Ir para o conteúdo EDUCOM Ir para o menu EDUCOM Ir para a busca no site EDUCOM Ir para o rodapé EDUCOM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Entre os pilares do ensino



Maria Angélica Varaschini- maria.a.varaschini@hotmail.com
Natascha Carvalho- nah.889@gmail.com

Pautadas para fazer uma entrevista de relevância com alguma autoridade da Universidade Federal de Santa Maria, nos perguntamos sobre qual tema seria de interesse da comunidade universitária. Diante de diversos assuntos, decidimos fazer uma entrevista esclarecedora sobre o funcionamento dos grupos integrantes do Programa de Ensino Tutorial (PET) na UFSM. Para tanto, precisaríamos de alguém que respondesse pelos grupos de uma maneira geral. Diante dessa dúvida, decidimos pelo Pró-Reitor Adjunto de Graduação e Interlocutor do PET, Raul Ceretta Nunes, que aceitou nos receber e responder as nossas questões.

Muito prestativo e objetivo, o professor nos recebeu em uma manhã em seu escritório e conseguiu nos explicar de maneira clara e sucinta como trabalham os grupos PET. Com 11 perguntas básicas, dúvidas freqüentes sobre o PET foram esclarecidas, e também novidades, como os novos grupos aprovados no ano passado. Saber o que é o PET e, como ele funciona, dá aos acadêmicos a possibilidade de conhecer suas atividades e virar um petiano no futuro. Esperamos, então, com essa matéria conseguir informar como funcionam os grupos PET para a comunidade universitária.

Entrevista com Raul Ceretta Nunes

Com algumas perguntas esclarecedoras, a percepção em relação aos Grupos PET, ficou muito mais clara:

. txt: De que maneira o PET contribui para a formação dos acadêmicos? Quais são os benefícios que os alunos de graduação participantes dos PETs têm ao longo de sua formação?

Raul Ceretta: O programa PET é de ensino tutorial onde o aluno adquire experiência nos três pilares da educação: ensino, pesquisa e extensão.  Todas essas atividades contribuem para que o aluno petiano tenha um crescimento intelectual e educacional bastante significativo, o que possibilita que ele tenha um maior número de portas abertas no mercado de trabalho.

.txt: Como funciona o processo de seleção para entrar nos PETs? Todos podem participar?

Raul Ceretta: Todos os alunos são aptos a participar dos grupos PET. Existem vários tipos de PET na UFSM e a forma de ingresso é particular de cada grupo. Há os grupos que são ligados aos cursos, onde só acadêmicos daquele curso específico podem participar, e os PET’s Conexão de Saberes, que são grupos institucionais, ou seja, aluno de qualquer curso pode tentar ingressar. O Conexão de Saberes, um projeto do Ministério da Educação, tem um caráter mais extensionista, que visa tanto a interlocução da Universidade com a comunidade, como a união de todos os saberes existentes na universidade.

Powered By Cincopa
Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-802-21

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes