Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Prêmios e Menções Honrosas

2017

Prêmio Professor Rubens Murillo Marques – Fundação Carlos Chagas

O projeto “Leitura e avaliação de textos: etapas para a formação inicial de professores de produção textual”, da Profa. Dra. Cristiane Fuzer, docente do Departamento de Letras Vernáculas e atual coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Letras, venceu o Prêmio Professor Rubens Murillo Marques 2017.  
Em sua sétima edição, o Prêmio é uma iniciativa da Fundação Carlos Chagas para valorizar experiências educativas inovadoras propostas por professores de Licenciatura que visam à formação de professores para a educação básica. Nesta edição, foram avaliados 115 trabalhos desenvolvidos por docentes de diversas instituições universitárias das cinco regiões do Brasil. 
O primeiro trabalho premiado, desenvolvido pela Profa. Cristiane desde 2010 como disciplina complementar de graduação criada  para os cursos de licenciatura em Letras na UFSM, consiste em um conjunto de atividades que aliam teoria e prática por meio de experiências de interação real via textos envolvendo graduandos de Letras, professor formadora, professor em serviço e alunos da educação básica. 
A cerimônia de premiação ocorreu no dia 17/11/2017, em São Paulo, e contou com a participação da diretoria da Fundação Carlos Chaves, com representantes da comissão avaliadora, os premiados e demais convidados.
Os textos dos trabalhos premiados estão publicados no v. 53 da coletânea TEXTOS FCC
Para mais informações, clique aqui.

 

2016

Prêmio Cidade de Belo Horizonte – dramaturgia
O docente e pesquisador do PPGL Marcus de Martini, autor da obra “O gigante”, recebeu o Prêmio Cidade de Belo Horizonte na categoria dramaturgia. De acordo com o júri, a obra venceu o concurso em razão de “sua qualidade dramatúrgica, a originalidade do tema e a viabilidade de uma possível montagem espetacular, além de trazer ao público uma abordagem mitológica e contemporânea do atual momento sociopolítico brasileiro”. 
 
Prêmio Jabuti – tradução
O docente e pesquisador do PPGL Lawrence Flores Pereira, tradutor da obra “Hamlet”, de William Shakespeare, recebeu o Prêmio Jabuti, o “mais importante prêmio do livro brasileiro”, na categoria tradução. A obra vencedora nessa categoria foi traduzida do Inglês, a partir de versões publicadas no século 17, e publicada no Brasil pela editora Companhia das Letras. Mais informações em  http://premiojabuti.com.br/vencedores-2016/traducao-4/

 

2014

Concurso Literário Nacional promovido pela editora Casa da Palavra

O docente do PPGL/UFSM e pesquisador do Laboratório Corpus Enéias Tavares foi o vencedor do concurso literário promovido pela Editora Casa da Palavra, do Rio de Janeiro. Com quase 1,5 mil inscritos, Tavares venceu com o manuscrito do romance A Lição de Anatomia do Temível Doutor Louison. O romance integra a série Brasiliana Steampunk, que reinterpreta os heróis da literatura nacional do século XIX num cenário retrofuturista. A obra homenageia grandes autores da literatura brasileira, entre eles Álvares de Azevedo, Machado de Assis, Raul Pompéia, Aluízio de Azevedo e Lima Barreto, além dos gaúchos Apeles e Aquiles Porto Alegre, entre outros. A premiação é a publicação da obra, que sairá em agosto, com lançamento prometido para a Bienal do Livro, em São Paulo.

