Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Moção de repúdio do Conselho do Centro de Educação ao “Future-se”



Os membros do Conselho do Centro de Educação (CE) da UFSM, na reunião extraordinária número 601, de forma unânime, manifestaram-se contrários a proposta do governo federal de gestão das instituições federais de ensino superior, denominado “Future-se”.

Os conselheiros entendem que o projeto ataca a autonomia das universidades e desresponsabiliza o governo de financiar a educação superior pública no Brasil. O “Future-se” representa o maior ataque já realizado contra as universidades brasileiras.

O Conselho do Centro de Educação defende a necessidade do fortalecimento autônomo da universidade pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada. Seus servidores e estudantes trabalham para o desenvolvimento do país através da ciência e da tecnologia nas diversas áreas do conhecimento humano. Precarizar a universidade brasileira é acabar com o futuro do Brasil como nação independente e a possibilidade dos brasileiros viveram numa sociedade mais justa. Neste sentido, solicitamos o mais breve possível a liberação do recurso financeiro por parte do governo federal para as IES, Institutos Federais e para o CNPq como uma forma de garantir as atividades de gestão, ensino, pesquisa e extensão.



Publicações Recentes