Ir para o conteúdo PPGA Ir para o menu PPGA Ir para a busca no site PPGA Ir para o rodapé PPGA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Inicia a quarta fase do projeto Flores para Todos



Em Restinga Seca o projeto chegou na E.M.E.F, Sete de Setembro.

O projeto de extensão Flores para Todos, que visa divulgar a floricultura como alternativa de renda e de diversificação de culturas para agricultores familiares no RS, SC e PR, iniciou a quarta fase na semana passada com o plantio de gladíolo em três municípios da região Central do RS no dia 27/06/2019. Em Novo Cabrais o plantio foi na propriedade da agricultora familiar Mara Elaine Scortegagna Flores visando ter a flor pronta para eventos que acontecerão no município durante o mês de outubro. Em São Sepé o plantio foi no Parque de Exposições Francisco Simões Pires, visando ter a flor pronta para a Expofeira Regional de São Sepé, Formigueiro e Vila Nova do Sul, que acontecerá nos dias 10 a 14 de outubro de 2019. Já em Restinga Seca o plantio foi na Escola Municipal de Ensino Fundamental Sete de Setembro, no interior do município, visando ter a flor pronta para a exposição na ExpoRestinga, que acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de outubro de 2019 em Restinga Seca.

Em São Sepé os gladíolos foram plantados no Parque de Exposições Francisco Simões Pires.

Em cada município foram plantados 50 bulbos de quatro cultivares de cor diferente (branca, vermelha, amarela e lilás), o que vai resultar na produção de aproximadamente 400 hastes florais em cada município. O plantio em outros três municípios do RS (Mata, Cachoeira do Sul e Ivorá) e em cinco municípios da região norte do RS (Rondinha, Sarandi, Ametista do Sul, Iraí e Frederico Westphalen) será realizado durante o mês de julho visando a produção da flor para o Dia de Finados 2019.

Em Novo Cabrais o plantio dos gladíolos foi na propriedade da agricultora familiar Mara Elaine Scortegagna Flores.

O projeto Flores para Todos é uma realização das Equipes PhenoGlad de várias universidades e institutos Federais do RS e da Emater do RS e do Paraná. O projeto ganhou o nome de “Flores para Todos”, pois busca oferecer uma oportunidade do agricultor familiar ganhar dinheiro e levar ao consumidor um produto com custo menor, pois a produção é feita localmente, encurtando a cadeia e conectando pessoas na comunidade. O projeto tem um co-irmão nos Estados Unidos chamado “Local Flowers, Local Farmers: a Growing Movement” (tradução Flores Locais, produtores locais: um movimento em crescimento), uma iniciativa da Associação de Produtores de Flores de Corte (do ingles Association of Specialty Cut Flower Growers), que está ganhando força em todo os Estados Unidos, pois está resgatando a tradição de cultivo local de flores de corte e por lá já tem floriculturas que só comercializam flores produzidas no município e, nas feiras, os consumidores podem comprar as flores e fazer seu próprio arranjo. A metodologia do projeto prevê o acompanhamento e assessoria aos produtores e escolas através de visitas técnicas realizadas pelos integrantes das Equipes PhenoGlad e dos extensionistas da Emater desde o plantio do bulbo até a colheita da flor, de forma que ao final os produtores e os alunos das escolas aprendam as técnicas de cultivo do gladíolo e consigam seguir nos próximos cultivos por conta própria.

Nas três primeiras fases do Projeto, realizadas em 2018 e no primeiro semestre de 2019, foram produzidas 15 mil hastes de gladíolo. Na quarta fase a previsão é serem produzidas 10 mil hastes da flor. A programação da data de plantio para que a flor fique pronta nas datas desejadas é feita pelo aplicativo PhenoGlad Mobile, desenvolvido na UFSM em parceria com a UFSC-Campus Curitibanos e foram necessários 10 anos de pesquisa para sua finalização.

Acompanhe a rotina e as ações da Equipe PhenoGlad nas redes sociais oficiais da Equipe no Facebook, no Instagram, no Twitter e no canal do YouTube.

Por Equipe PhenoGlad


Publicações Recentes