Ir para o conteúdo PPGA Ir para o menu PPGA Ir para a busca no site PPGA Ir para o rodapé PPGA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Novidade em estudo com gladíolos em Santa Catarina é o plantio com preparo mínimo de solo



Imagem 1 1 300x225

Iniciou ontem em Curitibanos, SC, estudo com gladíolo em Cultivo     

Minimo de solo. Foto: equipe PhenoGlad/UFSC Curitibanos.

A semana começou nesta terça-feira (11/07/2017) com um novo experimento de gladíolo no campus de Curitibanos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Novos experimentos tem sido frequentes na rotina da equipe PhenoGlad/UFSC, mas este tem uma novidade: o plantio dos cormos (assim chamados os bulbos de gladíolo) foi realizado no sistema denominado Cultivo Mínimo de Solo. Este método se diferencia do sistema Convencional, em que o solo é preparado intensamente e sem manter restos culturais na superfície. No Cultivo Mínimo, ao contrario, uma espécie vegetal é cultivada antes da cultura principal (neste caso foi aveia) para formar uma massa vegetal que protege o solo da erosão e ainda cicla os nutrientes que estão no solo, mantendo-os no sistema e evitando sua perda para fora da área de cultivo. Quando estiver próximo do plantio da cultura principal, esta espécie é dessecada ou roçada e ai o plantio é realizado sem o preparo do solo e com o mínimo de revolvimento, mantendo a massa vegetal protegendo a superfície do solo. Outra vantagem de manter a massa vegetal na superfície é que a palhada inibe ou retarda em muito o estabelecimento de plantas daninhas.

O estudo que iniciou em Curitibanos ontem faz parte do projeto de dissertação de mestrado da estudante do Programa de Pós Graduação em Ecossistemas Agrícolas e Naturais da UFSC e integrante da equipe PhenoGlad Luciane Teixeira Stanck, sob a orientação da Professora Leosane Cristina Bosco da mesma instituição. Durante a tarde desta terça-feira, a implantação do experimento foi realizada pela autora do projeto, com a ajuda da sua colega de mestrado Melina Inês Bonatto e pela professora Leosane. A equipe vai estudar o crescimento e desenvolvimento do gladíolo neste sistema de cultivo mínimo e assim desenvolver uma nova alternativa de cultivo desta flor. Dentro de aproximadamente um ano, os resultados deste projeto já estarão disponíveis para agricultores e extensionistas.

O Brasil é um líder mundial em agricultura com o cultivo mínimo de solo e o plantio direto na palha, principalmente em grandes culturas anuais de grãos. Esta iniciativa da equipe PhenoGlad em testar o gladíolo no sistema de cultivo mínimo de solo vai de encontro aos anseios da sociedade na busca de sustentabilidade e visão de sistema também na floricultura.

 

 

Por: Equipe PhenoGlad


Publicações Recentes