Ir para o conteúdo Música Ir para o menu Música Ir para a busca no site Música Ir para o rodapé Música
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo
Publicado: 18 outubro 2017 - 15:21 | Última modificação: 19 junho 2019 - 14:24
Ouvir
IV ENCONTRO SOBRE PEDAGOGIA DO PIANO UFSM

TÉCNICO-CIENTÍFICOS

Sala 1202 “Sebastian Benda” - Santa Maria

18/10/2017 09:00 - 18/10/2017 09:00

Notícias do Evento iv-pedagogia-piano

III Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM – 2014
Realizado na Universidade Federal de Santa Maria, o II Encontro Sobre Pedagogia do Piano – 2014 aconteceu entre os meses de outubro e dezembro e abordou os seguintes tópicos: empreendedorismo…
18/06/2019 - 15:37
II Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM – 2013
Realizado na Universidade Federal de Santa Maria, o II Encontro Sobre Pedagogia do Piano - 2013 aconteceu entre os meses de outubro e dezembro e abordou os seguintes tópicos: empreendedorismo…
18/06/2013 - 15:35
I Encontro sobre Pedagogia do Piano – 2012
Realizado na Universidade Federal de Santa Maria, o I Encontro Sobre Pedagogia do Piano - 2012 abordou assuntos que foram escolhidos baseados, em geral, em dificuldades e desafios enfrentados pelo…
18/06/2012 - 15:28
Descrição

Promovido pelo Curso de Música da UFSM, o evento “IV Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM” – edição 2017, será realizado entre os dias 22 e 24 de novembro e organizará debates, palestras, workshops, recitais emasterclasses de professores de piano que desenvolvem intensa e efetiva prática pedagógica, assim como pesquisas dentro da área de ensino do piano.

A novidade é este ano o evento passa a tomar proporções mais nacionais tendo uma edição realizada em Natal, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, no período entre 2 e 6 de outubro. Em ambos os eventos serão abordadas diversas temáticas relacionadas à área de pedagogia do piano.

O objetivo principal é promover atividades destinadas à formação inicial e continuada de professores de piano que buscam complementação pedagógica para atuarem como professores, possibilitando a interação entre alunos, artistas, pesquisadores e professores de piano de reconhecido mérito na sua área de atuação.

Coordenação e Idealização:

Profa. Dra. Claudia Deltregia (UFSM)

Comissão Organizadora:

Profa. Dra. Claudia Fernanda Deltregia (UFSM)

Prof. Dr. Claudio Esteves (UFSM)

Prof. Dr. Germano Mayer (UFPel)

Prof. Ms. Taiur Fontana (TAE- UFSM)

Profa. Ms. Mirka da Pieva (Mirka Brinca)

Acadêmicos Lucas Siduoski (UFSM), Jeezir Nascimento (UFSM), Natália Emanuele Stack (UFSM) e Miguel Angelo Zanotelli (UFSM).

Programação

PROGRAMAÇÃO IV Encontro sobre Pedagogia do Piano

DIA 22/11 – QUARTA-FEIRA

19h às 20h – Credenciamento

20h – Recital de Abertura do IV Encontro sobre Pedagogia do PianoEscola de Música da UFSM

Local: Sala Sebastian Benda

Hana Song (Coréia do Sul/EUA)

Observação: todas as Palestras e recitais serão na Sala Sebastian Benda (1202) do prédio 40B. Já as masterclasses acontecerão nas salas 1202 (Prédio 40B), 1202 (Prédio 40), 1315 e 1318 (Prédio 40B).

DIA 23/11 – QUINTA-FEIRA

8h às 8h30 – Credenciamento

8h30 às 9h20 – Desenvolvendo uma Performance Artística desde as primeiras aulas de piano

Palestra: Profa. Cláudia Deltregia

9h30 às 10h20 – João Domingos Bomtempo e o primeiro método para piano escrito em português: possibilidades de aplicação na atualidade.

Palestrante: Germano Mayer

10h30 às 12h – Uma aula mais ressonante: usando o Método Dalcroze com estudantes de piano intermediários e avançados.

Palestrante: Hana Song

14h30 às 15h20 – As peças didáticas para piano solo de Vieira Brandão.

Palestrante: Mauren Frey

15h30 às 17h – Rodízio e prática pianística: um sistema de organização do estudo, suas bases e aplicação

Palestrante: Maria Bernardete Póvoas

17h às 17h30 – Intervalo/coffeebreak

17h30 às 19h30 – masterclasses com professores convidados (crianças e adultos)

DIA 24/11 – SEXTA-FEIRA

8h30 às 9h20 – As peças infantis para piano de Lorenzo Fernandez.

Palestrante: Vera Portinho Vianna

9h30 às 10h20 – Projeto Piano Forte: uma ação que transforma realidades

Palestrante: Cheisa Goulart

10h30 às 11h30 – Meu primeiro recital: do ensaio ao espetáculo

Palestrante: Maria Luiza Zani

11h30 às 12h30 – A abordagem pedagógica de um repertório inovador nos aspectos rítmicos, melódicos e folclóricos com alunos de diferentes idades e níveis. (videoconferência)

Palestrantes: Aline Boyd,  Daniel Taborda e Mirka da Pieva (Alda Music Publisher)

14h30 às 15h20 – Iniciação ao piano colaborativo: princípios e fundamentos.

Palestrante: Taiur Agnoletto Fontana

15h30 às 16h20 –  Aspectos e estratégias pedagógicas voltadas à percepção e à abordagem do piano enquanto provedor de planos sonoros.

Palestrante: Luciana Sayure

16h20 às 17h – Intervalo/coffeebreak

17h às 18h30 – masterclasses com professores convidados (adultos e crianças)

20h – Recital de Encerramento do IV Encontro sobre Pedagogia do Piano: convidados, participantes selecionados nas masterclasses e crianças.

Luciana Sayure

Universidade de São Paulo – USP

Luciana Sayure teve sua formação musical e pianística integralmente efetuada no Brasil, tendo concluído Doutorado pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Reflete em seu trabalho influências de três personalidades do piano brasileiro: Marisa Lacorte, Yara Bernette – que lhe ofereceu uma bolsa de estudos – e Mauricy Martin. Foi premiada em diversos concursos de piano, tendo obtido os primeiros prêmios no I Concurso Nacional de Piano Arthur Moreira Lima, no XIII Concurso Nacional de Piano Paulo Giovanini, no I Concurso Nacional de Piano Lorenzo Fernandez e no Concurso Jovem Pianista. Solou com diversas orquestras sob regência de Ronaldo Bologna, Gil jardim, Victor Hugo Toro, entre outros. Iniciou suas atividades pedagógicas aos 16 anos, como professora do Conservatório Santa Cecília, em Santo André SP. Posteriormente, integrou o corpo docente da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, da Escola Municipal de Música de São Paulo e do Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos (Tatuí-SP). Desde 2007, é Professora dos Programas de Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP) onde desenvolve intensa atividade de formação com jovens pianistas, os quais têm se destacado em concursos nacionais e internacionais, bem como obtido bolsas de estudos em prestigiadas instituições internacionais de ensino superior em música. Realiza ainda projetos de pesquisa e de extensão, com destaque para “A obra pianística de Alexandre Levy (1864-1892): concertos e gravação de CD” (com apoio financeiro do CNPq) e “Em preto e Branco: recitais de piano e palestras acerca dos cursos oferecidos pelo CMU-ECA-USP em escolas de formação musical do Estado de São Paulo”.

Aspectos e estratégias pedagógicas voltadas à percepção e à abordagem do piano enquanto provedor de planos sonoros”

A palestra abordará, por meio do repertório, procedimentos de aula e de estudo, visando o desenvolvimento da coordenação e percepção sonora do aluno em seus diversos estágios de formação.

Maria Bernardete Castelan Póvoas

Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC

Pianista, natural de Criciúma, Santa Catarina, é Doutora em Música pela UFRGS, com residência na Universidade de Iowa (EUA). Sua formação pianística passa por renomados professores no Brasil e exterior como os pianistas Dulce Machado, Clodomiro Caspari e Dirce Knijnik no Brasil, Sebastian Benda (Brasil/Suíça), EvelyneFlaow (França), René Lecuona (Iowa–USA). Fez cursos com Magdalena Tagliaferro, Arnaldo Estrella, Bruno Seidhofer e Hiltenbrandt (Suíça). Como professora de piano e música de câmara nos Cursos de Bacharelado e Pós-Graduação do Centro de Artes da UDESC vê seus alunos destacando-se no cenário nacional e internacional. Desenvolve atividades de Pesquisa e Extensão e participa de eventos científicos com apresentação e publicação de pesquisa sobre desempenho pianístico. Com Maurício Zamith gravou o CD Tempo Composto. Recebeu Prêmio Franklin Cascaes – Destaque Música erudita (2010). Atua como solista e camerista, tem estreado obras de compositores brasileiros no Brasil e exterior e realiza projetos com cantores, como o grupo Piano Voci (2008-2013), participando também de júris e curadorias de música. Destaca a realização de turnês com Denise Frederico no Piano Duo (1990-2002) e,com Luís Claudio Barros (Duo Castelan & Barros),a “Série Danças” e “Piano em Foco” no Brasil, e a turnê “Brasil em Danças” em Portugal. Juntosrealizaram a estreia nacional do ConcertoPara Piano a Quatro Mãos de Liduíno Pitombeira (2015) e apresentaram-se em Recitais-Conferência nos Congressos Internacionais Performa(2013/2015), Encontro de Pedagogia do Piano na UFSM e CongressoVirtuosidade Pianísticaem Buenos Aires (2014), SIMCAM (2016-2017) e no II Festival de Música Brasileira Contemporânea- FMBC.

Rodízio e prática pianística: um sistema de organização do estudo, suas bases e aplicação”

Rodízio é um sistema de organização da prática pianística construído com vistas à operacionalização do estudo por meio da distribuição e variabilidade da prática; é interdisciplinar e objetiva a otimização do desempenho. Abrange conceitos de análise, técnica e interpretação musical é aplicado em repertório de diferentes níveis. Conteúdos:

1 – apresentação e amostragem do sistema Rodízio, princípios básicos

Workshop/masterclass: prática do Rodízio com aplicação em repertório de interesse de participantes

2 – Workshop, Palestra ou Oficina (um ou dois encontros):

Dois recursos técnico-estratégicos de organização da ação pianística: simplificação (1) e ciclos de movimento (2)”

Trata-se de recursos técnico-musicais de organização espacial de movimentos. Têm por base o fato de que a ação pianística é essencialmente dinâmica e a escolha e utilização de recursos é feita a partir do conteúdo musical. Contribuem para uma maior atenção e consciência do movimento durante o estudo. Serão apresentados modelos construídos sobre trechos musicais previamente escolhidos e outros sugeridos pelos participantes.

Maria Luiza Zani

Conservatório Municipal de Salto/SP “Maestro Henrique Castellari”

Maria Luiza Zani, natural de Indaiatuba/SP, iniciou seus estudos de piano aos 8 anos de idade com a professora Maria de Fátima Ambiel. Formou-se no curso técnico em piano pelo Conservatório “Carlos Gomes” em Campinas/SP, no ano de 1986. Concluiu o Bacharelado em Piano pela Faculdade de Artes “Alcântara Machado” (FAAM-FMU) em São Paulo/SP, no ano de 1989. Frequentou cursos de extensão universitária e participou de festivais de música, como Oficina de Música de Curitiba, Festival de Artes de Itu e Festival de Inverno de Campos do Jordão. Alguns de seus orientadores de piano foram: Homero Magalhães, Marisa Rosana Lacorte, Daisy de Luca, Bárbara Bukowska (Polônia) e Paul Rutman (USA). Além do piano, também estudou cravo, recebendo orientações de Pedro Persona, Edmundo Hora (Unicamp) e Cristopher Rousset (França). Foi pianista e cravista da Orquestra de Câmara de Indaiatuba de 1993 a 1997, onde atuou como camerista e solista. Também realizou apresentações como pianista de várias orquestras, tais como: Orquestra Sinfônica de Americana, Orquestra Sinfônica de Limeira e Orquestra de Mulheres da Avon. Desde 1995, desenvolve um trabalho de música de câmara com o violinista Luís Dutra, formando o DUO ZANI DUTRA. Realizando apresentações no Estado de São Paulo e Rio de Janeiro. Em 2011, iniciou o trabalho de música de câmara com o músico Gilmar de Campos, graduado em oboé pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), formando o DUO PALHETAS DUPLAS E PIANO. Neste projeto, são apresentados os seguintes instrumentos de palheta dupla: oboé, oboé d’amore e corne-inglês; com o acompanhamento do piano. Desde 1989 é docente de Piano no Conservatório Municipal de Salto/SP “Maestro Henrique Castellari” e também é professora de Piano na cidade de Indaiatuba/SP. Nesse período, nas duas cidades, tem promovido recitais de alunos, totalizando até hoje mais de 80 espetáculos com seus alunos. É coautora do capítulo ¨Aspectos do Renascimento musical”, no livro “O Renascimento em uma perspectiva interdisciplinar”. Editora Prismas. Curitiba/PR (no prelo).

Meu primeiro recital: do ensaio ao espetáculo”

A palestra abordará a elaboração, organização e realização de Recitais, com alunos de Piano, através de recursos não governamentais.

