Ir para o conteúdo PPGEA Ir para o menu PPGEA Ir para a busca no site PPGEA Ir para o rodapé PPGEA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Documentação necessária para emissão do diploma de doutorado

Após a realização da defesa e aprovação por parte da Comissão Examinadora, o (a) discente deverá cumprir os seguintes requisitos pós-defesa para que seja solicitada a emissão do diploma. A documentação abaixo poderá ser entregue na Secretaria (a partir do retorno das atividades presenciais, deixada na Portaria do Prédio 42 em envelope lacrado endereçado ao PPGEA ou enviada por Correio – informando o número de rastreamento por e-mail – ppgea@ufsm.br).

A documentação com a solicitação de emissão de diploma só será enviada a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa se for entregue corretamente. A falta de qualquer documento será impeditiva para a emissão do diploma.

1) Duas cópias capa dura (azul e letras douradas) – dúvidas em relação aos formatos devem ser sanadas com a Biblioteca Central (atendimento.sib@ufsm.br).

As assinaturas na folha de aprovação da tese, caso tenha a participação de membro (s) por videoconferência ou parecer, deverão seguir as instruções constantes no Memorando Circular 102/2017 da Biblioteca Central – disponível clicando aqui. Dúvidas sobre o memorando deverão ser sanadas diretamente com a Biblioteca Central (atendimento.sib@ufsm.br).

Para as bancas presenciais não são permitidas assinaturas digitalizadas.

Não serão aceitos trabalhos impressos sem as assinaturas dos membros da Comissão Examinadora.

A ficha catalográfica da tese é emitida diretamente no site da Biblioteca Central da UFSM

2) Dois CDs contendo a dissertação em formato pdf (o arquivo não pode estar protegido com senha ou criptografado); 

3) Cópia dos comprovantes de submissão de dois artigos científicos em periódico (s) listado (s) no Qualis Capes (Ciência Agrária I) em vigor. Poder ser carta emitida pelo periódico, print da tela do sistema de submissão ou e-mail recebido. Caso o (a) discente já tenha o artigo publicado, este documento é dispensável;

4) Cópia dos artigos submetidos ou publicados;

5) Autorização de publicação da tese na Biblioteca Central – encaminhada via e-mail pela Secretaria do Programa após a entrega/envio das informações da ata pelo (a) orientador (a). 

Caso a Comissão Examinadora tenha sugerido a alteração do título, no documento enviado pela Secretaria por e-mail, o (a) discente deverá fazer a atualização do título.

A autorização é gerada pelo portal e emitida com o título utilizado na abertura do processo de defesa e, por isso, é necessário que o (a) discente faça a atualização do título caso tenha sido sugerido pela Comissão Examinadora.

Ainda no documento “Autorização para liberação online”, no campo “Especificações para liberação do documento online”, deverá ser assinalada a opção “liberação imediata”, exceto nos casos em que a defesa foi fechada (conforme indicação na solicitação de abertura do processo de defesa).

Caso a solicitação de patente for requerida após a defesa, o (a) orientador (a) deverá entrar em contato com o PPGEA (ppgea@ufsm.br) com esta informação.

6) Declaração do (a) orientador (a) – disponível clicando aqui

7) Documento “Informações de titulação – Plataforma Sucupira” – disponível clicando aqui.

8) Documento “Solicitação de urgência para emissão do diploma à Coordenação do PPG” – disponível clicando aqui.

A urgência na emissão do diploma deve ser comprovada mediante a entrega de documentos. Ingresso em Programas de Pós-Graduação na própria UFSM não é considerado urgência. 

Após a entrega de todos os documentos supracitados, o processo seguirá para a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa  e em aproximadamente trinta dias o diploma estará disponível para retirada no Prédio 48D. Dúvidas referentes à emissão do diploma devem ser sanadas por meio do e-mail academico.prpgp@ufsm.br .

OBSERVAÇÃO: em decorrência da suspensão das atividades presenciais o prazo para emissão do diploma (sem a solicitação de urgência) tem sido de três a seis meses.