Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Orienta Jr. – Conhecendo as Empresas Juniores do CCSH

O CCSH iniciou uma série de entrevistas com as Empresas Juniores instaladas e em funcionamento no Centro.

As entrevistas foram concedidas ao Núcleo de Comunicação Institucional (NCI) do CCSH.

Hoje será apresentada a Orienta Jr., Empresa Jr. do curso de Psicologia, que existe desde setembro de 2015.

 

NCI/CCSH: Qual é a finalidade da Orienta Jr.?

Orienta Jr.: Oferecer experiência aos membros e prestar um serviço pouco conhecido em Santa Maria: a psicologia organizacional.

NCI/CCSH: Quais benefícios ela oferece aos seus membros?

Orienta Jr.: Habilidades que não se obtêm só na graduação, por exemplo, em uma reunião para combinar serviços com outra empresa, aprende-se como se comportar, como vender o produto, como lidar com clientes. Isso se fortalece porque os estágios da Psicologia são todos focados em outros aspectos, que não precisam ser vendidos.

NCI/CCSH: E para a sociedade?

Orienta Jr.: Oferecer a outras empresas, sejam juniores ou seniores, serviço de psicologia organizacional de baixo custo. Além de alguns projetos em escolas públicas para auxiliar na escolha profissional dos alunos, que não é desenvolvido nem por empresas de psicologia seniores.

NCI/CCSH: E para a UFSM?

Orienta Jr.: A Orienta desenvolve o espírito de empreendedorismo nos alunos da UFSM. Os projetos e trabalhos desenvolvidos mostram para a sociedade que a UFSM está investindo no setor e dando abertura para a Psicologia. Os projetos também retribuem o apoio dado pelo CCSH com os projetos.

Serviços prestados

Desenvolvimento de carreira, avaliação de clima organizacional e assessoria para recrutamento e seleção.

Relato de aluno

“Estou na Orienta Jr. há quase 1 ano. Essa experiência está sendo uma das melhores que tive durante a faculdade, não apenas a empresa em si, mas também a integração com outras EJs através do Movimento de Empresas Juniores (MEJ).

Lembro de que ao entrar na EJ estava com muitas dúvidas e nervoso com os trabalhos que teria que realizar, uma vez que a mesma é focada no curso de psicologia e sou de uma área totalmente diferente. Mas, através de capacitações e leituras, pude ir me integrando, assim tendo oportunidades para desenvolver áreas que não desenvolveria na academia, pois em um único espaço a EJ auxiliou a desenvolver liderança, exercer influências e trabalhar com projetos reais, tudo isso sendo gerenciado por colegas de universidade.

Hoje sou diretor de marketing na Orienta Jr. e continua sendo um desafio e um aprendizado contínuo, especialmente na parte do relacionamento com o cliente, desde vender um serviço, até finalizá-lo de forma satisfatória, afinal, a interação com o cliente é constante e tentamos extrair o máximo dessa experiência”.

Fabio Gomes de Almeida, 22 anos. Na Orienta Jr. desde maio de 2018

 

O que é uma Empresa Junior?

Vamos entender o que é uma Empresa Jr. Para esse esclarecimento, o Núcleo de Comunicação Institucional (NCI) do CCSH conversou com Gustavo Parcianello, da Agência de Transferência Tecnológica (Agittec) da UFSM.

Segundo Gustavo, Empresas Juniores são associações sem fins lucrativos, que têm um estatuto próprio. Servem de experiência para a formação empreendedora do aluno. Na prática, é uma empresa normal: tem CNPJ, faturamento, conta bancária e presta serviços à comunidade como qualquer outra empresa privada. As leis que regem são de esfera federal, sendo o Estatuto Interno o que determina o período de gestão de cada Empresa Jr. O papel do professor responsável é o de registrar o projeto e ser o conselheiro técnico, como profissional da área, dando respaldo legal e técnico para a demanda de mercado. Nesse contexto, na UFSM a Agittec presta apoio político e ajuda a viabilizar as ações das empresas.

Para entender melhor o processo de criação de uma Empresa Jr., acesse aqui.

Empresas já apresentadas:

Objetiva Jr, do curso de Administração

Caduceu Jr, do curso de Ciências Contábeis

 Nuvem Jr, do curso de Relações Públicas

A próxima Empresa Júnior será a F5.

Texto: Juan Grings, estudante de jornalismo do Núcleo de Comunicação Institucional (NCI) do CCSH