Mauren Frey

Universidade Federal de Pelotas

Professora de piano da modalidade Licenciatura da Universidade Federal de Pelotas, a pianista é Doutora em Música (Práticas Interpretativas) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) sob orientação artística da Dra. Catarina Leite Domenici, acadêmica da Dra. Cristina Maria Pavan Caparelli Gerling. Mestre em Música pela Universidade de Santa Catarina e Bacharel em Piano pela mesma Universidade, tem se especializado na interpretação e pesquisa da música brasileira. Sua formação inclui a participação como executante em Festivais de Música e Master Classes com renomados pianistas. Como solista, destacam se os prêmios no Concurso Latino Americano Rosa Mística, onde obteve o 3º lugar em (2003), o 4º lugar (2004) e o 1º lugar (2011). Como camerista, obteve no referido concurso o 1º lugar (2004) em um duo de piano e violino e o 1º lugar (2011) com o Duo Frey-Saggin. No ano de 2011 realizou uma Turnê por cidades de Portugal e França com um repertório para piano a quatro mãos, com a pianista e professora Dra. Maria Bernardete Castelán Póvoas, dedicado exclusivamente a compositores brasileiros.

Suas atividades acadêmicas incluem a publicação de artigos em congressos nacionais e Internacionais sobre a prática musical da música brasileira, tais como o Evento comemorativo ao Centenário do Maestro Vieira Brandão, no Rio de Janeiro, em setembro de 2011 onde tocou a Fantasia Concertante de Brandão na versão para dois pianos. Em 2012, tocou a versão para piano e orquestra sinfônica com a Orquestra Sinfônica de Santa Catarina. Atuou como professora em caráter temporário no Curso de Licenciatura em Música da Universidade Federal do Pampa (UNIPMAPA) e Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) no curso de Extensão da UFRGS.

As Peças Didáticas para Piano Solo de Vieira Brandão”

A palestra apresenta as peças para piano de Vieira Brandão como sugestão de repertório didático brasileiro e indica direcionamentos para a construção da performance, com base na reflexão analítica que pode (e deve!) ser realizada em todos os níveis de desenvolvimento do pianista-aluno. A música para piano de Brandão segue os moldes do nacionalismo modernista. Além disso, salienta-se que as influências diversas nas peças didáticas de Brandão atestam seu conhecimento do repertorio canônico, sendo assim, o legado musical deste compositor mostra-se como um interessante e variado caminho para o desenvolvimento técnico e artístico de jovens músicos.

Cheisa Goulart

Estúdio Cheisa Goulart e IMBA (Bagé- RS)

Cheisa Goulart é graduada em piano pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), sob orientação da professora Dra. Vera Vianna e pós graduada em Atendimento Educacional Especializado. Após a conclusão da graduação em música, fez curso de aperfeiçoamento pianístico com a professora Dra. Claudia Deltrégia (UFSM) e com o professor Dr. Marcelo Cazarré (UFPel). No início de 2017 realizou treinamento para atuar com o ensino coletivo de piano, com a professora Ms. Naira Poloni (S. Paulo).

Atualmente dedica a maior parte da sua atuação profissional a ser professora de piano particular, apesar de desenvolver atividades como camerista e pianista correpetidora no Brasil e exterior (Portugal e Uruguai)

Além de ministrar aulas de piano e coordenar o projeto “Intervenções pianísticas” no Instituto Municipal de Belas Artes (IMBA), é proprietária do Piano Studio Cheisa Goulart, espaço especializado no ensino de piano e que foi inaugurado em maio de 2017. O estúdio está localizado na cidade de Bagé- RS (fronteira com o Uruguai) e através dele lançou o projeto “PianoForte”, ação sócio educativa cultural que através do financiamento da comunidade, possibilita o ensino de piano em grupo para crianças e adolescentes matriculadas em escolas públicas, de baixa renda e em vulnerabilidade social.

Projeto PianoForte: uma ação que transforma realidades”

Tendo como objetivo profissionalizar a própria atuação como professora de piano particular, surge a descoberta de uma empreendedora que através da valorização profissional contribui para a transformação de uma parcela da sociedade bajeense através do ensino do piano.

Vera Portinho Vianna

Universidade Federal de Santa Maria

Graduada em música, Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria e Bacharelado em Piano pela Faculdade Wesleyan (Georgia, EUA). Realizou Mestrado em Piano Performance na Universidade do Tennessee (EUA-1992) onde obteve bolsa de estudos como pianista acompanhadora da classe de canto. Posteriormente recebeu bolsa de estudos da CAPES para realizar o curso de Doutorado em Pedagogia do Piano com concentração em Música Latino-americana na Universidade Católica da América (Washington, EUA – 2003). Como pianista participou de vários festivais, destacando o 5º Festival Internacional de Música de Câmara Maestro Dante Valledor em Resistência, Argentina e o Amalfi Coast Music Festival em Vietri sul Mare, Itália onde participou de recital em comemoração aos 500 anos do Brasil. Em 2013 participou do 1º Simpósio de Piano de Londres e do PERFORMA em Porto Alegre apresentando trabalho sobre os pianistas brasileiros Sá Pereira e Magda Tagliaferro. É professora de piano no Curso de Bacharelado em Música da Universidade Federal de Santa Maria onde mantém atividade camarista com seus colegas e desenvolve projetos de extensão, sendo desde 2011 a coordenadora do Festival Internacional de Inverno da UFSM.

