Ir para o conteúdo Estúdio 21 Ir para o menu Estúdio 21 Ir para a busca no site Estúdio 21 Ir para o rodapé Estúdio 21
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Equipe

Equipe do Estúdio 21

A equipe do Estúdio 21 é formada por 7 servidores da Universidade Federal de Santa Maria, sendo 1 docente e 6 técnicos:

Diretor de Produção Diretora de Produção Operador de Câmera Técnico de Audiovisual Sonoplasta Editor de imagens Coordenador pedagógico
Felipe Dagort Manuela Motta Diego Pimentel Paulo Tarso Márcio Echeverria Rafael Silveira Luciano Mattana
Felipe Dagort Manuela Motta Diego Pimentel Paulo Tarso Márcio Echeverria Rafael Silveira Profe. Luciano Mattana
Alunos

A equipe do Estúdio 21 ainda conta com um time de bolsistas, estagiários e voluntários que dá sentido à atuação do Laboratório na área do audiovisual.

Anita Vasconcelos Felix
Bolsista de edição

Greice Morati
Estagiária de Relações Públicas e Produção

Léo Bento
Bolsista de cinematografia

Pablo Furlanetto
Bolsista de produção

Paulo Giacomelli
Bolsista de cinematografia

Pedro Oliveira
Bolsista de cinematografia

Thuane de Oliveira
Bolsista de cinematografia

Histórico de Bolsistas

Anita Vasconcelos Felix
Bolsista de edição

Greice Morati
Estagiária de Relações Públicas e Produção

Léo Bento
Bolsista de cinematografia

Pablo Furlanetto
Bolsista de produção

Paulo Giacomelli
Bolsista de cinematografia

Pedro Oliveira
Bolsista de cinematografia

Thuane de Oliveira
Bolsista de cinematografia

Uma produção audiovisual é necessariamente coletiva, e, portanto, as tarefas de cada membro da equipe devem estar muito claras.
Mesmo que existam inúmeras funções a serem executadas dentro do audiovisual, há algumas que são básicas, e que sem as quais a produção não se concretiza.

São elas:

  1. Direção de produção
  2. Operador de câmera de cinema e TV
  3. Técnico em Audiovisual
  4. Sonoplasta
  5. Editor


1- Direção de produção:

O Diretor de Produção é responsável por gerenciar as necessidades práticas de uma produção. É ele quem entra em contato com as locações, os atores e a equipe técnica, procurando sempre a melhor opção para o resultado que o diretor espera. Ele organiza, junto com sua equipe, o set de filmagem, providencia alimentação, cadeiras e conforto para a equipe e atores.

É tarefa dele também sentar com o diretor para organizar o cronograma de filmagem e zelar para que ele seja cumprido. O diretor de produção deve conhecer o roteiro sistematicamente, para poder avaliar as condições de ordem de filmagem, e poder substituí-las caso algum inconveniente atrase determinada cena.

Em suma, o produtor é o responsável pela andamento prático da produção. Mais do que o próprio diretor, o diretor de produção é quem sabe mais o que está acontecendo ao redor da produção.


2 – Operador de Câmera de Cinema e TV:

É o responsável pela operação dos equipamentos de captura de imagens em movimento como câmeras de vídeo, cinema e mais recentemente incluindo as fotográficas que filmam.

Por vezes o Operador de Câmera de Cinema e TV desempenha o papel de Diretor de Fotografia, tornando-se o principal responsável pela imagem de um filme. Recebendo neste caso a denominação de Cinematografista.

O resultado estético do produto audiovisual no que diz respeito à imagem captada é de concepção, criação e realização dele junto com sua equipe de trabalho. Ele deve participar das reuniões de pré-produção com o diretor, produtor e diretor de arte, a fim de que as diretrizes estéticas sejam estabelecidas e ele então possa designar os melhores técnicos, equipamentos e formatos para que o resultado seja condizente com a proposta do filme.

O Cinematografista costuma trabalhar sempre com uma equipe personalizada, pois a harmonia entre seus membros é fundamental para que a filmagem seja rápida e eficiente. Estes membros incluem, normalmente em longa-metragem e filmes publicitários, dois assistentes de câmera, um assistente de iluminação, eletricista e maquinista. Este número pode variar de acordo com o tamanho e a verba da produção, sendo que em curta-metragens em geral só há necessidade de um assistente de câmera.

Fica ele responsável por todo o design da luz do filme, ou seja, concebe as características estéticas dos tipos de iluminação para cada plano, bem como eventuais efeitos de filtragem na luz (gelatinas nos refletores ou filtros na câmera), para obter colorações específicas na luz ou mesmo balanceá-las; considera as relações de contraste da luz e do filme e escolhe qual a exposição correta para cada plano filmado. Participa também ativamente da pós-produção do filme. Após o processo de finalização de pós-produção, o produto final só é liberado para exibição pública com a aprovação dele.

A equipe de iluminação (ou o assistentes) e maquinaria (maquinistas, responsáveis pela preparação e operação de gruas, travellings, etc., e eletricistas), são requisitados apenas durante o andamento das filmagens, para efetivamente montar e ligar as luzes e os acessórios de câmera, gruas, travellings, dollys, etc…), conforme indicação do Cinematografista ou seus assistentes.

A equipe de fotografia, por seu papel de máxima importância, deve estar sempre atenta e interessada, ter afinidades entre si e com os demais membros da equipe de filmagem, pois todos os problemas da produção passam, em maior ou menor grau, para a tela se não forem bem administrados.


3 – Técnico em Audiovisual
O técnico em audiovisual é responsável por manter os equipamentos audiovisuais em ótimo estado, para isso realiza pequenos consertos e faz a manutenção dos materiais. Além desta assistência técnica, o técnico em audiovisual pode operar os equipamentos em suporte ao Operador de Câmera de Cinema e TV na captação de imagens e sons.


4 – Sonoplasta
O sonoplasta trabalha na produção, gravação e edição de trilha sonora e som direto, inclusão de ruídos específicos, mixagem e transcrição. Escolhe os melhores tipos de microfones para cada situação, a melhor maneira de gravar, sabe que ambientes precisam de tratamento acústico, ouve reverberações incômodas e procura saná-las. Além disso, conhece os melhores equipamentos e sabe designar qual é o mais apropriado para cada produção.


5 – Editor
O editor é o responsável pela ordenação dos planos filmados de tal maneira que formem um contínuo de ações que geram sentido de acordo com o roteiro. Assim, é preciso que o trabalho do editor dite um ritmo e harmonia nos cortes de cada plano, de tal maneira que as mudanças de um plano para outro fiquem tão naturais que passem despercebidas.
Também cabe ao editor finalizar o material. Assim, por meio de computação gráfica e animações (2D e 3D) o material que foi gravado pode ser complementado e retocado digitalmente.