Ir para o conteúdo UMA Ir para o menu UMA Ir para a busca no site UMA Ir para o rodapé UMA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Fala aí, PET! | PET Engenharia Civil



Grupo PET Engenharia Civil em reunião em agosto de 2021.

No segundo episódio da série “Fala aí, PET!”, destacamos o papel importante que o Programa de Educação Tutorial (PET) do curso de Engenharia Civil desempenha na UFSM. Uma vez que o setor da Construção Civil realiza atividades que muitas vezes trazem impactos negativos ao meio ambiente, é essencial que os profissionais dessa área queiram mudar essa realidade. Com diversos projetos e iniciativas voltadas ao meio ambiente e social, o Programa revela a sua relevância para a Universidade e para toda comunidade interessados em um futuro mais sustentável.

O grupo surgiu em abril de 2013, por iniciativa do professor associado do curso de Engenharia Civil da UFSM e do Programa de-Pós Graduação do mesmo curso Luciano Pivoto Specht. No início, o PET contava com 12 alunos bolsistas aprovados no primeiro edital de seleção.   Atualmente o grupo está sob a tutoria do professor adjunto no Departamento de Estruturas e Construção Civil da UFSM André Lübeck e possui como membros 15 alunos, entre eles 12 bolsistas e três voluntários. Outros quatro professores tutores e mais de 49aAlunos bolsistas já integraram o grupo e contribuíram para o seu crescimento.

Dentro as suas atividades, o PET Engenharia Civil realiza semestralmente um curso de pré-cálculo em parceria com o PET Engenharia Elétrica para os calouros de ambos os cursos. Esta ação auxilia na ambientação do discente que está ingressando e, ao mesmo tempo, o prepara para os desafios encontrados nas primeiras disciplinas da graduação. 

Há também a realização de palestras técnicas, que trazem conversas com engenheiros e profissionais da área, visando à interação dos alunos com o mercado de trabalho e à promoção das boas práticas da Engenharia Civil, contando também com mestrandos e doutorandos do Programa de Pós-Graduação do curso. Ainda nessa linha de integração com os alunos, o grupo promove o projeto “PET Discute”, que objetiva o incentivo ao diálogo sobre a matriz curricular do curso e sobre inovações tecnológicas, novos métodos de ensino e de aprendizagem que poderiam ser implantados no curso de Engenharia Civil. 

Já no quesito sustentabilidade, o PET Engenharia Civil engloba uma série de ações, como as palestras técnicas: “Tratamento de efluentes com microalgas e processos de separação visando à produção de biocombustíveis” e “Telhados verdes: Estratégia Sustentável para Ambientes Urbanos”, realizadas em 2020. Alguns membros do PET também estão inseridos em grupos de pesquisa da Universidade, como o Grupo de Estudos em Materiais Sustentáveis na Construção (GEMASC), que busca desenvolver materiais de construção civil de menor impacto ambiental, e o projeto “Viabilidade da Instalação de Módulos Fotovoltaicos na Fachada Norte de Habitações de Interesse Social (HIS) no Município de Santa Maria (RS)”

Com tantas atividades, antes  realizadas presencialmente, os membros do grupo revelam como foi transitar as ações para o ambiente remoto: “Dentro do grupo, foi de grande dificuldade adaptarmos para a realidade virtual as atividades que sempre realizamos presencialmente. Algumas reuniões acabaram servindo de consolo para muitos de nós, ou de “escape” de alguma situação ruim. Era o momento que tínhamos e que ainda persiste para nos aproximar um pouco dos colegas e do professor tutor, assim como dos projetos e das atividades da Universidade”, dizem os estudantes.

Mesmo frente às dificuldades da pandemia, o PET permaneceu firme. “Além de ser um período de muita apreensão, receio, incertezas, também foi momento de aprendizado, inovação e empatia”, dizem os membros. Eles contam que devido ao isolamento social, eles se desenvolveram mais nas plataformas digitais. Agora, as atividades são sempre divulgadas em seus perfis no Instagram (@petcivilufsm) e Facebook, além de serem compartilhadas em grupos de WhatsApp de alunos e professores. Nesses meios de comunicação também são divulgados eventos que não foram estruturados pelo PET, mas que são de interesse da comunidade que os acompanha.

“Fazer parte do nosso grupo PET nos ensina organização, responsabilidade, empatia, convívio e trabalho em grupo, comunicação, perseverança e nos traz uma enorme bagagem de conhecimentos técnicos. É uma experiência única”, revelam os estudantes. 

Os membros contam que fazer parte do PET Engenharia Civil é uma ótima oportunidade para  atuar em conjunto com docentes pela melhoria do curso, além de agregar conhecimento para si, também auxilia na melhoria no desenvolvimento da sociedade.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes