Ir para o conteúdo Revista Arco Ir para o menu Revista Arco Ir para a busca no site Revista Arco Ir para o rodapé Revista Arco
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

19 mulheres da UFSM que nos inspiram a fazer ciência



ATENÇÃO: esta matéria foi atualizada no dia 12 de março de 2018, às 23h15min. Devido a problemas no sistema de buscas de bolsistas do CNPq, havia imprecisão nos dados apresentados anteriormente. 

Anualmente, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) concede bolsas de auxílio para formação de recursos humanos na pesquisa científica e tecnológica. A categoria de Produtividade em Pesquisa (PQ), destinada a pesquisadores e pesquisadoras que se destacam entre seus pares, valoriza a produção científica a partir de critérios normativos que os qualificam em níveis 1 (1A, 1B, 1Ce 1D) e 2.

Um levantamento de dados realizado pela Revista Arco em 2018 concluiu que as pesquisadoras mulheres da UFSM são menos contempladas com as bolsas PQ do que seus colegas homens — situação que ocorre também nacionalmente, onde apenas 33% das bolsas de pesquisa por produtividade são destinadas às mulheres. Levamos em conta o resultado divulgado pelo CNPq, no final de fevereiro, com os pesquisadores e pesquisadoras contempladas em 2018.

A parcela feminina nos níveis mais altos da hierarquia científica na UFSM é baixa: são somente 19 mulheres que alcançaram nível 1, ao lado de 67 homens. Dessa forma, as mulheres representam apenas 28% da listagem PQ1.

Com base nessas informações, a Arco preparou uma lista com as 19 pesquisadoras da UFSM nível 1 em produtividade a partir da avaliação do CNPq. Confira:

CRISTINA WAYNE NOGUEIRA

Cristina foi a primeira pesquisadora a atingir o nível 1A de excelência de produtividade em pesquisa pela UFSM. Formada em Farmácia pela instituição, possui doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Suas pesquisas perpassam a área da Bioquímica, com ênfase em Bioquímica Toxicológica. Em 2017, recebeu o Prêmio de Pesquisador Destaque UFSM e Prêmio Pesquisador Gaúcho Destaque em Ciências Biológicas.

LATTES

CINTHIA MELAZZO DE ANDRADE

A pesquisadora atua no Hospital Veterinário de Santa Maria e é também coordenadora do Programa de Residência em Medicina Veterinária. Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Uberlândia, mestrado em Medicina Veterinária pela UFSM e doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela UFRGS. Bolsista produtividade 1B.

LATTES

MARIA ROSA CHITOLINA 

Formada em Biologia pela UFRGS, onde também realizou seu mestrado, concluiu doutorado pela Universidade Federal do Paraná e pós-doutorado no Albert Einstein College of Medicine, nos Estados Unidos. Atualmente, é professora da UFSM no Centro de Ciências Naturais e Exatas, com ênfase em Enzimologia. Nos últimos anos, realizou visitas de colaboração científica a algumas instituições internacionais, na Europa e na África. Bolsista produtividade 1B.

LATTES

SONIA ZANINI CECHIN

A pesquisadora, que atualmente está na direção do Centro de Ciências Naturais e Exatas da UFSM, possui graduação em Ciências Biológicas pela UFSM, mestrado e doutorado em Biociências (Zoologia) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Suas pesquisas têm ênfase em Herpetologia, que é o estudo de répteis e de anfíbios. Recebeu o prêmio Quarta Colônia de Desenvolvimento Regional. Bolsista produtividade 1B.

LATTES

MARIBEL ANTONELLO RUBIN

As pesquisas da professora  — que é também chefe do Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular da UFSM —  são voltadas à Neuropsicofarmacologia, com destaque para os temas: memória, poliaminas e analgesia. Maribel tem graduação em Farmácia e Bioquímica pela UFSM, mestrado e doutorado em Ciências Biológicas pela UFRGS e pós-doutorado em Psicobiologia pela University of Kentucky dos Estados Unidos. Bolsista produtividade 1C.

LATTES

TATIANA EMANUELLI 

Professora da UFSM desde 1997 e pesquisadora nível 1C de produtividade pelo CNPq. Com graduação em Farmácia – Tecnologia dos Alimentos pela UFSM, mestrado e doutorado em Ciências Biológicas pela UFRGS, atua principalmente nos seguintes temas: compostos bioativos, oxidação, enzimas antioxidantes e pescados. Recebeu em 2014 o prêmio Mulheres na Ciência 2014 da Capes-Elsevier.

LATTES

VANIA LUCIA LORO

Líder do grupo de pesquisa Biomarcadores de toxidade em organismos aquáticos, Vania é graduada em Ciências Biológicas e Zootecnia pela UFSM, doutora em Genética e Evolução pela Universidade Federal de São Carlos e pós-doutora pela Universidade Mcmaster, do Canadá. A professora do Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular tem experiência na área de toxicologia de pesticidas e uso de antioxidantes em rações para peixes. Suas pesquisas têm o objetivo de minimizar efeitos de pesticidas e metais pesados. Bolsista produtividade 1C.