 

2013

Prêmio RBS de Educação

A docente e pesquisadora do PPGL Cristiane Fuzer, lotada no Departamento de Letras Vernáculas da UFSM, venceu na categoria Projeto Comunitário RS o Prêmio RBS de Educação, com o projeto de extensão Ateliê de Textos. O projeto surgiu em 2011 a partir de uma disciplina que Fuzer ministra no curso de Letras, com a proposta de pôr em prática o ensino da leitura e da escrita para que os acadêmicos vivenciem o processo de avaliação de textos nas escolas. O Prêmio reconheceu iniciativas de professores e educadores que trabalharam com mediação de leitura e selecionou projetos que fizeram de maneira criativa a ponte entre leitor e texto. Entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, foram 936 trabalhos inscritos, dos quais 18 foram selecionados como finalistas, sendo 9 em cada estado. Iniciativa do Grupo RBS e da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho, contou com apoio técnico do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). A cerimônia de premiação aconteceu no dia 02 de dezembro de 2013, no Teatro Governador Pedro Ivo, em Florianópolis (SC).

 

Pesquisadora Homenageada na Feira do Livro de Santa Maria

A docente e pesquisadora do PPGL Amanda Eloina Scherer é homenageada da Feira do Livro de Santa Maria 2013. A Feira do Livro aconteceu de 27 de abril a 12 de maio de 2013, na Praça Saldanha Marinho. Scherer possui graduação em Linguistica Geral – Université de Paris VIII (1978), graduação em Letras Português Francês pela Universidade Federal de Santa Maria (1973), Mestrado em Linguistica Semiótica e Comunicação – Université de Franche-Comté (1988) e Doutorado em Linguistica Semiótica e Comunicação – Université de Franche-Comté (1992), com bolsa da CAPES. Realizou seu estágio Pós-Doutoral na Université de Rennes 2, França por um período de um ano (nov 1999 out 2000) com bolsa da CAPES. É Professor Associado IV da Universidade Federal de Santa Maria. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Analise do Discurso.

 

2012

Menção Honrosa no âmbito do Prêmio Capes de Tese

A tese intitulada “As chaves do Paraíso. Profecia e Alegoria na obra do Padre António Vieira Brasil”, de Marcus De Martini, egresso do PPGL/UFSM e atualmente, professor do Departamento de Letras Vernáculas da UFSM, foi agraciada com Menção Honrosa no âmbito do Prêmio Capes de Tese Edição 2012, na Área de Letras/Linguística, conforme divulgação no Diário Oficial da União de 21 de novembro de 2012. A tese de doutorado de Marcus De Martini foi orientada pelo Prof. Lawrence Flores Pereira e defendida em 03 de março de 2011, tendo sido premiada anteriormente com o Prémio Científico Casa da América Latina / Santander Totta, em Lisboa, Portugal, em 27 de julho de 2011. A cerimônia de entrega do Prêmio Capes de Tese/Edição 2012 ocorreu na sede da Capes, Brasília, no dia 13 de dezembro de 2012.

 

Menção Honrosa ANPOLL para Dissertação de Mestrado

A dissertação de mestrado “O documental, o testemunhal e o romanesco na narrativa autobiográfica: sobre como Luiz Alberto Mendes veio a ser”, de Carla Zanatta Scapini, recebeu Menção Honrosa da Anpoll por sua classificação em terceiro lugar para o Prêmio Anpoll 2012: Estudos de Literatura. A premiação foi divulgada no XXVII ENANPOLL, ocorrido na UFF/Niterói de 10 a 13 de julho de 2012. A dissertação, orientada pelo Prof. Dr Fernando Villarraga Eslava, foi defendida no Programa de Pós-Graduação em Letras/UFSM em 15 de julho de 2010 e teve como banca examinadora a Prof.ª Dr. Andrea Saad Hossne (USP) e a Prof.ª Dr. Teresa Cabañas Mayoral (UFSM).

 

Professor Patrono da Feira do Livro de Santa Maria

Prof. Dr. Pedro Brum Santos, escritor e docente do PPGL/UFSM, foi escolhido como Patrono da Feira do Livro de Santa Maria 2012. A Feira do Livro aconteceu de 28 de abril a 13 de maio de 2013, na Praça Saldanha Marinho. Professor de Literatura do curso de Letras da UFSM e cronista do jornal A Razão, Brum é natural de Tupanciretã, assina quase quatro dezenas de publicações, entre livros solo, co-autorias, artigos de caráter acadêmico, entre outras. Atualmente, é diretor do Centro de Artes e Letras – CAL/UFSM e integra o Conselho Municipal de Cultura de Santa Maria.

