Ir para o conteúdo Centro de Convenções Ir para o menu Centro de Convenções Ir para a busca no site Centro de Convenções Ir para o rodapé Centro de Convenções
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

NEGRURA

“Toda vida surge a partir de uma semente preta, toda vida está enraizada na escuridão, e todas as coisas possuem uma memória de seus ancestrais coletivos. Negrura, o solvente universal de tudo, é a única realidade a partir da qual o tear da vida se fia. Todas as cores, todas as energias vibratórias são, senão, um tom de preto[…]” Richard King

Arte que cura, arte que impulsiona, arte que sonha e questiona. Negrura definido como a cor negra, a qualidade de negro; a negridão. Entre traumas e afetos, criação e recriação onde está a negrura na arte? Reunindo trabalhos e pesquisas das(os) seguintes artistas: Andressa Freitas, Braziliano fpk, Carmen Borges, Dady Simon, Érick Leal, Marcio Cardoso, Mitti Mendonça, Pedro Henrique, Pedro Reis, Rusha, Thais Bonato, Thais Oliveira e Igor Rosa, a exposição coletiva de artistas negras(os) NEGRURA cria um espaço de diálogo e contato tanto entre os próprios artistas quanto dos artistas com o público, mediado por obras que circulam pautas raciais questões de identidade negra e de gênero.

Por Igor Rosa e RUSHA

Realização: Projeto Arte, Cultura e Pedagogia: por uma educação antirracista na Educação Básica

Apoio: Observatório de Direitos Humanos – Pró-Reitoria de Extensão UFSM