disciplina. Faça uma avaliação, ao final da primeira semana, do seu desempenho na realização das atividades e tente mudar o que parece não ter dado certo. Toda a nova rotina exige dedicação, tempo e persistência para a realização e conclusão com sucesso.

Lembretes

– Mantenha uma rotina de estudos/atividades semelhante a que tinha antes do isolamento: é muito importante que os estudantes mantenham uma rotina de estudos semelhante à rotina que tinham antes do isolamento, pois se torna mais fácil a manutenção da concentração e das atividades, além de possibilitar uma readaptação mais rápida quando retornarem às atividades presenciais.

– Esteja aberto a descobertas e novos desafios da modalidade a distância: a proposta de aprender na modalidade de educação a distância é diferenciada. Essa alternativa é capaz de proporcionar aprendizagens tão significativas quanto a modalidade presencial, uma vez que a gama de recursos tecnológicos (principalmente visuais) é grande, além de também estimular outros sentidos necessários à aprendizagem.

– O sucesso ou adaptabilidade à modalidade EaD está intimamente relacionado ao perfil do estudante: é preciso autonomia para buscar o conhecimento. É possível ultrapassar a barreira dos materiais que o professor apresenta, procurando outras fontes (livros, reportagens, documentários) que lhe proporcionam ampliar as discussões e conceitos trabalhados em aula.

– Analise a sua necessidade de incluir o sábado e o domingo no quadro semanal de organização da rotina: é importante que você tenha momentos de descontração com seus familiares. Você já está em isolamento social, sem contato físico com seus amigos e longe da rotina diária. Não se distancie, também, da sua família e/ou das pessoas com quem você está compartilhando este momento.

– Se você tiver dificuldades para realizar suas atividades acadêmicas individualmente, pode utilizar as redes sociais e criar grupos de discussão: agende com seus colegas uma reunião de estudos, utilizando chamadas de vídeo, ou marque um horário com o professor. O importante é manter-se em contato com os conteúdos disponibilizados a fim de melhor ocupar e aproveitar o tempo em isolamento.

– Evite acumular atividades: tendo as condições viáveis para a execução das atividades não presenciais, evite acúmulo de atividades. Organize o seu cronograma de modo a conseguir atender à demanda da sua vida pessoal e vida acadêmica nesse momento.

A pedagoga deixa um recado para os estudantes: “lembrem que o isolamento vai passar e que, ao final, você voltará à rotina de aulas presenciais, levando consigo a experiência de ter aprendido sobre outra modalidade de ensino”.


Publicações Recentes