Ir para o conteúdo CAED Ir para o menu CAED Ir para a busca no site CAED Ir para o rodapé CAED
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Sete sugestões para lidar com crises (na quarentena e fora dela)



1- 	Aceite. Parte do problema sobre lidar com este momento está nas nossas dificuldades humanas em aceitar o que acontece conosco, aceitar que não temos o controle de tudo. Ficar pensando e se preocupando não vai mudar os fatos ocorridos ou o curso do futuro. Redirecione essa energia para atividades que te façam bem.

1- Aceite. Parte do problema sobre lidar com este momento está nas nossas dificuldades humanas em aceitar o que acontece conosco, aceitar que não temos o controle de tudo. Ficar pensando e se preocupando não vai mudar os fatos ocorridos ou o curso do futuro. Redirecione essa energia para atividades que te façam bem.

2- 	Seja racional. Ok, não temos o controle de todas as coisas. Mas o que eu posso fazer hoje, dentro das minhas limitações, e que pode ajudar? Posso tentar me distrair, posso tentar fazer algo para ajudar alguém... Procure opções variadas.

2- Seja racional. Ok, não temos o controle de todas as coisas. Mas o que eu posso fazer hoje, dentro das minhas limitações, e que pode ajudar? Posso tentar me distrair, posso tentar fazer algo para ajudar alguém… Procure opções variadas.

3- 	Foque no hoje. Não é de agora que desconhecemos o futuro. Por isso, tente focar no presente. Planeje suas atividades do dia e tente concluí-las. No fim do dia, tente pensar o que deu certo e o que te fez se sentir bem para ir formando um repertório de ferramentas para o seu bem-estar.

3- Foque no hoje. Não é de agora que desconhecemos o futuro. Por isso, tente focar no presente. Planeje suas atividades do dia e tente concluí-las. No fim do dia, tente pensar o que deu certo e o que te fez se sentir bem para ir formando um repertório de ferramentas para o seu bem-estar.

4- 	Seja realista e objetivo. Tente fazer planos realizáveis, considerando as opções que você tem. Se executar algum desses planos, examine o que deu certo e o que poderia ter sido melhor.

4- Seja realista e objetivo. Tente fazer planos realizáveis, considerando as opções que você tem. Se executar algum desses planos, examine o que deu certo e o que poderia ter sido melhor.

5- 	Faça planos. Faça planos a longo prazo também, mas foque no presente. O que você irá fazer quando tudo isso passar? A resposta pode ser “encontrar meus amigos”. Mas o que você pode fazer hoje para isso? Manter o vínculo próximo com eles através do contato frequente durante o isolamento social parece ser fundamental, mesmo que virtualmente. Que tal planejarem online o reencontro pós-quarentena?

5- Faça planos. Faça planos a longo prazo também, mas foque no presente. O que você irá fazer quando tudo isso passar? A resposta pode ser “encontrar meus amigos”. Mas o que você pode fazer hoje para isso? Manter o vínculo próximo com eles através do contato frequente durante o isolamento social parece ser fundamental, mesmo que virtualmente. Que tal planejarem online o reencontro pós-quarentena?

6- 	Seja criativo. Vale até ser bobo. Mesmo que você faça as mesmas coisas todos os dias, como você pode fazê-las de um modo um pouco diferente? Se vai fazer uma videochamada com os amigos, podem jantar juntos online, fazer amigo secreto de filmes, combinar de fazer uma atividade física online ao mesmo tempo... Que tal se produzir um pouco para assistir uma série nova?

6- Seja criativo. Vale até ser bobo. Mesmo que você faça as mesmas coisas todos os dias, como você pode fazê-las de um modo um pouco diferente? Se vai fazer uma videochamada com os amigos, podem jantar juntos online, fazer amigo secreto de filmes, combinar de fazer uma atividade física online ao mesmo tempo… Que tal se produzir um pouco para assistir uma série nova?

7- 	Seja grato. Em meio a tantas coisas ruins, há também muitas coisas boas que continuam acontecendo. Olhe para as pequenas coisas e agradeça por algo todos os dias, pois a gratidão traz esperança.

7- Seja grato. Em meio a tantas coisas ruins, há também muitas coisas boas que continuam acontecendo. Olhe para as pequenas coisas e agradeça por algo todos os dias, pois a gratidão traz esperança.

Precisa conversar com um profissional? O Núcleo de Apoio à Aprendizagem da CAED disponibiliza Apoio psicológico e orientações para os estudantes da UFSM através do e-mail suportepsicologicocaedufsm@gmail.com e do chat do Facebook. Para o chat, acesse a página do Núcleo de Apoio à Aprendizagem no Facebook: https://bit.ly/naaufsm e nos envie uma mensagem privada. Psicólogos online das 8h às 12h e das 13h às 17h de segunda à sexta.

 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes