Ir para o conteúdo PPGLETRAS Ir para o menu PPGLETRAS Ir para a busca no site PPGLETRAS Ir para o rodapé PPGLETRAS
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Estudos Linguísticos

Linha de Pesquisa “Língua, Sujeito e História”
Esta Linha de Pesquisa reúne pesquisadores em torno desta tríade conceitual, buscando ler, descrever e interpretar diferentes processos de constituição dos sentidos sobre a língua no contexto brasileiro, tendo como base abordagens enunciativas e discursivas de cunho materialista. Ela se caracteriza, também, pelo estudo interpretativo de instrumentos linguísticos que descrevem a história da língua falada/escrita no Brasil procurando traçar uma memória discursiva para entender, por conseguinte, como eles engendram um imaginário sobre a língua e procurando compreender os seus processos de historicização na região e sua relação com as línguas que aqui estão postas, bem como seus diversos movimentos e deslocamentos sofridos ao longo dos tempos, até a caracterização de uma língua dita regional, incluindo como objeto também a história das políticas de línguas.

Linha de Pesquisa “Linguagem no Contexto Social”
Esta Linha de Pesquisa se define como um campo de investigação científica interdisciplinar que reúne pesquisas e pesquisadores dedicados à produção de conhecimento sobre linguagem, práticas discursivas e letramento em contextos sociais/institucionais, especificados por sua configuração epistemológica, social e/ou cultural, pela especialização de estruturas e recursos de organização social, pelos papéis sociais, pelas práticas identitárias e pelas representações constituídas entre os sujeitos. As pesquisas do grupo focalizam gêneros variados (didáticos, acadêmicos, profissionais, midiáticos, eletrônicos, escolares, jurídicos etc.), com texto verbal e/ou não-verbal. Para tanto, associam os quadros teóricos de base sócio-cultural, sócio-histórica e sociorretórica, da Linguística Sistêmico-Funcional e da Análise Crítica do Discurso. As relações que se estabelecem entre práticas discursivas, relações e atividades sociais em diferentes comunidades de prática são analisadas nas dimensões de uso, ensino e aprendizagem, uma vez que os pesquisadores atuam na formação docente e na formulação de abordagens de análise no campo da linguagem.