Ir para o conteúdo CAPPA Ir para o menu CAPPA Ir para a busca no site CAPPA Ir para o rodapé CAPPA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Equipe

A equipe de trabalho do CAPPA é composta pelo Quadro Técnico (servidores da UFSM), estudantes de pós-graduação em Biodiversidade Animal, e estudantes de graduação desta mesma universidade. Além destes, a equipe conta com pesquisadores associados vinculados a outros setores, mas que desenvolvem e/ou colaboram com as atividades aqui desenvolvidas.

Quadro Técnico

Flávio Pretto

– Paleontologia e morfologia de Vertebrados
– Sistemática e taxonomia de tetrápodes do Permiano e Triássico
– Origem e evolução de Dinosauria

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (2009), Mestre em Geociências pela UFRGS (2012) e Doutor em Ciências (2017) pela mesma instituição. Tem se dedicado ao estudo da biota permo-triássica, com ênfase em pararrépteis e no estudo da origem e diversificação dos dinossauros. Atualmente, dedica-se a descrição anatômica, sistemática e filogenia de novos achados de Saurodopomorpha basais. 

Contato: pretto.paleo@gmail.com / Lattes


Leonardo Kerber

– Padrões morfológicos de espécies extintas
– Registro fóssil, taxonomia e sistemática
– Morfologia endocraniana e suas implicações evolutivas

Licenciado e Bacharel em Ciências Biológicas pela Pontifícia Universidade do Rio Grande do Sul (PUCRS) (2008), Mestre em Geociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) (2011) e Doutor em Ciências (2014) pelo mesmo programa. Foi pesquisador de Pós-Doutorado na Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul entre 2014-2015 e pesquisador de Pós-Doutorado na University of Zurich durante o início de 2016. Tem se dedicado ao estudo de mamíferos extintos e cinodontes não-Mammaliaformes da América do sul.

Contato: leonardokerber@gmail.com / Lattes


Rodrigo Temp Müller

– Paleontologia de vertebrados
– Sistemática, taxonomia e tafonomia de tetrápodes do Triássico
– Origem e evolução de Dinosauria

Bacharel em Gestão Ambiental pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) (2014), Mestre e Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Tem se dedicado ao estudo da biota triássica, com ênfase no estudo da origem e diversificação dos dinossauros. Atualmente, dedica-se a descrição anatômica, sistemática e filogenia de novos achados de Sauropodomorpha basais.

Atualmente é Diretor do CAPPA/UFSM.

Contato: rodrigotmuller@hotmail.com / Lattes


Gisela Sartori Farencena

Bacharel em Administração (2016) pela Universidade Federal de Santa maria (UFSM) e Mestre em Gestão de Organizações Públicas (2021) pela mesma instituição (UFSM).

Atualmente é Assistente em Administração no CAPPA/UFSM.

Contato: gisela.farencena@ufsm.br / gisela.adm.95@gmail.com


Alunos de Doutorado

 
Emmanuelle Fontoura
 
Bacharela em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Rio Grande (FURG) (2019). Mestre (2021) e estudante de Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Tem se dedicado ao estudo morfológico de mamíferos do Neógeno e do Quaternário (cervídeos e roedores). Atualmente desenvolve estudos sobre biodiversidade de roedores caviomorfos do Mioceno da Amazônia.

Contato: emmanuelle.fontoura@acad.ufsm.br / Lattes

 

Débora Moro

Licenciada em Ciências Biológicas pelo Instituto Federal Farroupilha – Campus São Vicente do Sul (IFFar-SVS) (2019), Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2021), e estudante de Doutorado na mesma instituição. Atualmente desenvolve estudos sobre descrição anatômica e filogenia de novo espécime de dinossauro Sauropodomorpha, e as implicações paleoautoecológicas e biomecânicas referentes aos primeiros dinossauros.

Contato: deboramorod@gmail.com / Lattes

 

Gabriela Menezes Cerqueira

– Paleontologia de vertebrados

– Sistemática e taxonomia de Pterossauros

– Padrões de alometria filogenética em Pterossauros

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa) (2017), Mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Ciências Biológicas pela mesma instituição (2019) e estudante de Doutorado pelo Programa de Pós-graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente desenvolvendo pesquisa com o uso de proporções corporais como critério taxonômico para Pterosauria.

Contato: gabrielamenezes0301@gmail.com  / Lattes


Lívia Roese Miron

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Mestre Pela Universidade de São Paulo (USP).

Desenvolveu estudos sobre morfologia de cinodontes não-mamaliaformes.

Contato: livia.roem@hotmail.com /  Lattes


Maurício Garcia

– Paleontologia de vertebrados
– Sistemática e taxonomia de dinossauros

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).  Mestre e, atualmente, aluno de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal (UFSM). Desenvolve estudo sobre sistemática de dinossauros basais.

Contato: mauriciossauro@gmail.com / Lattes 

 

Letícia Rezende de Oliveira

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM/2019). Mestre e Doutoranda pelo Programa de Pós Graduação em Biodiversidade Animal (PPGBA) na mesma instituição.

Desenvolve estudos na área de sistemática de Archosauria.

Contato: l.rezende2707@gmail.com / Lattes


Alunos de Mestrado

Jossano de Rosso Moraes

– Paleontologia de vertebrados

Bacharel em Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria, e estudante de mestrado pelo Programa de Pós Graduação em Biodiversidade Animal na mesma instituição.

