Ir para o conteúdo Corpus Ir para o menu Corpus Ir para a busca no site Corpus Ir para o rodapé Corpus
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Laboratório Corpus promoveu reunião de trabalho com Vanise Medeiros (UFF)



Na segunda-feira, dia 08 de agosto, às 14 horas, a Profª. Dr. Vanise Medeiros, do Laboratório de Arquivos do Sujeito (LAS) da Universidade Federal Fluminense, em visita de estudos à Universidade Federal de Santa Maria, participou de reunião de trabalho no Laboratório Corpus.

O tema da reunião foi a política de Fundos Documentais, a partir da doação de arquivos pessoais ao Laboratório Corpus. A implementação de uma política de Fundos Documentais tem a finalidade de fomentar uma política de Fundos Documentais no interior da instituição. A política de Fundos Documentais visa às diferentes áreas de produção do conhecimento e os trabalhos desenvolvidos por pesquisadores que dedicam a vida profissional em prol da universidade e têm um legado histórico que precisa ser preservado, tratado, arranjado para estar disponível à consulta dos pesquisadores que estamos formando e dos demais interessados.

O Laboratório Corpus detém a custódia dos seguintes Fundos Documentais: 

– Fundo Documental Neusa Carson (FDNC), designado pelo nome de uma importante linguista do sul do país, que viveu e trabalhou na UFSM e na PUC/RS nas décadas de 70 e 80, com pesquisas importantíssimas na descrição de línguas indígenas, mais precisamente o Macuxi, em Roraima.

– Fundo Documental Aldema Menine Mckinney (FDAMM), designado pelo nome da professora doadora do acervo, que durante mais de 25 anos trabalhou no Departamento de Metodologia do Ensino do Centro de Educação da Universidade Federal de Santa Maria, voltando-se para a questão educacional indígena, rural e de zona fronteiriça.

– Fundo Documental Maria Luiza Ritzel Remédios (FDMLRR), acervo documental e bibliográfico, recebido, a partir de um Protocolo de Intenção de Doação assinado entre João Antônio Remédios e o Laboratório Corpus. Maria Luiza foi professora de Literatura Portuguesa do DLV, CAL/UFSM, e do PPGL da PUCRS. É considerada, no meio acadêmico brasileiro e português, uma das mais importantes referências sobre Literatura Portuguesa.

A seguir a pauta da reunião de trabalho:

a) às 14 horas. Abertura, com Profa. Amanda Scherer e Profa. Verli Petri;

b) às 14 horas e 15 min. Arquivos pessoais: o que são e como projetá-los em um Centro de Documentação e Memória, com Profa. Fernanda Pedrazzi;

c) às  14 horas e 45 min. Arquivos pessoais: um trabalho importante na memória institucional, com a Arquivista Caroline Knackfuss;

d) às 15 horas. Fundos Documentais: o que eles representam na memória disciplinar, com Profa. Taís Martins;

e) às 15 horas e 30 minutos. Mesa redonda – Fundos Documentais: uma experiência de pesquisa em estágio de pós-doutorado, com a Profa. Maria Iraci Costa, Profa. Simone de Oliveira e Profa. Zélia Paim;

f) às 16 horas e 30 minutos. Discussões de encerramento.

A partir das discussões engendradas nesta tarde de trabalho conjunto, foram iniciadas as tratativas de realização de evento e publicação que tomem por tema as questões de arquivo, história disciplinar e memória, estreitando as relações entre a UFSM e a UFF.

20160808 161339

vanise e o grupo

20160808 162138

 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes