Ir para o conteúdo CCSH Ir para o menu CCSH Ir para a busca no site CCSH Ir para o rodapé CCSH
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Proponha a temática do próximo painel artístico do CCSH



A comunidade do CCSH está convidada à proposição de temáticas para um painel, no formato mural, a ser executado nas dependências do Centro, em local a ser definido, de condução semelhante ao realizado na Biblioteca Setorial do CCSH (Prédio 74D), por meio de processo licitatório na modalidade Concurso.

Para tanto, os interessados deverão encaminhar para assessoriaccsh@gmail.com um e-mail com o Assunto “Temática Painel”, contendo, no corpo do e-mail Nome Completo, Matrícula ou SIAPE, a temática proposta e uma breve descrição (um parágrafo).

Salienta-se que poderão submeter propostas estudantes matriculados nos cursos de graduação e pós-graduação do CCSH, docentes e técnico-administrativos lotados no referido Centro.

As propostas deverão emergir das áreas do CCSH, seus debates, recortes e importância nas ciências sociais e humanas e na sociedade.

Serão recebidas propostas até às 23h59min do dia 15 de abril de 2018. Posteriormente, será formada uma Comissão que procederá a avaliação, julgamento e seleção das propostas inscritas.

 

Entenda o Projeto Painel Artístico CCSH

Em agosto de 2017, foi lançado edital para escolha de uma obra de arte para formação de painel artístico com o intuito de dar visibilidade às ações das mulheres nas ciências e na sociedade e promover o empoderamento feminino considerando os recortes interseccionais de raça/etnia, classe social e geracional, de forma a reconstruir as lutas e conquistas das mulheres.

A comissão formada por sete integrantes teve a missão de escolher entre cinco obras inscritas. O processo licitatório durou aproximadamente dois meses, entre as fases de lançamento e divulgação do resultado final, contando o prazo de recurso. As cinco propostas inscritas foram habilitadas e classificadas. A obra selecionada em primeiro lugar foi “Fortalecendo o que nos Pertence”, de autoria de Andressa Querubini e Douglas Medeiros.

 O painel artístico mostra uma mesa composta por diferentes mulheres, levando a uma multiplicidade de corpos, etnias, com necessidades diferentes em conferência, dialogando com o espaço da biblioteca, com cores da sua arquitetura e trabalhando com a hibridação de linguagens. Ainda, espalhadas pela mesa, existem fotografias de mulheres que obtiveram destaque nas mais diversas áreas de atuação. Nas palavras de Andressa Querubini, a escolha das mulheres aconteceu de diferentes modos: “[…] algumas são muito importantes na minha formação pessoal, outras imagens foram um convite que eu fiz à mulheres que convivem comigo e também de pesquisas que eu e o Douglas fizemos. Foi muito interessante o tema pois a cada pesquisa descobrimos que em todas as áreas da sociedade não foram poucas as mulheres que transformaram o nosso cotidiano, mas o que nos falta ainda é revelar estas figuras para serem conhecidas, estudadas, respeitadas”. Do total de 50 nomes que integram o painel, alguns exemplos são Bertha Lutz, Chiquinha Gonzaga, Cora Coralina, Maria da Penha, Nise da Silveira, Eliane Potiguara, Amara Moira e Hedy Lamarr.

Além da inauguração do painel, outras atividades artísticas foram organizadas, como a exposição fotográfica “As Guardiãs de Ibarama”, de Bibiana Silveira e as exposições de esculturas “Feito Catedrais”, da artista visual Rosângela Passos e “Potência em Ser Corpo”, de Ruth Bibiano.

Fortalecendo o que nos Pertence

 


Publicações Recentes