Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Nuvem Jr – Conhecendo as Empresas Juniores do CCSH

CCSH iniciou uma série de entrevistas com as Empresas Juniores instaladas e em funcionamento no Centro.

As entrevistas foram concedidas ao Núcleo de Comunicação Institucional (NCI) do CCSH.

Hoje será apresentada a Nuvem Jr., Empresa Jr. do curso de Relações Públicas, que está em seu primeiro ano.

NCI/CCSH: Qual é a finalidade da Nuvem Jr.?

Nuvem Jr.: Auxiliar e legitimar os profissionais e serviços de Relações Públicas e promover retorno para além da sociedade, difundindo o curso para as pessoas que não o conhecem na prática.

NCI/CCSH: Qual o benefício que ela oferece para os seus membros?

Nuvem Jr.: Proporcionar situações reais do mercado de trabalho. Desenvolvendo amadurecimento profissional e pessoal, despertando, assim, autoconhecimento, empreendedorismo, liderança e trabalho de equipe.

NCI/CCSH: E para a sociedade?

Nuvem Jr.: Beneficia o ambiente em que se vive e desenvolve habilidades e valores importantes para a comunidade. Além de ajudar os microempreendedores, que são o foco da Nuvem Jr., através dos baixos custos dos seus serviços.

NCI/CCSH: E para a UFSM?

Nuvem Jr.: Colabora com o crescimento da instituição de ensino através da complementação, acréscimos de conteúdos e experiência que não são processadas em sala de aula, constituindo um profissional preparado para enfrentar maiores desafios.

NCI/CCSH: Quais são as vantagens de ser a Empresa Jr. mais nova do CCSH?

Nuvem Jr.: Ser iniciante e poder aprender com as que atuam há mais tempo, além de ser um ramo diferente das outras e poder também, ensinar e auxiliar em relações públicas e comunicação. Cada Empresa Jr. do CCSH se complementa, através do benchmarking, que serve para uma empresa que está começando, pegar a experiência de uma outra que já está no ramo há mais tempo.

 

Serviços prestados:

Eventos científicos e corporativos, planejamento de comunicação, assessoria de imprensa e gestão de mídias sociais.

Relato de aluno

“Ajuda no desenvolvimento do pessoal e do profissional. Pelo pessoal, por exemplo, a maturidade cresce muito. Modo de ver o mundo, de ter um pouco  mais de calma, de ter mais paciência, de observar mais, de não ser afobado quanto a algumas questões.

Na questão profissional, os serviços. A gente conhece, aprende muito a fazer. A teoria a gente tem muito bem fundamentada, mas acabava faltando um pouco da prática. Eu participei de outra Empresa Júnior antes, e eu vi que no curso deles era a mesma situação. Então acho que profissionalmente vai me fazer, e já me fez, crescer bastante”.

Gianluca Perez Dal Zuffo, 20 anos. Na Nuvem desde julho de 2017.

 

O que é uma Empresa Junior?

Vamos entender o que é uma Empresa Jr. Para esse esclarecimento, o Núcleo de Comunicação Institucional (NCI) do CCSH conversou com Gustavo Parcianello, da Agência de Transferência Tecnológica (Agittec) da UFSM.

Segundo Gustavo, Empresas Juniores são associações sem fins lucrativos, que têm um estatuto próprio. Servem de experiência para a formação empreendedora do aluno. Na prática, é uma empresa normal: tem CNPJ, faturamento, conta bancária e presta serviços à comunidade como qualquer outra empresa privada. As leis que regem são de esfera federal, sendo o Estatuto Interno o que determina o período de gestão de cada Empresa Jr. O papel do professor responsável é o de registrar o projeto e ser o conselheiro técnico, como profissional da área, dando respaldo legal e técnico para a demanda de mercado. Nesse contexto, na UFSM a Agittec presta apoio político e ajuda a viabilizar as ações das empresas.

Para entender melhor o processo de criação de uma Empresa Jr., acesse aqui.

Empresas já apresentadas:

Objetiva Jr, do curso de Administração

Caduceu Jr, do curso de Ciências Contábeis.

As próximas Empresas Juniores serão Orienta Jr e F5.

Texto: Juan Grings, estudante de jornalismo do Núcleo de Comunicação Institucional (NCI) do CCSH