Ir para o conteúdo PPGAGR Ir para o menu PPGAGR Ir para a busca no site PPGAGR Ir para o rodapé PPGAGR
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Escritório Local de Inovação Rio da Várzea é inaugurado na UFSM-PM



Objetivo é fomentar o empreendedorismo, a inovação e o desenvolvimento regional em 20 municípios do Corede Rio da Várzea

Na última quarta-feira (14), a UFSM Campus Palmeira das Missões inaugurou o Escritório Local de Inovação Rio da Várzea, o qual tem como objetivo fomentar o empreendedorismo, a inovação e o desenvolvimento regional em 20 municípios componentes do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Rio da Várzea. O escritório é fruto do projeto de extensão Escritório Local de Inovação Rio da Várzea, coordenado pelo professor Nelson Machado Pinto, que também é diretor do Corede.

A cerimônia contou com a presença do diretor da UFSM-PM, professor Luiz Anildo Anacleto da Silva; do presidente do Corede-RV, Vergilio Casani; do prefeito de Palmeira das Missões, Evandro Massing; da vereadora Karin Uchoa, representando a Câmara Municipal de Vereadores, e demais autoridades, entidades, empresas parceiras, acadêmicos e servidores da Instituição. 

De acordo com o professor Nelson Machado Pinto, coordenador do projeto, a ideia nasceu de uma parceria entre a UFSM-PM e o Corede-RV, e obteve apoio da instituição financeira cooperativa Sicredi, através das cooperativas Raízes, Conexão e Região da Produção. “Neste processo, a startup de inovação Whydea será fundamental para implementar as ações do Escritório de Inovação, que diagnosticará problemas de gestão e vai propor melhorias em processos de gestão em microempresas e órgãos públicos destes 20 municípios, através de capacitações para gestores da região, como minicursos, além de especializações com jovens relacionadas ao empreendedorismo, inovação e gestão de negócios para fomento e consolidação do empreendedorismo a longo prazo. Também é projetada a criação da Agrofeira Rio da Várzea, que servirá como espaço de comercialização direta de alimentos dos agricultores para os consumidores dos municípios do Corede e articulação de espaços físicos regionais de incubação de pequenos empreendimentos (startups)”, afirma.

Conforme o docente, a expectativa é que, em cinco anos, a partir dos sucessos nas atividades do Escritório de Inovação, o grupo ainda elabore um plano para a construção de um Centro de Inovação dentro do Campus da UFSM-PM.

Texto e foto: Assessoria de Comunicação da UFSM-PM

Na última quarta-feira (14), a UFSM Campus Palmeira das Missões inaugurou o Escritório Local de Inovação Rio da Várzea, o qual tem como objetivo fomentar o empreendedorismo, a inovação e o desenvolvimento regional em 20 municípios componentes do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Rio da Várzea. O escritório é fruto do projeto de extensão Escritório Local de Inovação Rio da Várzea, coordenado pelo professor Nelson Machado Pinto, que também é diretor do Corede.

A cerimônia contou com a presença do diretor da UFSM-PM, professor Luiz Anildo Anacleto da Silva; do presidente do Corede-RV, Vergilio Casani; do prefeito de Palmeira das Missões, Evandro Massing; da vereadora Karin Uchoa, representando a Câmara Municipal de Vereadores, e demais autoridades, entidades, empresas parceiras, acadêmicos e servidores da Instituição.

De acordo com o professor Nelson Machado Pinto, coordenador do projeto, a ideia nasceu de uma parceria entre a UFSM-PM e o Corede-RV, e obteve apoio da instituição financeira cooperativa Sicredi, através das cooperativas Raízes, Conexão e Região da Produção. “Neste processo, a startup de inovação Whydea será fundamental para implementar as ações do Escritório de Inovação, que diagnosticará problemas de gestão e vai propor melhorias em processos de gestão em microempresas e órgãos públicos destes 20 municípios, através de capacitações para gestores da região, como minicursos, além de especializações com jovens relacionadas ao empreendedorismo, inovação e gestão de negócios para fomento e consolidação do empreendedorismo a longo prazo. Também é projetada a criação da Agrofeira Rio da Várzea, que servirá como espaço de comercialização direta de alimentos dos agricultores para os consumidores dos municípios do Corede e articulação de espaços físicos regionais de incubação de pequenos empreendimentos (startups)”, afirma.

Conforme o docente, a expectativa é que, em cinco anos, a partir dos sucessos nas atividades do Escritório de Inovação, o grupo ainda elabore um plano para a construção de um Centro de Inovação dentro do Campus da UFSM-PM.

Texto e foto: Assessoria de Comunicação da UFSM-PM

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-569-1543

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes