Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Sobre o Curso

O Programa de Pós-Graduação em Agrobiologia( Mestrado acadêmico) foi criado em julho de 2009, sendo recomendado pelas CAPES com conceito 4. Pesquisadores das Ciências Agrárias e Biológicas, da Universidade Federal de Santa Maria, vem desenvolvendo projetos integrados à pesquisa básica com espécies de interesse agrônomico, medicinal, florestal, e zootécnico. Isto porporcionou a formação do presente grupo voltado, estreitamente, a pesquisa vegetal básica, cuja interação torna-se cada vez mais efetiva e promissora, ampliando e disponibilizando conhecimento à pesquisa aplicada e de cunho tecnológico.

Coordenador: Profa. Dra. Solange Bosio Tedesco 
Coordenador Substituto: Prof. Dr. Sidinei José Lopes 
Conceito CAPES: 3

* O Curso de Mestrado em Agrobiologia será dividido em quatro semestres e será adotado regime de matrícula semestral. 
* O primeiro dia letivo do ano, do calendário oficial da UFSM será considerado como referência para a contagem de todos os prazos 
* Será considerado para fins de permanência do aluno no curso, o prazo a partir do dia da primeira matrícula como aluno regular. 
* o aluno terá um prazo para a conclusão do curso (disciplinas e dissertação), a partir da primeira matrícula, de até 24 meses, com uma única prorrogação, sem direito a bolsa, de até 6 (seis) meses em caráter excepcional, a critério do colegiado.

Objetivo

– Estabelecer uma inter-relação entre profissionais das áreas das ciências básicas e aplicadas voltada para as ciências agrárias; 
– Auxiliar no desenvolvimento da região sul, através da produção de conhecimentos a partir de pesquisas básicas e aplicadas, envolvendo espécies vegetais de interesse agronômico, florestal, medicinal, zootécnico e outras com potencial para tal; 
– Ampliar as opções de formação de recursos humanos, em nível de pós-graduação, para a melhor qualificação de profissionais no estado do Rio Grande do Sul, com abrangência na região sul, dando suporte ao desenvolvimento auto-sustentável e melhorando a qualidade de vida, com menor dano aos recursos naturais renováveis; 
– Proporcionar aos mestrandos uma base científica para a preservação e utilização racional da biodiversidade vegetal em função das novas tecnologias, bem como o desenvolvimento social e econômico; 
– Aumentar a inserção regional e nacional da Universidade Federal de Santa Maria, através do quadro docente e discente do programa, e de tecnologias geradas ou adaptadas à conservação e/ou produção de espécies vegetais, visando o desenvolvimento agrícola sustentável; 
– Proporcionar treinamento qualificado a profissionais docentes e pesquisadores na área de Agrobiologia, capacitando-os a identificar, equacionar, investigar e apontar soluções aos problemas que limitam o uso de espécies vegetais nos âmbitos local, regional e nacional; 
– Melhorar a qualidade de ensino em cursos de graduação, especialmente aqueles das ciências agrárias e das unidades de ensino da UFSM, através do envolvimento de mestrandos em atividades com graduandos, para que estes tenham participação efetiva em pesquisa, extensão e ensino; 
– Formar profissionais com senso crítico e ético, capazes de articular ensino, pesquisa e extensão;