 

2011

Segundo Lugar em Concurso Internacional de Teses de Doutorado

A tese de doutorado “Aurora Mexicana: processos de resistência-revolta-revolução em lutas populares da América Latina: o exemplo do discurso Zapatista”, de Maurício Beck, defendida em 01 de outubro de 2010 no Programa de Pós-graduação em Letras da UFSM, obteve o segundo lugar no III Concurso de Tesis promovido pela Asociación Latinoamericana de Estudios del Discurso (Aled). No ano passado, dentro das comemorações dos 50 anos da UFSM, a tese de Maurício foi a de número 600 defendida na instituição. O concurso realiza-se em duas etapas. A primeira, em cada um dos oito países membros da Aled. Nesta fase a tese de Maurício Beck foi selecionada para representar o Brasil. Na segunda, realizada em 2011, no último dia 5, em Bogotá, todos os membros representados passaram pela avaliação final de um comitê internacional. A tese de Maurício Beck foi orientada pela professora Amanda Eloína Scherer e teve como banca examinadora as professoras Bethania Mariani (UFF), Ana Zandwais (UFRGS), Carme Schons (UPF) e Verli Petri (UFSM). Maurício Beck foi aluno do PPGL desde o mestrado e atualmente está em Pós-doutorado na Universidade Federal Fluminense sob a orientação da profª Bethania Mariani, com bolsa da CAPES/Faperj. As outras instituições representadas no concurso são: em primeiro lugar, a Universidad Nacional Autônoma do México; em terceiro, a Universidad Nacional de Rosário, na Argentina; e, em quarto, a Universidad de los Andes, Mérida, Venezuela.

 

2010

Prêmio Científico da Casa da América Latina para Tese de Doutorado

O Júri de Atribuição do Prêmio Científico Casa da América Latina / Santander Totta, reunido em 27 de Julho de 2011 premiou por unanimidade na Categoria de Ciências Sociais e Humanas o pesquisador Marcus de Martini, Egresso do Doutorado em Letras da Universidade Federal de Santa Maria, pela sua tese de doutoramento intitulada “As chaves do Paraíso. Profecia e Alegoria na obra do Padre António Vieira Brasil”. O prêmio foi concedido no dia 08 de novembro de 2011, em cerimônia solene na sede do Banco Totta Santander. A tese de doutorado, de Marcus De Martini, defendida em 03 de março do mesmo ano no Programa de Pós-graduação em Letras da UFSM, teve como Banca Examinadora: Presidente: Prof. Dr. Lawrence Flores Pereira (UFSM); Prof. Dr. João Adolfo Hansen (USP); Prof.ª Dr.Regina Zilberman (UFRGS); Prof. Dr. Francisco Marshall (UFRGS); Prof. Dr. Noeli Dutra Rossatto (UFSM). Atualmente, Marcus De Martini é professor adjunto do Departamento de Letras Vernáculas da UFSM.

 

2006

Finalista do Prêmio Fato Literário

O docente do PPGL/UFSM, Lawrence Flores Pereira, lotado no Departamento de Letras Estrangeiras Modernas, foi um dos finalistas do prêmio Fato Literário 2006. Ele é responsável por duas traduções que aproximaram clássicos do teatro universal do público gaúcho: em 2004, traduziu Antígona, de Sófocles; e, em 2006, Hamlet, de Shakespeare. Os dois textos foram montados em Porto Alegre, com direção de Luciano Alabarse e produção de Kathrin Rosenfield. Realizado pela RBS em parceria com o Banrisul e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, o Fato Literário é um dos mais importantes prêmios culturais do sul do país.