As peças infantis para piano de Lorenzo Fernandez”

Oscar Lorenzo Fernandez (1897-1948) escreveu muitas peças para piano com clara intenção pedagógica. As pequenas suítes voltadas ao mundo infantil revelam um compositor preocupado com o ensino do piano para crianças. É um importante material didático que deve  ser conhecido, difundido e valorizado.

Taiur Agnoletto Fontana

Taiur Agnoletto Fontana iniciou seus estudos de piano aos 5 anos com Liliam Raspold, e aos 10 anos passou a ter como professora Tenisa Sarreta, em Ijuí (RS). Ingressou no curso de Bacharelado em Piano na Universidade Federal de Santa Maria no ano de 2005 estudando sob orientação da Prof.a Dra. Claudia Deltregia e Prof.a Dra Silvia Hasselaar. Em 2008 foi premiado em competição nacional de piano. Em 2009 concluiu a graduação e em 2010 iniciou o mestrado em práticasinterpretativas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul onde estudou com o Prof. Dr. Ney Fialkow, concluindo-o em junho de 2012, quando defendeu sua dissertação que versa sobre opções interpretativas a partir da flexibilidade contida na notação musical. Também aperfeiçoou-se com os pianistas: GuiglaKatsarava (Geórgia/França), Enrique Graf (Uruguai/EUA), John Solomons (EUA), CinziaBartoli (Itália), Giuseppe Lupis (Itália/EUA), Fanny Solter (Brasil/Alemanha), Marina Lomazov (Ucrânia/EUA), Dimitry Rachmanov (Rússia/EUA), MykolaSuk (Ucrânia/EUA), Gilberto Tinnetti (Brasil), Flávio Augusto (Brasil) e Eduardo Monteiro (Brasil – USP). Em julho de 2012 foi aprovado em primeiro lugar em concurso público para pianista correpetidor na Universidade Federal de Santa Maria, instituição à qual está vinculado atualmente, desenvolvendo atividades de ensino, pesquisa, extensão e várias atividades artísticas – recitais e apresentações musicais de formação variada (solo, duos, trios…). Em 2013 foi premiado em competição internacional de piano (Musicarte XXI – Buenos Aires, Argentina). Atua como solista, camerista e professor de piano.

Iniciacao ao piano colaborativo – princípios e fundamentos”

A palestra consiste em expor os princípios da pratica da colaboração pianistica adequados aos que principiam a atuação dessa especificidade da Performance musical. Dentre estes, serão enfatizadas as habilidades de leitura e percepção de conjunto, sendo essa ultima um dos grandes pilar para a construção camerística nos mais diferentes níveis de repertório.

Aline Boyd, Daniel Taborda e Mirka da Pieva

Alda Music Publisher

Aline Boyd é uma pianista brasileira natural do Rio de Janeiro. Obteve o título de Bacharel em Piano pela Universidade Federal do Rio de Janeiro sob a orientação da pianista Patrícia Bretas. Possui Pós-Graduação em Pedagogia do Piano pelo Conservatório Brasileiro de Música sob a orientação do Prof. Dr. Ernesto Hartmann. A partir de 2010, estudou com Nilze Kruze, trabalhou como Tutora de Educação Musical na Universidade Federal de São Carlos (2010-2014) e como professora de piano na Escola Britânica St. Francis. Em 2014, ganhou bolsa de estudos para estudar nos Estados Unidos sob a tutela do pianista brasileiro Dr. Sérgio Monteiro, Aline graduando-se em Piano Performance com Honra pelo desempenho acadêmico (Magna cum Laude) por essa instituição. Nos Estados Unidos, Aline faz parte da Academy Sinfonia (Orquestra Juvenil), dirigida por Karén Khanagov. Tem uma parceria (Alda Duo) com o músico colombiano Daniel Taborda e vem se apresentando com frequência em Oklahoma City em um evento chamado Art Moves. Foi pianista convidada em vários eventos, como Distinguished Dinner Alumni em Oklahoma City University, Festival of Arts de Oklahoma City, Luncheon no Oklahoma City Golf e Country Club, em Oklahoma. Foi convidada para tocar o “Danzon No. 2” do compositor Arturo Marquez com a Banda Sinfônica de Oklahoma City University sob a regência do Maestro Daniel Taborda. Além disso, Aline também foi membro de júri da Competição de Piano Gilliam em 2016. Atualmente, é professora de piano e pianista acompanhadora no departamento preparatório da Oklahoma Baptist University, Performing Arts Academy da Oklahoma City University, Church of the Servant e BridgeView United Methodist Church em Norman.

