Ir para o conteúdo UMA Ir para o menu UMA Ir para a busca no site UMA Ir para o rodapé UMA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Fala aí, PET! | PET Agronomia



Dando início a nossa série “Fala aí, PET”, o Programa de Educação Tutorial (PET) Agronomia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) traz as atividades que desenvolve e como se relaciona com a sustentabilidade.

Criado em abril de 1992, o grupo foi uma proposta  do professor do Departamento de Engenharia Rural e diretor do Núcleo de Ensaios de Máquinas Agrícolas da UFSM José Fernando Schlosser, que idealizava trazer um PET ao curso de Agronomia. Desde então, o grupo já passou por sete professores tutores e está ativo há 29 anos.

O grupo é formado por 12 alunos de diferentes semestres do curso de Agronomia da UFSM e cada atividade desenvolvida tem um subgrupo responsável. Atualmente, o grupo é tutorado pelo professor do Departamento de Solos da Universidade Federal de Santa Maria Ricardo Bergamo Schenato. 

Na pesquisa, os petianos desenvolvem a avaliação dos ingressos, egressos do curso de Agronomia, percepção do ensino remoto e questionário  individual nos grupos de pesquisa em que o curso atua. Já no ensino, eles realizam minicursos, seminários, Semana da Calourada, discussão temática e cartilhas informativas. Por último, na extensão, o PET Agronomia elabora textos para o portal Mais Soja e Jornal Cidadão, Simpósio de Atualizações em Grandes Culturas, Descubra UFSM e PodCasts.

Dentre as atividades desenvolvidas, um dos projetos mais marcantes é o  “Simpósio de Atualização em Grandes Culturas”, evento que acontece anualmente visando levar ao público informação e aprendizado por meio de palestras com grandes profissionais da área, além de contribuir para a formação dos integrantes do grupo.

No quesito sustentabilidade, O PET Agronomia está sempre buscando levar informações e incentivar os alunos e população em geral na conscientização pela preservação do meio ambiente, com a realização de atividades voltadas à reciclagem. Entre elas, um minicurso de hortas internas com o uso de garrafas PET, além de cartilhas informativas.

Em 2019, o PET também trabalhava em um projeto que seria realizado nas escolas de ensino fundamental do bairro Camobi, em Santa Maria. Chamado de “Cultivando o futuro”, a ideia era incentivar os alunos a cultivarem seus próprios alimentos em uma horta comunitária na escola, mas a pandemia impossibilitou o início da atividade. No entanto, quando houver o retorno presencial, os membros pretendem dar continuidade à ação.

Segundo os membros, o grupo PET Agronomia é uma grande oportunidade de crescimento pessoal e profissional para os alunos do curso, além de que cada pessoa pode contribuir para o crescimento do grupo, fazer amizades, desenvolver capacitações e ainda aprimorar e aprender técnicas da área. ”É muito gratificante fazer parte do PET, pois, além de formarmos uma amizade, ele ajuda no nosso desenvolvimento pessoal e profissional, trazendo muito conhecimento e aprendizagens às nossas vidas”, afirmam os membros.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes