Ir para o conteúdo SiSU Ir para o menu SiSU Ir para a busca no site SiSU Ir para o rodapé SiSU
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Guia SiSU UFSM

SiSU UFSM 2020-1 

1° Semestre

SiSU é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), pelo qual 127 instituições públicas de educação superior de todo o país oferecem vagas gratuitas nos cursos de graduação para candidatos(as) participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A UFSM oferta vagas nas duas seleções anuais do SiSU (SiSU-1 e SiSU-2), no início de cada semestre. Alguns cursos possuem duplo ingresso, enquanto outros ofertam turmas apenas no primeiro ou no segundo semestre letivo. O Curso de Engenharia Acústica, por exemplo, só ofertará suas 40 vagas no SiSU 2020-2, no segundo semestre.

No SiSU 2020-1, a UFSM disponibiliza 3.416 vagas gratuitas em 89 cursos de graduação, distribuídos no Campus Sede (72 cursos em Santa Maria) e nos Campi de Cachoeira do Sul (5 cursos), Frederico Westphalen (6 cursos) e Palmeira das Missões (6 cursos).

Podem concorrer ao SiSU UFSM 2020-1 os(as) candidatos(as) que fizeram o Enem 2019, que não zeraram a redação e que não se inscreveram na condição de “treineiro” no Enem. 

As vagas são distribuídas entre

1) Ampla Concorrência (código A0): para candidatos(as) que não se encaixam nas cotas ou que não querem participar do SiSU por meio delas; e

2) Cotas para candidatos(as) que cursaram todo o Ensino Médio em escola pública (códigos L1, L2, L5, L6, L9, L10, L13 e L14): as cotas entrecruzam uma ´série de fatores, podendo levar em conta candidatos(as) com deficiência e/ou autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, além da condição socioeconômica (candidatos com renda média maior, igual ou menor que 1,5 salário-mínimo, por pessoa do grupo familiar).

 

Antes de optar por uma cota e inscrever-se no SiSU, o(a) candidato(a) deve ter a certeza de poder comprovar as condições declaradas no momento da Confirmação de Vaga, a fim de evitar a perda definitiva desta, uma vez que não há como mudar a modalidade de cota após o encerramento das inscrições ou em caso de indeferimento. 

Para isso, deve ler com atenção o Termo de Adesão SiSU/UFSM 2020-1 no item 4 (páginas 101 a 122) e o Edital da Chamada Regular, quando este estiver disponível. O Termo e o Edital listam a documentação básica (exigida de todos os candidatos) e a específica (para cada cota).

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) aconselha o candidato a providenciar com antecedência seus documentos, pois muitas escolas e órgãos públicos ou privados adotam recessos ou horários reduzidos de atendimento nos meses de verão, o que pode atrasar a expedição de atestados, certificados e segundas vias.

As cotas socioeconômicas (L1, L2, L9 e L10), por exemplo, exigem uma série de documentos específicos, de acordo com a modalidade de cada membro do grupo familiar, o que pode envolver comprovação de moradia e renda, cópias de carteira de trabalho, extratos, pensões, contracheques, Imposto de Renda etc.  

A publicação das notas do Enem está prevista para 17 de janeiro no site enem.inep.gov.br. 

Passo 1 – Durante o período de inscrição no SiSU (de 21 a 26 de janeiro), acesse o site sisu.mec.gov.br e preencha o formulário de inscrição com o seu número de inscrição e senha do Enem 2019.

     Observação 1: se você não anotou seus dados, pode recuperá-los na página do Enem.

     Observação 2: no formulário, você deverá escolher até 2 opções de curso, da mesma instituição ou de instituições diferentes. Para pesquisar os cursos da UFSM, CLIQUE AQUI.

     Observação 3: no formulário você deverá optar pela utilização das cotas ou não. Leia mais sobre as cotas na aba abaixo e no Termo de Adesão SiSU/UFSM 2020-1.

 

Passo 2 – De 22 a 26 de janeiro, o MEC atualizará diariamente a nota de corte de cada curso, proporcionando ao(à) candidato(a) verificar suas chances de ser classificado(a), possibilitando que este(a) opte por outras instituições e/ou por outros cursos e cotas. 

Passo 3 – Aguarde a divulgação do listão da Chamada Regular prevista para o dia 28 de janeiro no site sisu.mec.gov.br

Passo 4SE VOCÊ ENCONTROU SEU NOME NO LISTÃO: PARABÉNS! Agora você deve revisar no Termo de Adesão e no Edital do SiSU/UFSM 2020-1 se possui a documentação básica (para todos os classificados) e a específica (caso tenha optado por alguma cota). O Edital trará em seus anexos modelos de documentação e o cronograma com o dia, local e horário para Confirmação de Vaga de cada curso. Guarde a documentação em um envelope e vá para o próximo passo.

     Observação 1: se você tiver escolhido as opções A0, L1 ou L5 e não puder comparecer para a entrega de documentação, você pode ter um procurador – basta que quem entregue a documentação para você tenha uma procuração assinada por duas testemunhas que não sejam seus parentes, não necessitando de reconhecimento de firma em cartório. Leia mais sobre isso no Edital da UFSM.

     Observação 2: candidatos(as) de cotas étnico-raciais e/ou para pessoas com deficiência (L2, L6, L9, L10, L13 ou, L14devem comparecer à Confirmação de Vaga, não podendo nomear representante nem procurador. 

Passo 5 – Para confirmar a sua vaga, entregue a sua documentação no dia, horário e local descritos no Edital Candidatos(as) de cotas étnico-raciais e/ou para pessoas com deficiência (L2, L6, L9, L10, L13 ou, L14) passam ainda por entrevista junto às respectivas comissões. 

A Comissão de Ingresso Acadêmico (CIA), através do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (Derca), enviará um e-mail com seu número de matrícula atestando o deferimento, caso tudo tenha transcorrido bem com sua documentação. O(a) calouro(a) estará automaticamente matriculado em todas as disciplinas do primeiro semestre de seu curso. Se quiser realizar algum ajuste de matrícula (trancamentos, inclusão ou exclusão de disciplinas), deve procurar a Coordenação ou a Secretaria do Curso de 09 a 13 de março.

     Observação 1: caso haja alguma inconsistência, a UFSM encaminhará um e-mail para você explicando o porquê de sua confirmação de vaga ter sido indeferida. Nesse caso, você poderá encaminhar recurso via e-mail em até 48 horas após o envio do e-mail pela UFSM

     Observação 2: O e-mail da UFSM pode demorar de 1 a 5 dias para ser enviado, por isso é importante o(a) candidato(a) checar diariamente sua caixa de e-mail (inclusive Spam e Lixo Eletrônico), para evitar perder o prazo de recursos, caso haja indeferimento. Na dúvida, contate copa.sisu@ufsm.br ou os telefones (55) 3220-8338 e 3220-8187.

Passo 6 – O(a) candidato(a) indeferido que encaminhou recurso deve aguardar novo e-mail da UFSM comunicando se o indeferimento foi revertido ou não. Se revertido, o número de matrícula será enviado via e-mail. Se mantido o indeferimento, perderá o direito à vaga e esta será destinada à Chamada Oral da Lista de Espera.

Passo 7 – Com seu número de matrícula e sua data de nascimento, acesse o Portal do Aluno para verificar horários, salas e programas das disciplinas. Se for pessoa em situação de vulnerabilidade social, informe-se sobre Benefício Socioeconômico e Moradia Estudantil, Procure os grupos de calouros e veteranos nas redes sociais! As aulas iniciam em 09 de março. E lembre-se: assédios, abusos, coerções, humilhações e discriminações devem ser comunicados à Ouvidoria da Universidade! #UFSMSemAssédio

 

SE VOCÊ NÃO ENCONTROU SEU NOME NO LISTÃO: Não desanime! Você pode manifestar interesse na Lista de Espera caso haja vagas não preenchidas no seu curso.

Atenção: Somente os candidatos que não foram selecionados na Chamada Regular em nenhuma das suas duas opções de curso (informadas na inscrição no SiSU) poderão participar da Lista de Espera. Se é o seu caso, você escolherá 1 dos cursos pelos quais você optou.

Passo 1 – Acesse o site sisu.mec.gov.br e inscreva-se na Lista de Espera entre os dias 29 de janeiro a 04 de fevereiro, em um dos dois cursos escolhidos por você no momento da inscrição no SiSU.

Passo 2 – Aguarde no site ufsm.br/sisu a publicação do Edital da Chamada Oral da Lista de Espera (com a divulgação do número de vagas não preenchidas que sobraram da Chamada Regular), além da Lista de Convocados para a Chamada Oral.

Passo 3 – Acesse a Lista de Convocados e, se o seu nome estiver nessa listagem, você tem chance de conseguir uma vaga durante a Chamada Oral, então organize a sua documentação básica e específica, de acordo com a cota escolhida (se for o caso).

Passo 4 – Dirija-se à UFSM com a sua documentação em mãos no dia, horário e local da Chamada Oral referente ao curso, assine a lista de presença e aguarde seu nome ser chamado. Nas chamadas orais, há um horário limite a ser respeitado pelos candidatos, procuradores e representantes, não sendo permitido o ingresso após o fechamento do recinto. Da mesma forma, se o(a) candidato(a), procurador(a) ou representante abandonar o local, também não poderá retornar. Chegue cedo e programe-se, a Chamada pode demorar até 5 horas!

      Observação 1: se você tiver escolhido as opções A0, L1 ou L5 e não puder comparecer para a entrega de documentação, você pode ter um procurador – basta que quem entregue a documentação para você tenha uma procuração assinada por duas testemunhas que não sejam seus parentes, não necessitando de reconhecimento de firma em cartório. Leia mais sobre isso no Edital da UFSM.

     Observação 2: na Primeira Chamada Oral da Lista de Espera, candidatos(as) de cotas étnico-raciais e/ou para pessoas com deficiência (L2, L6, L9, L10, L13 ou, L14devem comparecer à Confirmação de Vaga, não podendo nomear representante nem procurador. 

     Observação 3: A Primeira Chamada Oral da Lista de Espera utiliza a classificação de pontuação decrescente do Enem, separada por cotas. Na Segunda Chamada Oral, a classificação se dá apenas pela pontuação decrescente do Enem, sem uso de cotas, por isso nela não há necessidade de comprovação étnico-racial, de renda ou deficiência, e todos os candidatos que quiserem podem nomear procurador. No Edital de Vagas Complementares, o sistema de cotas retorna.

Passo 5 – Por curso, é realizada a chamada oral dos presentes, por ordem decrescente de pontuação no Enem, para entrega dos documentos. Na Primeira Chamada Oral, candidatos(as) de cotas étnico-raciais e/ou para pessoas com deficiência (L2, L6, L9, L10, L13 ou, L14) passam ainda por entrevista junto às respectivas comissões. 

A chamada se dá até o preenchimento das vagas anunciadas para o curso, sendo os demais presentes dispensados e convidados a participar de futuras chamadas, caso ainda sobrem vagas após possíveis indeferimentos, desistências e cancelamentos.

A Comissão de Ingresso Acadêmico (CIA), através do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (Derca), enviará um e-mail com seu número de matrícula atestando o deferimento, caso tudo tenha transcorrido bem com sua documentação. O(a) calouro(a) estará automaticamente matriculado em todas as disciplinas do primeiro semestre de seu curso. Se quiser realizar algum ajuste de matrícula (trancamentos, inclusão ou exclusão de disciplinas), deve procurar a Coordenação ou a Secretaria do Curso de 09 a 13 de março.

     Observação 1: caso haja alguma inconsistência, a UFSM encaminhará um e-mail para você explicando o porquê de sua confirmação de vaga ter sido indeferida. Nesse caso, você poderá encaminhar recurso via e-mail em até 48 horas após o envio do e-mail pela UFSM

     Observação 2: O e-mail da UFSM pode demorar de 1 a 5 dias para ser enviado, por isso é importante o(a) candidato(a) checar diariamente sua caixa de e-mail (inclusive Spam e Lixo Eletrônico), para evitar perder o prazo de recursos, caso haja indeferimento. Na dúvida, contate copa.sisu@ufsm.br ou os telefones (55) 3220-8338 e 3220-8187.

Passo 6 – O(a) candidato(a) indeferido que encaminhou recurso deve aguardar novo e-mail da UFSM comunicando se o indeferimento foi revertido ou não. Se revertido, o número de matrícula será enviado via e-mail. Se mantido o indeferimento, perderá direito à vaga e esta será destinada à próxima Chamada Oral, se houver.

Passo 7 – Com seu número de matrícula e sua data de nascimento, acesse o Portal do Aluno para verificar horários, salas, programas das disciplinas e imprimir o comprovante de matrícula. Se for pessoa em situação de vulnerabilidade social, informe-se sobre Benefício Socioeconômico e Moradia Estudantil, Procure os grupos de calouros e veteranos nas redes sociais! As aulas iniciam em 09 de março. E lembre-se: assédios, abusos, coerções, humilhações e discriminações devem ser comunicados à Ouvidoria da Universidade#UFSMSemAssédio

Após as Chamadas Orais da Lista de Espera, a UFSM pode lançar Edital de Vagas Complementares, se ainda existirem vagas remanescentes do SiSU, abrindo inscrições também a quem realizou o Enem em anos anteriores a 2019. Uma outra inscrição, independente do SiSU, é feita diretamente na seção de Editais em ufsm.br/sisu.   

As cotas na UFSM são definidas a partir da Política de Cotas expressa na Lei no 12.711/2012 do Governo Federal.

Está na dúvida se se encaixa em alguma cota? Terá como comprovar todas as condições declaradas no momento da Confirmação de Vaga? Responda às perguntas para entender qual cota escolher:

 

1. Você cursou os três anos do Ensino Médio em escola pública?

2. Você tem renda familiar per capita maior ou menor do que 1 salário-mínimo e meio por membro do grupo familiar?

3. Você é um(a) candidato(a) autodeclarado(a) preto, pardo ou indígena?

4. Você é um(a) candidato(a) com alguma deficiência contemplada na legislação do SiSU/UFSM?

 

Depois de responder às perguntas, você pode conferir abaixo as modalidades de acordo com as suas respostas. Veja a
explicação de cada uma delas e confira se alguma opção se encaixa na sua realidade:

A0: Ampla Concorrência: para candidatos que não se enquadram no sistema de cotas ou não queiram concorrer por meio delas;

L1: Escola Pública, renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita;

L2: Escola Pública, renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, autodeclarado preto, pardo ou indígena;

L5: Escola Pública, independente de renda;

L6: Escola Pública, independente de renda, autodeclarado preto, pardo ou indígena;

L9: Escola Pública, renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, com deficiência;

L10: Escola Pública, renda igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, autodeclarado preto, pardo ou indígena, com deficiência;

L13: Escola Pública, independente de renda, com deficiência;

L14: Escola Pública, independente de renda, autodeclarado preto, pardo ou indígena, com deficiência.

 

Descobriu a sua opção? Lembre-se que para cada uma das cotas, você precisará apresentar documentação específica para conseguir efetivar a sua matrícula. Então acesse o edital e busque pela documentação da cota escolhida por você!

Dúvidas podem ser sanadas pelo e-mail copa.sisu@ufsm.br ou pela página do Facebook Confirmação de Vaga – UFSM.

Se quiser, confira abaixo o texto integral do Termo e Adesão da UFSM ao SISU, com a explicação das cotas e legislação relativa:

A0: Ampla concorrência L1: Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

L2: Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

L5: Candidatos que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa no 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

L6: Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa no 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

L9: Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

L10: Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas, que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

L13: Candidatos com deficiência que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa no 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

 

L14: Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que, independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa no 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei no 12.711/2012).

A documentação básica exigida no momento da Confirmação de Vaga é a seguinte:

a) Cópia autenticada ou via original do Histórico escolar do Ensino Médio ou curso equivalente; 

b) Cópia autenticada ou via original do  Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou de curso equivalente. Esse documento frequentemente está na mesma folha do Histórico Escolar;

c) Cópia da Certidão de nascimento ou casamento; 

d) Cópia do Documento de Identidade Civil (RG); 

e) Cópia do CPF, se o número dele já não constar no RG;

f) Cópia do Título Eleitoral, obrigatória apenas para candidatos maiores de 18 anos;

g) Cópia de documento de quitação com o Serviço Militar, para candidatos do sexo masculino que completam 19 anos em 2020.

h) Cópia da declaração de Equivalência de Estudos, apenas para candidatos que concluíram o Ensino Médio no exterior; e

i) Atestado médico de aptidão ao esforço físico, para candidatos aos Cursos de Educação Física;

Essa documentação é exigida de todos os classificados no momento da confirmação de vaga na UFSM, tanto para a Ampla Concorrência como para as oito modalidades de Cota. Por isso, é bom você já verificar se estes documentos estão à mão, para evitar surpresas desagradáveis depois, pois em caso de indeferimento por falta de documentos, o prazo para providenciá-los é muito curto.

Se você vai concorrer pelo sistema de Cotas, existem outros documentos que também serão exigidos na confirmação de vaga. É de responsabilidade do(a) candidato(a) acessar o Termo de Adesão SiSU/UFSM e o respectivo Edital, quando estiver publicado, e conferir a lista de documentos específicos de cada cota.

1 – Já estou matriculado em uma instituição pública de ensino superior e sei que não posso manter duas matrículas simultâneas em cursos de graduação públicos. Posso concorrer ao SiSU? Quando devo me desvincular do curso anterior? Sim, é possível concorrer ao SiSU. A Pró-Reitoria de Graduação recomenda que o(a) candidato(a) proceda o cancelamento do curso anterior apenas depois do recebimento do número de matrícula enviado por e-mail pela UFSM, o que atesta que está tudo certo com a documentação apresentada.  

2 – Estou inscrito na cota L2 e não poderei estar presente na confirmação de vaga, mas minha mãe, que é negra, vai ser minha procuradora. É possível? Não. Candidatos das cotas étnico-raciais ou das vagas para pessoas com deficiência devem comparecer à confirmação de vaga para entrevista, conforme Edital da Chamada Regular e da Primeira Chamada Oral da Lista de Espera. Já na Segunda Chamada Oral, que geralmente não adota a divisão por cotas, qualquer candidato(a) pode nomear procurador(a).

3 – Sou de outro Estado, vou gastar muito em transporte, alimentação e hospedagem para as Chamadas Orais e, mesmo comparecendo, corro o risco de nem ser chamado. Como proceder? Cabe ao candidato avaliar suas condições pessoais de deslocamento, manutenção e comparecimento antes da inscrição na UFSM via SiSU. A Universidade não tem como prever quantos candidatos convocados no listão da Chamada Oral comparecerão em cada curso.

4 – Sou candidato em vulnerabilidade socioeconômica. Já saio da Confirmação de Vaga matriculado e com direito a vaga na Casa do Estudante, bolsa-alimentação no Restaurante Universitário e bolsa-transporte? Não. A sua documentação será analisada pelas Comissões pertinentes à sua cota (Comissão de Documentação, Análise Socioeconômica, Autodeclaração e Acessibilidade) antes de ser deferida e gerar o número de matrícula, o que poderá demorar até 5 dias úteis. A PRAE – Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis adota procedimentos específicos para inscrição no Benefício Socioeconômico (BSE) e em seus editais, entre em contato!

5 – Estou inscrito na Cota L5, preciso comprovar a renda acima de 1,5 salário-mínimo per capita? Não, apenas apresentar a documentação básica exigida de todos os candidatos (págs. 109 e 110 do Termo de Adesão).

6 – É verdade que a maioria das vagas não é preenchida na Chamada Regular, e acaba sendo ofertada nas Chamadas Orais? Sim! Muitas vezes o(a) candidato(a) é aprovado(a) em bolsas governamentais ou de fundações privadas e prefere continuar em seu município ou estado. Em outras situações, não junta sua documentação a tempo ou não consegue comprovar as condições declaradas nas cotas (escola pública, socioeconômica, étnico-racial etc.) e perde o direito à vaga. Por isso, é importante que o(a) candidato(a) compareça às Chamadas Orais  (ou envie procurador ou representante, se o Edital permite), e separe com antecedência todos os documentos exigidos no Termo de Adesão e no respectivo Edital.

Ficou com alguma dúvida?  Outras informações podem ser obtidas através do email copa.sisu@ufsm.br, dos telefones (55) 3220.8338 e 3220.8187 e pela página Confirmação de Vaga-UFSM no Facebook. Consulte também o Tira-Dúvidas no site do SiSU/MEC.

As informações contidas nesta página não substituem os Editais e demais Legislações referentes aos Processos Seletivos nem seus adendos, anexos ou retificações. Os dados aqui disponíveis podem sofrer modificações sem prévio aviso.