Ir para o conteúdo Música Ir para o menu Música Ir para a busca no site Música Ir para o rodapé Música
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Grupos Artísticos

Orquestra Sinfônica de Santa Maria – UFSM

Direção executivaJoão Batista (“Tita”) Sartor

Website oficial

Fundada em 1966, a Orquestra Sinfônica de Santa Maria atua tanto um grupo artístico-musical, que almeja a difusão da música orquestral, como um laboratório de música, voltado para a formação do músico através da prática de orquestra. Seu funcionamento está vinculado às disciplinas Orquestra Sinfônica, Orquestra Universitária e Estudos de Orquestra, ofertadas nos cursos de Graduação em Música da UFSM. 

A orquestra participa de uma média de 20 eventos por ano e é composta atualmente por 55 músicos. Seus objetivos principais são: promover a cultura através da música, buscar excelência artística para formação profissional dos músicos, formar novos públicos através de ações e projetos culturais de interação social, além de contribuir para a formação musical dos alunos dos cursos de Música da UFSM.

Além da estrutura física e de pessoal, oferecida pela UFSM, a Orquestra é mantida também por bolsas fornecidas pela UFSM e por colaboradores da Associação Cultural Orquestra Sinfônica de Santa Maria (fundada em 1988). Esses apoios e investimentos são essenciais para sua manutenção e desenvolvimento.

A Orquestra vem desenvolvendo, há mais de 50 anos, um trabalho qualificado de aulas, ensaios, oficinas e apresentações públicas, contextualizado em ações integradoras, contemplando o ensino, pesquisa e extensão universitária. Além de desenvolver e divulgar a cultura artístico-musical em Santa Maria e região, procura permanentemente o aperfeiçoamento da música orquestral sinfônica e sua difusão, oportunizando ao aluno de música uma singular experiência, focalizada na realidade profissional, preparando músicos que, posteriormente, vão fazer parte de importantes orquestras ou ser professores de música em escolas, institutos e universidades – uma ação de inclusão profissional. A Sinfônica de Santa Maria participa ativamente dos grandes eventos da UFSM, da cidade de Santa Maria e região, em eventos como festividades natalinas, concertos populares e didáticos, concertos de gala, festivais, encontros, congressos e seminários, inclusive promovendo espetáculos por meio de projetos e atendendo, sempre que possível, a convites advindos da comunidade.

Orquestra Sinfônica de Santa Maria (2019).

Coro de Câmara da UFSM

Direção: Prof. Dr. Cláudio António Esteves

Facebook

O Coro de Câmara da UFSM tem suas origens em 2000 quando da criação do Coro Sinfônico da UFSM pelo professor Cláudio António Esteves. A partir de 2003, com o suporte administrativo da Coordenação do Curso de Música, foi chamado de Coro do Curso de Música e depois de 2009 passa a ser o Coro de Câmara da UFSM, vinculado a projeto de extensão. Ele é composto por alunos do Curso de Música e membros da Comunidade Universitária, que são selecionados através de teste de aptidão no início de cada semestre. Através da atividade musical, os participantes adquirem experiência profissional, tendo contato direto com a programação artística de concerto, música original composta para coro e arranjos, contribuindo assim para a formação dos alunos do Curso de Música. Além das peças a cappella e com acompanhamento, o grupo realiza uma obra coro-sinfônica diferente a cada semestre. É regido pelo Prof. Dr. Cláudio António Esteves, que enfoca o repertório em compositores contemporâneos e obras representativas corais. O Coro é um agente cultural estável de grande atividade e representação artística da UFSM. Tem participado de concertos, recitais, festivais, encontros de coros, cerimônias e eventos e em cada performance divulga obras significativas de qualidade do repertório coral.

Coro de Câmara da UFSM – Concerto de Inverno (2018).

