Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

NAS promove palestra sobre as doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti

lllllNa manhã de quarta-feira, 06 de abril, ocorreu a palestra sobre doenças disseminadas pelo Aedes Aegypti, promovida pelo Núcleo de Apoio à Saúde. O palestrante, Mauro Lorda Dornelles, é médico veterinário e coordenador da vigilância ambiental da 19º coordenadoria regional da saúde do Rio Grande do Sul.

 

A palestra, realizada nas mediações da UFSM-FW, teve como o objetivo informar a Comunidade Acadêmica sobre as doenças provocadas pelo mosquito Aedes Aegypti (dengue, zika e chikungunya) e formas de prevenção. Além disso, a palestra representou a finalização das ações que tiveram início em fevereiro.

 

As enfermeiras do NAS, salientam que “essa palestra contribuiu para disseminar informações e esclarecer dúvidas da comunidade acadêmica sobre as doenças transmitidas pelo inseto, o mosquito e seu ciclo evolutivo e formas de prevenir a disseminação de criadouros e sua consequente proliferação”.

 

 

Assessoria de Comunicação da UFSM-FW

assessoriafw@ufsm.br

 

Na manhã de quarta-feira, 06 de abril, ocorreu a palestra sobre doenças disseminadas pelo Aedes Aegypti, promovida pelo Núcleo de Apoio à Saúde. O palestrante, Mauro Lorda Dornelles, é médico veterinário e coordenador da vigilância ambiental da 19º coordenadoria regional da saúde do Rio Grande do Sul.

 

A palestra, realizada nas mediações da UFSM-FW, teve como o objetivo informar a Comunidade Acadêmica sobre as doenças provocadas pelo mosquito Aedes Aegypti (dengue, zika e chikungunya) e formas de prevenção. Além disso, a palestra representou a finalização das ações que tiveram início em fevereiro.

 

As enfermeiras do NAS, salientam que “essa palestra contribuiu para disseminar informações e esclarecer dúvidas da comunidade acadêmica sobre as doenças transmitidas pelo inseto, o mosquito e seu ciclo evolutivo e formas de prevenir a disseminação de criadouros e sua consequente proliferação”.