LATTES

CLÁUDIA RIBEIRO BELLOCHIO

Cláudia possui graduações em Música e Pedagogia pela UFSM, mestrado em Educação também pela UFSM, e doutorado em Educação pela UFRGS. A pesquisadora é líder do grupo Formação, Ação e Pesquisa em Educação Musical (Fapem). Ela integra o Departamento de Metodologia do Ensino e trabalha principalmente com educação musical, formação de professores, pedagogia e práticas educativas. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

DÉSIRÉE MOTTA ROTH 

Désirée é professora do curso de graduação e do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFSM e coordenadora científica do Laboratório de Pesquisa e Ensino de Leitura e Redação (LABLER). A pesquisadora desenvolve seu trabalho na área de Linguística Aplicada sobre análise de práticas discursivas em contextos específicos, teoria e análise crítica de gêneros discursivos, produção textual, leitura e multiletramentos, formação de professores, ensino e aprendizagem de línguas. É Licenciada em Letras pela UFSM, Mestre em Linguística Aplicada pela PUCRS e Doutora em Letras pela Universidade de Michigan. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

LUCIANE NEVES CANHA

Os cursos de graduação, mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica de Luciane foram concluídos na UFSM. Suas pesquisas perpassam sistemas elétricos de potência, fontes renováveis de energia, redes elétricas inteligentes, armazenamento e gestão de energia elétrica. É membro do IEEE Power Engineering Society, associação mundial sem fins lucrativos dedicada à Engenharia Elétrica. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

MARIA ESTER PEREIRA

Metais pesados, metais traços, metalotioneinas e colinesterases são alguns dos principais temas de pesquisa de Maria Ester, que atua no Programa de Pós-Graduação em Bioquímica Toxicológica na UFSM. Possui graduação em Farmácia pela Universidade Federal de Santa Catarina, mestrado em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela UFRGS e doutorado em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

MARLOVE FATIMA BRIÃO MUNIZ

Marlove possui graduação em Agronomia pela Universidade da Região da Campanha, mestrado em Produção e Tecnologia de Sementes pela Universidade Federal de Pelotas e doutorado em Fitotecnia-Fitossanidade pela UFRGS. Seus principais temas de estudo são sementes, sanidade, florestais, qualidade e fungos. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

MICHELE RECHIA FIGHERA

Michele é graduada em Medicina e Doutora em Ciência Biológicas: Bioquímica Toxicológica pela UFSM, com residência em pediatria pela UFSM. Possui também especialização em Neurologia pela PUCRS e em Epilepsia e Eletroencefalografia pelo Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A pesquisadora do Departamento de Neuropsiquiatria da UFSM tem experiência na área médica e neurociências, com destaque para Epilepsia Experimental e Clínica, Erros Inatos do Metabolismo, Doenças Neurodegenerativas, Inflamação e Estresse Oxidativo. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

NERINEIA DALFOLLO RIBEIRO

A pesquisadora e presidente da Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas (SBMP) tem graduação, mestrado e doutorado em Agronomia pela UFSM. Com ênfase em genética e melhoramento do feijão, suas pesquisas são em torno da qualidade nutricional e tecnológica, resistência a fatores abióticos e interação genótipo x ambiente. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

NILDA BERENICE DE VARGAS BARBOSA

Tem experiência na área de Bioquímica com ênfase em Fisiologia Humana. Oseus principais temas de pesquisa são:  estresse oxidativo, antioxidantes naturais e/ou sintéticos e modelos experimentais de patologias humanas. A professora se formou em Ciências Biológicas pela UFSM, atingiu grau de mestre em Ciências Biológicas (Bioquímica) pela UFRGS e grau de doutora em Bioquímica Toxicológica pela UFSM. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

ROSANI ÚRSULA KETZER UMBACH

As pesquisas de Rosani são desenvolvidas na área das Letras, com ênfase em Literatura Comparada e atuação principalmente nos temas: ficção e história, cultura, memória e identidade, autoritarismo e repressão, narrativas (auto) biográficas. Rosani tem graduada em Comunicação Social e Letras pela UFSM, mestrado em Letras também pela UFSM, doutorado e pós-doutorado  pela Universidade de Tübingen, na Alemanha. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

SILVIA GONZALEZ MONTEIRO

Silvia possui graduação em Medicina Veterinária pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, mestrado em Medicina Veterinária e doutorado em Ciências Veterinárias pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Atualmente, atua nos programas de pós-graduação em Medicina Veterinária Preventiva e Farmacologia da UFSM. Em 2017, Silvia recebeu o Prêmio Pesquisador Gaúcho pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul. Estuda controle biológico, protozoários, ectoparasitos e helmintos. Em 2019, Silvia obteve o nível 1A de produtividade do CNPq.

LATTES

STELA MARIS DE MELLO PADOIN

Stela Maris atua na graduação e pós-graduação do departamento de Enfermagem, tendo experiência na área de saúde das mulheres e de doenças como a AIDS e o HIV. Stela é graduada em Enfermagem e Obstetrícia pela UFSM, possui mestrado em Assistência em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina, doutorado e pós-doutorado em Enfermagem pela Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

VERA MARIA MELCHIORS MORSCH

Professora do Departamento de Bioquímica e Biologia Molecular, Vera Maria é graduada em Química Industrial e mestra em Química pela UFSM e Doutora em Engenharia de Minas pela UFRGS. Tem experiência na área de Farmacologia, com ênfase em Toxicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: NTPDase, 5′-nucleotidase, acetylcholinesterase. Bolsista produtividade 1D.

LATTES

Repórteres: Tainara Liesenfeld e Mariana Machado

Fotografias: Rafael Happke e arquivo pessoal/redes sociais das pesquisadoras


Publicações Recentes