Ir para o conteúdo PPGD Ir para o menu PPGD Ir para a busca no site PPGD Ir para o rodapé PPGD
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

AS DOENÇAS PSICOSSOCIAIS: UMA ANÁLISE A PARTIR DA INFLUÊNCIA DO AMBIENTE LABORAL FRENTE AOS NOVOS DESAFIOS DA PRECARIZAÇÃO ESTRUTURAL DO TRABALHO

AUTORA: Fernanda Duarte da Silva

fernanda@jecamargo.adv.br

ORIENTADOR: Ronaldo Busnello


A pesquisa buscou compreender a realidade dos trabalhadores no contexto brasileiro, desde a revolução industrial, passando por todas as mudanças que foram ocorrendo ao longo dos anos, sobretudo após a entrada em vigor da Reforma trabalhista. Todas estas alterações na rotina e na dinâmica do trabalho, fizeram com que o sujeito se distanciasse do seu trabalho que até então era artesanal e pessoal, já que passou a ser cada vez mais mecanizado e especifico. Estes fatores, ao longo dos anos, aliados a necessidade de sobrevivência, ao surgimento das novas tecnologias e aos novos rumos que o direito do trabalho tomou, ocasionaram o surgimento de trabalhadores não satisfeitos com o seu labor, frustrados, sobrecarregados e/ou que estão em determinados setores apenas para sobreviver.Mas, independentemente da classe social, do posto de trabalho ocupado ou do grau de instrução, a frustração e o descontentamento com o serviço estão presentes nas mais diversas profissões. Ocorre que, todo este descontentamento acaba por ocasionar o surgimento de doenças, sobretudo doenças de cunho psicológico, tais como a depressão e a ansiedade. Doenças estas que serão a maior causa de afastamento do trabalho até 2021. Por isso, é importante trazer à tona o estudo da relação destes problemas com o trabalho e a necessidade de empregadores, sociedade e familiares estarem aptos e moldados para auxiliar os trabalhadores que passarão por estes problemas, relacionados ao ambiente de trabalho. Além disso, é necessário que o direito se preocupe em resguardar os direitos do trabalhadores, principalmente quando o assunto é doença mental.Por isso, o tema da presente dissertação se mostra importante de ser abordado para fomentar a discussão quanto as doenças psicológicas e relação com o trabalho, a fim de orientar a totalidade dos envolvidos. Mas também, se mostra primordial, para ressaltar a necessidade do direito atuar como fiscal e promovedor da lei.