Contato: jossanomorais42@gmail.com / Lattes


 

Lísie Vitória Damke

Bacharela (2021) e Licenciada (2022) em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
Atualmente realiza mestrado em Biodiversidade Animal pela mesma instituição (PPGBA/UFSM).

Desenvolve estudos com Sauropodomorpha basais.

Contato: lisiesd@hotmail.com /  Lattes
 

Fabiula Prestes de Bem

– Paleontologia de vertebrados

Bacharela em Ciências Biológicas pela Universidades Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI/FW) (2019). Especialização em Perícia e Auditoria Ambiental (UniCesumar/2022). Estudante de Mestrado pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Contato: prestesfabiula@gmail.com / Lattes

 

André de Oliveira Fonseca

– Paleontologia de Vertebrados
– Evolução e Sistemática de Ornithischia

Bacharel (2023) em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Atualmente aluno de mestrado no Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal na Universidade Federal de Santa Maria (PPGBA/UFSM). Projeto de pesquisa focado na anatomia poscraniana do sauropodomorfo Macrocollum itaquii.

Contato: andre_o_fonseca@outlook.com / Lattes


Mariana Doering

Bacharel (2019) em Ciências Biológicas pela UPF (Universidade de Passo Fundo). Estudante de mestrado no Programa de Pós Graduação em Biodiversidade Animal pela UFSM (Universidade Federal de Santa Maria).

Desenvolve estudos referentes a bioestratigrafia do sítio Niemeyer.

Contato: marianadoering@outlook.com / Lattes


Egressos

Lúcio Roberto da Silva

Licenciado em Ciências Biologia pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) (2006). Mestre em Ciências Biológicas pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pampa, Campus São Gabriel-RS e Doutor no Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Contato: luciors.bio@gmail.com / Lattes


Dilson Vargas Peixoto

Escritor, licenciado em História pela Universidade Franciscana, bacharel em Ciências Biológicas e mestre em Biodiversidade Animal pela Universidade Federal de Santa Maria. Tem como seguintes áreas de atuação e interesse: morfologia pós-craniana de preguiças terrícolas (Xenarthra, Folivora); miologia e biomecânica de “prossaurópodes” (Dinosauria); História Ambiental; Literatura Fantástica. Lattes


Cristian Pereira Pacheco

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) (2013), Mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa (UFSM) (2015) e Doutor (2019) pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Dedicou-se ao estudo de paleoecologia, sistemática e biogeografia com foco em tetrápodes do Permiano e Triássico. Mais recentemente,  à descrição anatômica, sistemática e filogenia de novos achados de Herrerasauridae.

Contato: crispachecors@yahoo.com.br / Lattes


Ane Elise Branco Pavanatto

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2010), Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2015) e Doutora (2019) pela mesma instituição. Desenvolveu estudos sobre a anatomia de cinodontes Traversodontidae e  estudo da variação intraespecífica de Exaraetodon, um dos mais abundantes cinodontes encontrados no Triássico do Brasil.

Contato: anepavanatto@hotmail.com / Lattes


Paula Copetti

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2018) e Mestre (2020) pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal, na mesma instituição. Desenvolveu estudos sobre descrição anatômica de mamíferos fósseis do grupo Tayassuidae.

Contato: copettipaulalopes@gmail.com / Lattes


Arymathéia Franco

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA/CANOAS) (2018). Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal (UFSM). Dedica-se ao estudo de morfologia e taxonomia de cinodontes não-mamaliaformes.

Contato: arymatheiafranco@gmail.com / Lattes


Micheli Stefanello

Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (2015), Mestre e Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Desenvolveu estudo sobre sistemática e anatomia de cinodontes Probainognathia.

Contato: michelistefanello@hotmail.com / Lattes


Eduardo Neves

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2014), Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e estudante de Doutorado nessa mesma instituição. Atualmente desenvolve estudo sobre sistemática e anatomia de Procolophonoidaea.

Contato: edusneves90@gmail.com / Lattes


José Darival Ferreira

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) (2011), Mestre em Geociências, com ênfase em Paleontologia, pela Universidade Federal do Rio Grande  do Sul (UFRGS) (2014) e Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade  Animal na Universidade Federal de Santa Maria. Entre os principais interesses de pesquisa está o estudo da evolução do cérebro em sinápsidos, particularmente em mamíferos. Trabalhou com na evolução endocraniana dos roedores caviomorfos.

Contato: darival.ferreira@gmail.com / Lattes


Daniel Oliveira

Bacharel e Mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM/2023). Possui experiência em paleobiologia, anatomia e sistemática de tetrápodes permotriássicos, com ênfase em Archosauromorpha e Dicynodontia. Atualmente desenvolve pesquisas com anatomia comparada e ecologia de arcossauriformes Proterochampsidae.

Contato: doliveira.simao@gmail.com / Lattes


Tiane Macedo Oliveira

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa) (2016), Mestre e Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Desenvolveu estudo sobre sistemática e anatomia de Archosauromorpha do Triássico Inferior.

Contato: tina13oliveira@gmail.com / Lattes


Tabata Freitas Klimeck

Bacharela em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Paraná – UFPR (2017) e Mestre (2023) pelo Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Animal da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Dedicou-se ao estudo morfológico de Cingulata do Paleogeno da Bacia de Curitiba e da Fauna da Formação Guabirotuba.

Contato: tabata.klimeck@gmail.com / Lattes