Ir para o conteúdo Administração Ir para o menu Administração Ir para a busca no site Administração Ir para o rodapé Administração
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Dica 1 – 8 Filmes para administradores assistirem

1. Invictus (2009)

Direção: Clint Eastwood

O filme conta a história a partir da eleição de Nelson Mandela (Morgan Freeman) para presidente da África do Sul, quando o país ainda mantinha resquícios do apartheid. Para contornar a grave situação social e econômica, Mandela se une ao time nacional de rúgbi. “Este filme é interessante para os Administradores, pois o presidente Mandela terá uma relação próxima com o capitão do time, atuando como coach não para dar respostas, mas para fazer o atleta refletir sobre as situações e mudar seus comportamentos”.

Sebastião Mello, Presidente do CFA.

2. Amor sem Escalas (2009)

Direção: Jason Reitman

Ryan Bingham (George Clooney) tem por função demitir pessoas. Por estar acostumado com o desespero e a angústia alheios, ele mesmo se tornou uma pessoa fria. Ele viaja para todas as cidades dos Estados Unidos demitindo pessoas. Mas seu chefe decide contratar Natalei Keener (Anna Kendrick), profissional que desenvolveu um sistema de demissão por videoconferência e, caso o sistema seja implementado, Ryan corre o risco de ficar sem emprego.  O filme mostra para os Administradores o conflito de gerência tradicional e gerência nova, que salta das escolas de negócios transformando as relações.

Sebastião Mello, Presidente do CFA.

3. Um Sonho Possível (2009)

 Direção: John Lee Hancock

“Este é um filme muito emocionante, baseado em um fato verídico”, opina Sebastião Mello. O jovem negro Michal Oher (Quinton Aaron) cresceu em lares adotivos. Sua vida muda quando ele conhece, no meio da rua, Leigh Ann (Sandra Bullock) que, sensibilizada pela situação do rapaz, decide leva-lo para dormir em sua casa. Ela e sua família decidem apostar no potencial de Michael, dando-lhe uma família, uma escola e a chance de jogar no time de futebol. O filme aborda temas como superação, esperança e como é importante a pessoa acreditar nela mesma. “Além disso, nos faz perceber que existem muitos talentos escondidos na empresa, esperando apenas uma oportunidade para fazer a diferença”, defende.

Sebastião Mello, Presidente do CFA.

4. O homem que mudou o jogo (2012)

Direção: Bennett Miller

Esse é mais um filme que usa o esporte para nos ensinar importantes lições que valem para a vida pessoal e profissional. A película conta a história de um time de baseball com orçamento modesto que vem perdendo importantes atletas. O gerente do time, Billy Beane (Brad Pit) tenta conter os problemas, mas sem sucesso até conhecer Peter Brand (Jonha Hll). Beane adota as ideias de Brand e decide abrir mão de velhos conceitos de administração e passa a contratar jogadores pelo método defendido por Brand. A metodologia dá certo e o time vence vários jogos. O filme mostra como lidar com mudança, aborda princípios, obstinação, perseverança, além de deixar a mensagem da possibilidade de mudar o rumo das nossas vidas a partir da crença e da defesa inabalável de um princípio.

 

Sebastião Mello, Presidente do CFA.

5. Coach Carter – Treino Para a Vida (2005)

Direção: Thomas Carter

“Inspirado em uma história real, este filme é muito motivador”, fala Sebastião Mello. Ele conta a história de Ken Carter (Samuel L. Jackson), técnico de basquete que aceita treinar a equipe de um colégio da periferia. No local, ele precisa enfrentar a desmotivação de pais e alunos. Mesmo assim, ele consegue impor um rígido regime que, além de ajudar a melhorar as notas dos alunos, leva o time da escola a ganhar vários títulos. Para o presidente, o filme fala sobre liderança e do papel do líder para o bom trabalho em equipe.

 Sebastião Mello, Presidente do CFA.

 

6. O discurso do Rei (2010)

Direção: Tom Hooper

Este é um filme que conta a história real de o rei da Inglaterra George VI, pai da atual rainha Elizabeth II. Ele sofria de uma gagueira que o impedia de discursar para grandes públicos, até conhecer o terapeuta Lionel Logue. Para Sebastião, esta relação entre os dois traz grandes ensinamentos para a Administração. “Uma delas é a importância dos líderes saberes se comunicar com eficiência e eficácia. Outra lição deste filme é a de que servir não significa dizer ‘sim’ a tudo. Apesar de estar atendendo ao Rei, Lionel mantém uma postura firme e exigente. Muitas vezes, diante de uma situação, um gestor precisa ser tão firme quanto Lionel, mas sem perder a delicadeza e o bom humor”.

Sebastião Mello, Presidente do CFA.

7. A Rede Social (2010)

Direção: David Fincher

A história narra como o ainda estudante Mark Zuckerberg criou o Facebook e, após seis anos, se tornou o mais jovem bilionário da história com o sucesso da rede social Facebook. O sucesso, no entanto, o leva a complicações em sua vida social e profissional. Além de mostrar todas as etapas de uma ideia, criação e amadurecimento de uma empresa, Nakagawa ressalta que o filme chama a atenção sobre as dificuldades pessoais que um empreendedor pode enfrentar após abrir seu negócio. “O processo caótico de criar uma empresa do zero pode afetar a vida pessoal do empreendedor, que muitas vezes, acaba se distanciando da família e desfazendo vínculos de amizade”, diz o professor. Já Dana, professor da FGV, diz que o filme também mostra os desafios e os dilemas que o empreendedor pode passar. “Além da pessoal, Zuckerberg passa por problemas judiciais”, lembra.

Marcelo Nakagawa Coordenador do Centro de Empreendedorismo do Insper e Samy Dana, professor da escola de Economia da FGV.

8. O Poderoso Chefão (1972)

Direção: Francis Ford Coppola

Apesar da violência, o filme levanta questões de poder, lealdade e de laços familiares. Na opinião de Samy Dana, professor a escola de economia da FGV, o filme mostra as complexidades das organizações e as dificuldades políticas que um empreendedor enfrenta. “Alegoricamente, o filme aborda diversas questões fiscais e de negociações que são importantes para o conhecimento do empreendedor. Nunca será do jeito mais fácil, negociação é tudo”, comenta Dana.

Marcelo Nakagawa Coordenador do Centro de Empreendedorismo do Insper e Samy Dana, professor da escola de Economia da FGV.