Daniel Taborda é um compositor, regente, pianista e saxofonista colombiano nascido em 27 de outubro de 1990 em Medellin – Colômbia. Começou a estudar saxofone em 2000 na Escola de Música da Cidade de Bolívar. Daniel obteve o Bacharelado em Composição na Universidade de EAFIT sob a orientação do renomado Dr. Marco Alumno. Daniel foi selecionado inúmeras vezes para participar do Projeto “Hey, Mozart!!”com a Orquestra Nacional de Batuta, dirigida por Juan Felipe Molano, atual diretor da Orquestra Jovem de Los Angeles (YOLA).  Em 2012, Daniel ganhou o prêmio de composição para Banda Sinfônica com sua peça “Morita” e foi também o principal diretor musical da Banda Sinfônica de Gomez Plata – Antióquia. Entre 2013 e 2014, foi o principal Maestro da Banda Sinfônica de Urrao – Antióquia. Foi premiado no evento “Antioquia Vive la Música” por seu trabalho como jovem compositor com sua peça “Iris” e a “Suite sobre los estados de animo”. Recentemente, ganhou o Prêmio Nacional do Ministério da Cultura pela peça  “Primera suite para banda sinfónica basada en ritmos colombianos”. Ganhou o segundo prêmio da Competição Nacional de Músicas Colombianas não publicadas em San Pedro – Valle del Cauca com sua peça “Fansaxo” para saxofone alto e Banda Sinfônica. Além disso, sua peça “Transfiguración” recebeu menção honrosa pela criação artística pelo Ministério de Cultura Colombiano e sua peça “Iris” foi publicada pela Piles Music na Europa em 2015. Em 2017, Daniel obteve Mestrado em Regência e Composição sob a orientação do Prof. Dr. Edward Knight pela Oklahoma City University com louvor por seu desempenho acadêmico. Nesta universidade, estudou também  órgão, violão e piano.  Daniel também foi regente assistente para as Oklahoma Youth Orchestras e para a produção da ópera do Main stage –  Don Pasquale. Foi compositor-em-residência em 2015 das Oklahoma Youth Orchestras (OYO).

Mirka da Pieva tem sua formação em piano clássico pelo Conservatório Carlos Gomes – RS, bacharelado em Piano pela Universidade Federal de Santa Maria – RS, Especialização em Pedagogia do Piano pelo Conservatório Brasileiro de Música – RJ e Mestrado em Práticas Interpretativas/Piano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Dentre seus professores destacam-se Cláudia Deltrégia, Sérgio Olivè e Luiz Senize. Foi vencedora de diversas competições nacionais de piano tendo sido também solista da Orquestra Sinfônica de Santa Maria e da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Há 10 anos reside no Rio de Janeiro, onde dedica-se quase que integralmente à sua paixão: o ensino de piano, atendendo a alunos de todas as faixas etárias. Administra, juntamente com seu marido, o tenor Vinicius Kirchhof o Pianópera, um estúdio independente que promove aulas de piano e canto, bem como eventos sociais, cursos e apresentações. Ela também ministra workshops em escolas de música onde divide um pouco de sua experiência como professora particular de piano com outros profissionais da área e divulga seu trabalho com os jogos Mirka Brinca.

“A abordagem pedagógica de um repertório inovador nos aspectos rítmicos, melódicos e folclóricos com alunos de diferentes idades e níveis” (videoconferência)

Hana Song (Coréia do Sul/EUA)

Black Hawk College

Hana Song é uma ativa pianista solista e educadora. Suas performances a tem levado por todo o mundo – de Nova York à São Petersburgo, de Seul à Cecília. Na idade de 15 anos, Hana Song fez o seu debut como solista no Centro de Artes de Seul, após ganhar o 1º lugar no Concurso para Jovens de Seul, Coreia do Sul. Em 2005, Song foi agraciada com uma bolsa da American DalcrozeSociety e participou nos workshops de verão da Carnegie Mellon University (Pensilvânia, EUA). Subsequentemente, escreveu um artigo para o American Dalcroze Journalsobre o método Dalcroze e suas perspectivas para a educação musical. Em 2014 Song foi uma vencedora do Concurso Internacional de Musica IBLA Grand Prize, na Italia. Ela se apresentou no Benaroya Hall em Seattle, e no Carnegie Hall em Nova York, como vencedora do 1º lugar no concurso American Protege Competition de 2015. Hana Song ganhou a Dean’sScholarship na Indiana University, em Bloomington, onde fez seu mestrado. Na Universidade de Iowa, trabalhou como Assistente de Ensino, ao longo de seu doutoramento sob a supervisão do Dr. Uriel Tsachor, em 2016. Neste mesmo ano, ministrou Apreciação Musical no Eastern Iowa Community College e, desde 2015, se juntou ao corpo docente do Black Hawk College em Quad City, Illinois (EUA).

