Ir para o conteúdo PROPLAN Ir para o menu PROPLAN Ir para a busca no site PROPLAN Ir para o rodapé PROPLAN
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Resolução Orçamentária N. 001/2018

<b>RESOLUÇÃO ORÇAMENTÁRIA N. 001/2018</b>
Brasão República Federativa do Brasil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA


Orça a Receita e fixa a Despesa da Universidade Federal de Santa Maria para o Exercício Financeiro de 2018.


O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias e considerando:

- O Parecer N. 002/2018, da Comissão de Orçamento e Regência Patrimonial (CORP) do Conselho Universitário, aprovado na 806ª Sessão, de 25 de maio de 2018, constante do Processo N. 23081.017396/2018-12;

- O Parecer N. 001/2018, da Comissão de Acompanhamento e Análise de Processos do Conselho de Curadores (CAAP), aprovado na 202ª Sessão, de 14 de agosto de 2018; e,

- O Parecer N. 003/2018, da Comissão de Orçamento e Regência Patrimonial (CORP) do Conselho Universitário, aprovado na 810ª Sessão, de 28 de setembro de 2018, conforme Processo N. 23081.033375/2018-36.


RESOLVE:


Art. 1º Fica aprovado o Orçamento da Universidade Federal de Santa Maria, para o exercício financeiro de 2018.

Art. 2º A Receita é estimada em R$ 1.364.237.851,00 (um bilhão, trezentos e sessenta e quatro milhões, duzentos e trinta e sete mil, oitocentos e cinquenta e um reais), com a seguinte classificação, de acordo com as especificações constantes nos respectivos quadros integrantes do Orçamento:

I – RECEITAS CORRENTES:

a) RECEITA PATRIMONIAL = R$ 1.810.004,00;

b) RECEITA AGROPECUÁRIA = R$ 5.383,00;

c) RECEITA DE SERVIÇOS = R$ 8.577.497,00;

d) TRANSFERÊNCIAS CORRENTES = R$ 1.341.029.618,00.

II – RECEITAS DE CAPITAL:

a)TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL = R$ 12.815.349,00.

Art. 3º A despesa é fixada em R$ 1.364.237.851,00 (um bilhão, trezentos e sessenta e quatro milhões, duzentos e trinta e sete mil, oitocentos e cinquenta e um reais), com a seguinte classificação, de acordo com as especificações constantes nos respectivos quadros que fazem parte do Orçamento:

I – DESPESAS CORRENTES:

a) PESSOAL E ENCARGOS SOCIAIS = R$ 1.183.811.200,00; e

b) OUTRAS DESPESAS CORRENTES = R$ 165.937.365,00;

II – Despesas de Capital:

a) INVESTIMENTOS = R$ 14.489.286,00.

Art. 4º Fica o Reitor autorizado a:

I – abrir crédito para atendimento das solicitações das Unidades Gestoras de recursos, tendo como base o Anexo II desta Resolução;

II – abrir crédito para reforço das dotações à conta de Recursos Próprios, com a utilização do excesso de arrecadação;

III – abrir créditos para inclusão de recursos decorrentes de convênios, auxílios e emendas em estrita observância aos objetivos e planos de aplicação, estabelecidos no instrumento firmado; e

IV – adotar medidas necessárias para ajustar os dispêndios programados no Orçamento ao efetivo comportamento da Receita.

Art. 5º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação, ficando revogadas as disposições em contrário.

GABINETE DO REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA, aos dois dias do mês de outubro do ano dois mil e dezoito

Paulo Afonso Burmann,

Reitor

Este texto não substitui o documento original, publicado no Portal de Documentos. Disponível em: https://portal.ufsm.br/documentos/publico/documento.html?id=10741104