Ir para o conteúdo Palmeira das Missões Ir para o menu Palmeira das Missões Ir para a busca no site Palmeira das Missões Ir para o rodapé Palmeira das Missões
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Oficina “Saúde Materno-infantil: alimentação da criança no primeiro ano de vida” é promovida pelo Grupo de Pesquisa GENVULC



Na manhã do dia 25 de maio, no auditório do Campus da UFSM/Palmeira das Missões, o Grupo de Ensino Pesquisa e Extensão em Gênero, Vulnerabilidade e Cuidado em Saúde (GENVULC) por meio do Programa de extensão universitária: Promoção e Proteção da Saúde Materno Infantil com ênfase no Aleitamento Materno e no Nascimento Seguro, promoveu a Oficina “Saúde Materno-infantil: alimentação da criança no primeiro ano de vida”. A atividade destinada aos Agentes Comunitários de Saúde, Visitadores do Programa Primeira Infância Melhor (PIM) foi conduzida pela Profª. Drª. Silvania M. Bottarro, do Departamento de Nutrição/UFSM. No turno da tarde, a Psicóloga Anelise Beheregaray, representante da Campanha Maio furta-cor na cidade de Cruz Alta fez a divulgação desta que trata da saúde mental materna.

Na oportunidade, participaram cerca de 80 pessoas de diversos segmentos sociais tais como: docentes e discentes do 7º semestre do Curso de Enfermagem, professores e estudantes do Curso Técnico em Enfermagem da Escola Polivalente, integrantes do grupo de mulheres-mães da APAE, Enfermeiros das Estratégias Saúde da Família, Cerest Macronorte, dentre outros. Cenira Gomes, Coordenadora de Política para Mulheres, reconheceu a problemática do adoecimento mental das mulheres-mães durante o cenário da pandemia por Covid-19. A enfermeira Andressa Magalhães Flôres, coordenadora da Atenção Básica, assinalou a necessidade de ações voltada à saúde mental materna visibilizadas socialmente pela Campanha e o desafio de se promover iniciativas intersetoriais nessa direção para o ano de 2023 no município. Na ocasião, a vereadora Karin Uchôa se comprometeu em encaminhar o projeto de lei que institui no âmbito do Município o mês Maio furta-cor, aprovado por unanimidade na Sessão Ordinária nº 14/2022 da Câmara de Vereadores em 30 de maio.

A coordenadora do Programa, professora Fernanda Cabral, agradeceu o apoio dos estudantes extensionistas e destacpu a satisfação da aprovação deste projeto, o qual é fruto da sensibilização promovida pelo evento. Assim, o mês Maio furta-cor em Palmeira das Missões representará o primeiro passo dessa importante ‘marcha coletiva’ de proteção e promoção à saúde mental de mulheres-mães, pois como lembra o slogan da Campanha Maio furta-cor, “só é possível mudar o mundo, cuidando de quem cuida de todo mundo”.

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-378-6630

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes