Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Somos todas medicina



Ouça este texto:

.

Somos medicina,
Somos mujeres
Somos brujas
Somos todo lo que se puede y quiere ser,
sin miedos ni mordazas.
¿Por que tienen miedo de nosotras?
Porque somos la cura, porque somos el amor, y el amor puede todo lo que quiere, por eso,
por eso tienen miedo de nosotras.
Pueden intentar silenciarnos, pero somos semillas, somos aves en el vuelo,
somos el viento, la lluvia.
No pueden detenernos, no hay cómo detener la fuerza de la naturaleza, del amor.
Yo estoy en todas, todas están en mí.

SOMOS TODAS MEDICINA Somos remédio, / Somos mulheres, / Somos bruxas / Somos tudo o que se pode e quer ser, / sem medos nem mordaças. / Por que têm medo de nós? / Porque somos a cura, porque somos o amor, e o amor pode tudo o que quer, por isso, / por isso têm medo de nós. / Podem tentar nos silenciar, mas somos sementes, somos aves em voo, / somos o vento, a chuva. / Não podem nos deter, não há como deter a força da natureza, do amor. / Eu estou em todas, todas estão em mim.

Autora: Isabel Cristina Lourenço da Silva, Engenheira Agrônoma e mestra em Extensão Rural pela UFSM. Atualmente, é aluna do curso de Licenciatura em Educação do Campo, no polo Seberi da Universidade.
Lettering, Ilustração e Diagramação: Deirdre Holanda
Locução: Andressa Motter, acadêmica de Jornalismo



Publicações Recentes