Ir para o conteúdo Palmeira das Missões Ir para o menu Palmeira das Missões Ir para a busca no site Palmeira das Missões Ir para o rodapé Palmeira das Missões
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM-PM promove curso de extensão sobre Cantinas Saudáveis para comunidade escolar e demais interessados



 

Professores e pesquisadores da Universidade Federal de Santa Maria, campus Palmeira das Missões, promovem o curso de extensão “Cantinas Saudáveis: A gente apoia esta ideia!”. O curso, gratuito e na modalidade a distância, é coordenado pela professora Vanessa Ramos Kirsten e tem o financiamento do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq) e do Fundo de Incentivo de Extensão (FIEX) da Pró-Reitoria de Extensão da UFSM.

A ação é direcionada a proprietários de cantinas escolares, funcionários, diretores e vice-diretores, professores, coordenadores pedagógicos, alunos, pais de alunos, representantes da comunidade escolar, estudantes de ensino superior e profissionais que se preocupam com a promoção da saúde na escola.  

O curso é a distância através da Plataforma Moodle da UFSM e composto por oito Módulos, elaborados com atividades diversas e dinâmicas como slides, vídeos, reflexões e sugestões de atividades. Contempla temas como: a  Lei Nº 15.216/2018 e o  Decreto Nº 54.994/2020 (que  regulamentam a promoção da alimentação saudável e proíbe a comercialização de produtos que colaborem para a obesidade, diabetes e hipertensão em cantinas e similares instalados em escolas públicas e privadas do Estado do Rio Grande do Sul); a cantina como um ambiente promotor de alimentação saudável; conceitos sobre alimentação saudável baseados no novo Guia Alimentar para a População Brasileira; higiene do ambiente; dos alimentos e dos seus manipuladores; educação alimentar e nutricional e lucratividade. “Nesses módulos os participantes irão aprender a como oferecer alimentos mais saudáveis, como diminuir a oferta de alimentos industrializados, como ter um ambiente mais higiênico, tanto na manipulação quanto no estoque dos alimentos, além de uma parte voltada para educação alimentar e nutricional do ponto de vista do professor, do pai, do aluno e do proprietário da cantina que irá aprender ainda como lucrar com uma cantina saudável”, explica Vanessa Kirsten, coordenadora do projeto.

A atividade dispõe de tutores que irão auxiliar a todos por meio dos fóruns de cada módulo ou por meio do e-mail. Ao final do curso, será emitido certificado. Segundo a coordenadora, que trabalha com alimentação escolar e agricultura familiar, a intenção é fazer com que as cantinas escolares também estejam focadas em oferecer uma alimentação escolar saudável. “A gente criou este curso previamente para contemplar um edital que fomos aprovados pelo CNPq, em 2017. Então nós trabalhamos nele em 2018 e 2019 com um grupo de escolas em determinados municípios da região e o objetivo agora, frente ao decreto do estado do Rio Grande do Sul que legaliza a lei de 2018, é ampliar esse curso para todo o indivíduo proprietário de cantina, manipulador de alimentos, professores, coordenadores pedagógicos, pais, alunos, nutricionistas, profissionais de saúde, estudantes de graduação sobre como que a gente pode proporcionar a alimentação saudável por meio de uma cantina escolar e, acima de tudo, potencializar a escola como ambiente promotor de práticas alimentares saudáveis e sensibilizar toda essa comunidade para o amplo desenvolvimento de ações que promovam a alimentação saudável”.

O curso é aberto para pessoas de todo o país e no primeiro dia de inscrições já teve mais de 200 inscritos. Para mais informações, acesse o site do curso e o Instagram @cantinasaudavel.curso.

Assessoria de Comunicação UFSM-PM

 

 


Publicações Recentes