“Uma Aula Mais Ressonante: Usando o Método Dalcroze com Estudantes de Piano Intermediários e Avançados”

A abordagem Dalcroze auxilia estudantes a experienciarem conceitos musicais e seus significados expressivos através de movimentos corporais, treinamento auditivo e improvisação vocal e instrumental. Hoje em dia a educação Dalcroze tem sido aplicada predominantemente com iniciantes através do aprendizado em conjunto. Neste workshop, nosso ponto de partida será a integração dos métodos Dalcroze em aulas de piano individuais. Discutiremos como aplicar os métodos Dalcroze com estudantes intermediários e avançados, com o objetivo de ensinar técnicas pianísticas e nuances musicais no repertório clássico pianístico.”

A pianista Hana também realizará recital.

Germano Mayer

Universidade Federal de Pelotas

Dr. Germano Mayer é um músico sul rio-grandense. Tendo iniciado seus estudos pianísticos com VanizaFüller, obteve os títulos de Bacharel e Mestre em piano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, sob orientação de Ney Fialkow e Catarina Domenici. Desde então, tem se apresentado em variados espaços culturais brasileiros, como solista e camerista, destacando-se colaborações junto à Orquestra Sinfônica de Porto Alegre em concertos de Haydn e Schumann. Também apresentou recitais solo no México(MuseoIconograficodelQuijote – Guanajuato) e Uruguai (Piriapolis). Na Argentina, participou do Festival Internacional de Pianistas Mar del Plata, como solista e jurado do concurso deste Festival, além de apresentar palestra, masterclass e recital no Teatro Colón de Santa Fe. Abraçou a carreira docente, mantendo vínculos como professor colaborador na Escola de Belas Artes do Paraná, Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (Joinville, SC) e na Universidade Federal de Pelotas. Desde 2009 pertence ao quadro docente efetivo da UFPel como professor de piano. Em 2013, Mayer foi assistente de ensino na Texas Tech University (EUA). Em 2017 obteve o título de Doutor em Performance e Pedagogia do piano (DMA) pela Universidade de Iowa (EUA), sob a orientação de René Lecuona.

João Domingos Bomtempo e o primeiro método para piano escrito em português: possibilidades de aplicação na atualidade”

O legadopedagógico-pianísticodo compositor português João Domingos Bomtempo (1775-1842), fundador do Conservatório Nacional de Lisboa, é evidenciado em seu método para piano (1816), publicado em Londres por Clementi&Co. Lições, exercícios, prelúdios e estudos constituem material válido de desenvolvimento musical a ser reexplorado.

Profa. Dra. Claudia Deltregia- UFSM

Claudia Deltregia é professora doutora em Música, nas área de pedagogia do piano e performance pela University of South Carolina (EUA). Entre seus principais professores destacam-se Elizabete Barthelson, Homero Magalhães, Mauricy Martin (UNICAMP), Charles Fugo e Marina Lomazov. Durante seu mestrado (UNICAMP), recebeu bolsa de estudos da FAPESP – “Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo” para a realização de uma pesquisa acerca de peças didáticas brasileiras contemporâneas sob orientação da teórica Profa. Dra. Maria Lúcia Pascoal e artística do Prof. Mauricy Martin. Em 2006, atuou sob regência de Antônio Claudio Esteves junto à Orquestra de Santa Maria e realizou a gravação de uma faixa do CD “The Moods of Marimba” juntamente com o percussionista Gilmar Goulart. Em 2007 recebeu bolsa de estudos CAPES/Fulbright para realizar seu doutorado nos EUA. Sua pesquisa teórica, sob orientação do Prof. Dr. Scott Price teve como foco principal o desenvolvimento de materiais didáticos para a introdução da música contemporânea para estudantes iniciantes de piano. Nos foi professora da community school da Universityof South Carolina. Foi também convidada a atuar como banca julgadora do Achievment Day, evento organizado pela Charleston Music Teachers Association, nos anos 2010 e 2011. Tem ministrado masterclasses e cursos sobre pedagogia em diversas universidades do país. Desde 1999 é professora da Universidade de Santa Maria – RS, assim como do curso de extensão em música da mesma universidade, onde realiza intensa atividade didática, atua como solista e camerista e desenvolve pesquisas e ações de extensão na área de pedagogia de piano. Desde 2012 promove o projeto “Encontros sobre Pedagogia do Piano” na UFSM que promove diversas ações na área do ensino e pesquisa do piano.

