Ir para o conteúdo PPGART Ir para o menu PPGART Ir para a busca no site PPGART Ir para o rodapé PPGART
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Exposição “A Dor do Espetar” por Sandro Bottene



O espetar do espinho e o espetar da agulha convergem esta proposta poética. Da convergência entre ação e forma, emergem então a dor e a sensibilidade a partir do corpo íntimo exposto pelo viés da arte.

Na contemporaneidade, evita-se tal sensação. Apesar disso, a dor é uma parte inerente do indivíduo, condizente com sua história e com sua própria vida. O que seria dor senão vida?

O recorte das proposições artísticas questiona o corpo e a dor de forma estética. A visualidade expõe o caráter efêmero do gesto, do pensamento e da própria matéria. Arte e vida se contaminam mutuamente neste discurso.

A recorrência imagética do cacto, bem como da seringa, suscita a afetividade do artista aportando à atual dor pandêmica. A dor que se materializa nos trabalhos evoca distintas intensidades perfurando a epiderme poética.

 
Local: Prefeitura Municipa de Seberi, Av. Gen. Flores da Cunha, 831, Centro – Soberi/RS
Horário: Segunda a Sexta 8h – 11h30 | 13h30 – 17h

 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes