Ir para o conteúdo CAPES/PrInt Ir para o menu CAPES/PrInt Ir para a busca no site CAPES/PrInt Ir para o rodapé CAPES/PrInt
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Agricultura – Inovadora, Intensiva e Sustentável

Atualmente a Agricultura – Inovadora, intensiva e sustentável é mais que um projeto de grupos de pesquisa ou de instituições, é uma política de órgãos internacionais de fomento à ciência e ao desenvolvimento humano, assim como de nações, que visam intensificar e qualificar a produção de alimentos mais saudáveis e reduzir de perdas pós-colheita para diminuir a fome de para uma população que vai atingir 10 bilhões de habitantes no ano 2050. Trata-se de um grande desafio, pois este aumento na produção de alimentos deve ser acompanhado da redução da degradação ambiental e num cenário de mudanças climáticas globais. O Brasil, com um dos maiores produtores mundiais de alimento tem a obrigação de qualificar pessoas desenvolver ciência e tecnologia para participar da solução e das oportunidades mundiais no tema da seguridade alimentar. Caso contrário, poderá aumentar sua dependência tecnológica e ser um mero comprador dos pacotes tecnológicos desenvolvidos por multinacionais em outros países. 

A temática Agricultura – Inovadora, intensiva e sustentável proposta pelos grupos de pesquisa coopera internacionalmente para desenvolver soluções inovadoras a partir da biodiversidade, biologia molecular, genômica, bioinformática, modelagem e microbiologia para o desenvolvimento de soluções que permitam o crescimento da produção de alimentos com redução do impacto ambiental, em um cenário de mudanças climáticas globais. Busca-se substituir tecnologias caras e poluidoras, como por exemplo a utilização indiscriminada de agrotóxicos e fertilizantes químicos, por biotecnologias baseadas na expressão diferencial de genes, na proteção de plantas por bioprodutos e microrganismos, no uso da modelagem do crescimento vegetal, na conservação pós-colheita, na redução de perdas de alimentos e na previsão de cenários climáticos e seu impacto na biologia de microrganismos, plantas e animais, e na agricultura de modo geral. A internacionalização é vista como estratégica para o grupo adquirir novas capacidades e contribuir para a resolução dos grandes desafios da produção de alimentos de forma intensiva e sustentável. Nos últimos 6 anos os proponentes produziram 248 artigos considerados internacionais, dos quais 110 formam com colaboradores estrangeiros.

ORÇAMENTO
AnoModalidadeQuantidadeTempo
2019Doutorado Sanduíche16 meses
2019Professor Visitante Júnior15 meses
2020Doutorado Sanduíche36 meses
2020Professor Visitante115 dias
2020Professor Visitante Júnior110 meses
2020Professor Visitante Sênior29 meses
2021Doutorado Sanduíche36 meses
2021Professor Visitante115 dias
2021Professor Visitante Sênior410 meses
2022Doutorado Sanduíche36 meses
2022Professor Visitante115 dias
AnoQuantidadeValor
20196R$ 175.009,00
20202R$ 58.337,00
20213R$ 87.504,00
20222R$ 58.337,00
AnoValor
2019R$ 10.000,00
2020R$ 10.000,00
2021R$ 10.000,00
2022R$ 10.000,00
EQUIPE
NOMEPPG
ALENCAR JUNIOR ZANONPPG AGRONOMIA
AURI BRACKMANNPPG AGRONOMIA
ÉLGION LÚCIO DA SILVA LORETOPPG BIODIVERSIDADE ANIMAL
FELIPE KLEIN RICACHENEVSKYUFRGS
JÉRSON VANDERLEI CARUS GUEDESPPG ENG. AGRÍCOLA
JONAS ANDRÉ ARNEMANNPPG AGRONOMIA
NEREU AUGUSTO STRECKPPG ENG. AGRÍCOLA
RODRIGO JOSEMAR SEMINOTI JACQUESPPG CIÊNCIA DO SOLO
THOMAS NEWTON MARTINPPG AGRONOMIA
NOMEIES
CÉLINE PALLUDUNIVERSITY OF CALIFORNIA, BERKELEY
DOMINIC REISIGNORTH CAROLINA STATE UNIVERSITY
FRANCISCO LÓPEZ-BAENAUNIVERSIDAD DE SEVILLA
GILBERTO Z. PASTORELLOLAWRENCE BERKELEY NATIONAL LABORATORY
PAMELA RONALDUNIVERSITY OF CALIFORNIA, DAVIS
PATRICIO GRASSINIUNIVERSITY OF NEBRASKA
WEE TEK TAYCSIRO
INSTITUIÇÕES ESTRANGEIRAS CADASTRADAS
PRESTAÇÃO DE CONTAS