Inscrição

INSCRIÇÕES ENCERRADAS!

O prazo para as inscrições esgotou. Se você ainda não enviou o comprovante de pagamento da inscrição por email, pedimos que o faça o mais breve possível!

Para fazer o download da Autorização para Menores clique aqui.

 

SEGUEM ABERTAS AS INSCRIÇÕES DE CRIANÇAS PARA OS MASTERCLASSES!

Para acessar o formulário de inscrição de crianças para participar nos masterclasses clique aqui.

 

Qual o período de inscrições?

7  a 15  de novembro

 

Qual o valor das inscrições?

Estudantes Universitários: R$ 25,00

Comunidade em geral: R$ 35,00

Crianças executantes nas masterclass até 13 anos: gratuito desde que o professor esteja inscrito.

 

Como efetuar a minha  inscrição?

Siga os seguintes passos:

1) Leia atentamente o regulamento (abaixo);

2) Preencha o formulário online, cujo link será disponibilizado nesta página no dia de abertura das inscrições;

3) Realize depósito na conta:

FATEC (Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência) – UFSM:

Banco: Banco do Brasil

Agência: 1484-2

Conta Corrente: 38590-5

CNPJ: 89.252.431/0001-59

4) Envie o comprovante de pagamento e a ficha de inscrição para o e-mail: encontrospedagogiadopiano@gmail.com

5) Aguarde  a confirmação da inscrição.

6) A lista dos participantes contemplados com o alojamento será divulgada no item “Hospedagem” do site, até o dia 18/11/2107.

 

REGULAMENTO

  1. O IV Encontro sobre Pedagogia do Piano será realizado nos dias 23 e 24 de novembro de 2017, no Departamento de Música da Universidade Federal de Santa Maria.
  2. O evento promoverá oficinas, workshops, recitais, masterclasses, palestras e debates, sendo que qualquer interessado, com ou sem conhecimento musical, poderá se inscrever.
  3. Os recitais serão gratuitos e abertos ao público em geral.
  4. Os participantes do evento deverão indicar na ficha de inscrição se desejam ser executantes ou ouvintes nas masterclasses.
  5. Os masterclasses serão gratuitos para menores de 12 anos, desde que seus professores estejam inscritos no evento.
  6. Os participantes maiores de 12 anos, interessados em tocar nas masterclasses deverão enviar um breve currículo (máximo de 250 palavras) e indicar a obra a ser apresentada (nome do compositor e nome da peça).
  7. A organização do evento indicará selecionará 5 executantes para cada  masterclass . Todas as inscrições deverão ser realizadas por email, através do envio do comprovante de depósito e da ficha de inscrição para:   encontrospedagogiadopiano@gmail.com
  8. Serão disponibilizadas 40 vagas, sendo que as inscrições serão encerradas imediatamente após o preenchimento das mesmas.
  9. Em caso de desistência, o valor recolhido referente à taxa de inscrição do evento não será devolvido.
  10. Todos os inscritos ao evento receberão certificado, desde que atinjam a freqüência mínima de 75% nas atividades oferecidas.
  11. Os 15 (quinze) primeiros inscritos que necessitam hospedagem, terão direito a alojamento gratuito no Centro de Eventos da UFSM, localizado dentro do campus universidade.
  12. Alunos estrangeiros ou brasileiros residentes no exterior devem fazer a seguinte observação na ficha de inscrição: “o pagamento do boleto será realizado junto à comissão de apoio do Evento no momento do credenciamento”.
  13. Alunos menores de idade devem preencher a autorização devidamente assinada e apresentar no início do evento.
  14. Será fornecido recibo de comprovante de pagamento da taxa de inscrição no momento do credenciamento.
Contato

Departamento de Administração Escolar
Chefe do Departamento: Prof. Cláudio Emelson Guimarães Dutra
E-mail: emelson@smail.ufsm.br
Sub-Chefe do Departamento: Prof. Paulo de Tarso Andrade Aukar
Telefone: (55) 3220-8411

Localização

Sala 1202 “Sebastian Benda”

Roraima - 1000 - camobi - prédio 40B

Santa Maria - 97105-900 - Rio Grande do Sul

Todas as Edições
III Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM
TÉCNICO-CIENTÍFICOS
III Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM
Sala 1202 “Sebastian Benda”, prédio 40 B (Departamento de Música, UFSM)
12/11/2014 00:00 - 15/11/2014 00:00
IV Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM
TÉCNICO-CIENTÍFICOS
IV Encontro sobre Pedagogia do Piano UFSM
Sala 1202 “Sebastian Benda”
18/10/2017 09:00 - 18/10/2017 09:00