Ir para o conteúdo PPGCC Ir para o menu PPGCC Ir para a busca no site PPGCC Ir para o rodapé PPGCC
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Defesa de Mestrado 03/08



Titulo: Inferência do esforço cognitivo despendido em atividades humanas a partir de um sistema sensível ao contexto
Aluno: BRUNO ROMERO DE AZEVÊDO
Orientadora: IARA AUGUSTIN

Data: 03/08/15
Horário: 14h
Local: Sala 321 do Centro de Tecnologia

Banca:
Drª. IARA AUGUSTIN UFSM Presidente – Orientador
Drª. ANA TRINDADE WINCK UFSM Examinador
Drª. MANUELE KIRSCH PINHEIRO UP1 Examinador
Drª. ROSECLEA DUARTE MEDINA UFSM Suplente

Resumo: Existem diferentes motivos que podem colaborar para que uma atividade humana resulte em danos à saúde física de um indivíduo. De modo geral, eles caracterizam situações de risco que podem ser evitadas, caso identificadas. Um destes motivos diz respeito ao nível da habilidade de uma pessoa em processar informações, reagir ao seus arredores e tomar decisões para a realização de uma atividade, o qual é determinado pela alocação de recursos mentais demandados por ela para a sua execução. Quando esta alocação é inadequada, há uma maior possibilidade de que algum tipo de acidente relacionado à atividade ocorra devido à sobrecarga cognitiva. Dessa forma, propõe-se o desenvolvimento de um modelo para a inferência deste esforço cognitivo a partir de modelos da psicologia, em especial o modelo comportamental habilidade-regra-conhecimento, conceitos da computação ubíqua e de diferentes técnicas para o mensuramento do esforço cognitivo. Testes foram realizados em um dataset público e os resultados obtidos demonstram ser viável a inferência do esforço cognitivo de forma não-intrusiva em um sistema ubíquo a partir da análise do desempenho do indivíduo. Esta dissertação é parte integrante do projeto Activity Project, o qual visa desenvolver um middleware sensível ao contexto para a inferência e predição do risco em atividades.


Publicações Recentes