Coral UFSM

Direção: Prof. Dr. Cláudio António Esteves

A atividade coral na UFSM da qual o Coral UFSM faz parte, iniciou-se em 1962 quando da criação do primeiro Coral Universitário, regido pela professora Lygia Romano Migliore, e depois seguiu com a criação do Coral UFSM em 1971 pelo Reitor José Mariano da Rocha Filho e pela professora Anna Maria Kliemann. O Coral UFSM tem sido um dos grupos artísticos de expressão cultural da UFSM mais consistentes em nossa universidade. Este grupo foi reativado em 1995, depois de mais de um ano de abandono e inatividade, pelo professor Cláudio António Esteves, que o inseriu no currículo dos cursos de música da universidade numa nova proposta que oportuniza aos estudantes o contato com a atividade coral e a realização musical de qualidade. Como é de sua natureza, o trabalho se realiza por projetos semestrais e o grupo se modifica em cada período, sempre oportunizando um trabalho de formação profissional que envolve Ensino, Pesquisa e Extensão. Em seus ensaios os estudantes experimentam as diversas áreas musicais em contexto no repertório proposto, desde a técnica vocal, técnicas de trabalho em grupo, desenvolvimento de leitura e experiência sonora como bases iniciais e o conhecimento musical aplicado vindo das áreas musicais, Percepção Musical, História da Música, Harmonia e Análise Musical. Através da abordagem via repertório de nível profissional, busca-se auxiliar os estudantes dos cursos de música em seus desenvolvimentos artísticos. O grupo enfrenta desafios de peças de variados estilos, sejam a cappella ou com acompanhamento e obras coro-sinfônicas. Como uma etapa do processo de aprendizado há um Concerto ao final do trabalho do semestre, o que se configura como uma ação de extensão ininterrupta, oferecendo à Santa Maria e região a oportunidade de contato com realizações musicais que enriquecem a vida cultural.

Coral UFSM e Orquestra Sinfônica de Santa Maria (2019).

Banda Sinfônica da UFSM

Coordenação: Prof. Dr. Guilherme Garbosa

A Banda Sinfônica da UFSM (antiga Orquestra de Sopros da UFSM) é um projeto de extensão vinculado ao Departamento de Música, com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão. Fundado em 2006, este grupo artístico busca participar intensamente de eventos artísticos junto à comunidade de Santa Maria, arredores e capital do Estado. A partir de 2017, com uma formação maior, a nova Banda Sinfônica da UFSM busca retomar as atividades anteriores, mas também ampliar o repertório e também expandir os espaços alcançados pelo grupo. A Banda realiza ensaios semanais de um repertório eclético que engloba estilos como erudito, trilhas de filmes, jazz, musicais, música popular brasileira e internacional, com destaque para as obras originais compostas para a formação de banda sinfônica. Entre 2018 e 2019, os as apresentações do grupo tiveram público entre 700 e 1200 pessoas. Atualmente, o professor Guilherme Garbosa coordena o projeto, juntamente com os professores Clayton Miranda, André Chiomento e João Batista Sartor.

Musical Chicago com a banda Sinfônica da UFSM (2018).

Orquestra de Cordas da UFSM

Professores responsáveis: Profa. Dra. Yara Quércia Vieira, Prof. Me. Marco Antônio Penna e Profa. Dra. Ângela Maria Ferrari

A orquestra de cordas da UFSM foi fundada em 1999 pelos professores Yara Quércia Vieira, Marco Antônio Penna e Ângela Maria Ferrari, tornando-se disciplina regular do Bacharelado em Música (para os instrumentos de cordas) em 2005. A orquestra é composta por alunos regulares da UFSM e pelos professores responsáveis. Seus objetivos incluem ações de extensão e de ensino: divulgar a música de concerto na comunidade de Santa Maria e entorno, ampliar a experiência dos alunos de cordas da UFSM, divulgar o curso de Música da UFSM e atuar como agente cultural na sociedade. Ao longo de seus mais de vinte anos de existência, o grupo realizou diversos concertos dentro e fora da UFSM, incluindo concertos em Pelotas (Conservatório de Música da UFPel), Ijuí (Escola da Rede Sinodal), Santa do Livramento, São Pedro do Sul, além do Festival Internacional de Inverno da UFSM, em Vale Vêneto.

Orquestra de Cordas da UFSM.

Grupo de Clarinetas da UFSM

Direção: Prof. Dr. Guilherme Garbosa

O grupo de clarinetas da UFSM é formado por alunos do bacharelado, licenciatura e Pós-Graduação em Música e vem desenvolvendo suas atividades desde 1995, coordenado pelo Prof. Dr. Guilherme Garbosa. O grupo tem como objetivo ser um laboratório de prática de conjunto e de repertório para esta formação instrumental, e envolve instrumentos da mesma família, como as clarinetas e clarineta baixo. Os ensaios são realizados semanalmente e tem duas horas de duração, onde são enfatizados: a seleção do repertório, a leitura à primeira vista, o trabalho técnico do repertório, afinação e equilíbrio de timbre, abordagens interpretativas, entre outros. O repertório do grupo é eclético e é composto por obras originais e arranjos, incluindo música de concerto, música brasileira, música folclórica, klezmer, jazz, etc. O grupo tem atuado em concertos em diversos espaços, assim como tem realizado concertos didáticos em escolas dentro do projeto Ouvir para Crescer. Como extensão, tem articulado a UFSM com a comunidade externa através de concertos didáticos em múltiplos espaços, assim como tem oportunizado o crescimento técnico e musical de seus integrantes.

Grupo de Clarinetas da UFSM (2018).