Ir para o conteúdo LABSILVI Ir para o menu LABSILVI Ir para a busca no site LABSILVI Ir para o rodapé LABSILVI
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

MUITO MAIS DO QUE SEMENTES



Valorizar e incentivar o trabalho realizados por alunos, professores e pais da Escola Municipal Felipe Becker, da localidade de Alto Paredão, interior de Santa Cruz do Sul/RS, e também proporcionar um suporte técnico para ampliar as atividades do Bolsa de Sementes. Estes são os objetivos propostos pelo Projeto Verde é Vida, programa de sensibilização e ação socioambiental e educação rural, mantido há 27 anos pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra). A nova proposta, estabelecida como um projeto-piloto, foi apresentada na terça-feira, dia 09 de julho, à Secretaria de Educação de Santa Cruz do Sul e aos professores e alunos da escola.

A escola Felipe Becker, nos últimos anos, tem se destacado na coleta de sementes, e isso fez com que fosse escolhida para implantar uma nova metodologia de trabalho do Bolsa de Sementes: além da coleta de sementes, será iniciada a produção de mudas de espécies nativas da localidade, com o apoio da equipe técnica da Afubra e do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria (Ufsm). Para a professora da Ufsm, Maristela Machado Araújo, doutora em Engenharia Florestal, essa troca de informações com os pais dos alunos será enriquecedora. “Vamos unir o conhecimento universitário e de pesquisa com os saberes comunitários, que passam de geração em geração. Saberes que precisam ser valorizados”, destaca Maristela.

Rumo aos 20 anos do Bolsa de Sementes (que serão completados em 2022), o gerente do Departamento Agroflorestal da Afubra, engenheiro florestal Juarez Iensen Pedroso Filho, explica que o projeto é pioneiro e quer valorizar o envolvimento das comunidades com as escolas. “Em Alto Paredão já temos muito forte este envolvimento e queremos intensificar isso, para depois, apresentarmos a proposta para outras escolas parceiras do Verde é Vida”. Juarez ainda destaca que serão realizados vários encontros, com diversos assuntos pertinentes ao trabalho, da equipe da Afubra e da Ufsm com os alunos, professores e pais.

O vice-presidente da Afubra, Marco Antonio Dornelles, lembra que o sucesso do Projeto Verde é Vida é devido às parcerias com as escolas, onde alunos, professores e pais se dedicam à atividade. “Se olharmos os 27 anos de caminhada de Verde é Vida e 17 de Bolsa de Sementes, percebemos que estamos no caminho certo. Mas, também sabemos que são necessárias mudanças. E, a escola Felipe Becker, com sua dedicação, nos inspirou a implantar melhorias nessa importante atividade que é a coleta de sementes para a preservação de espécies florestais”, afirma Dornelles.

Texto e fotos: Jorn. Luciana Jost Radtke

link de acesso à matéria: https://afubra.com.br/noticias/11222/muito-mais-do-que-sementes.html

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-793-166

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes