Ir para o conteúdo Politécnico Ir para o menu Politécnico Ir para a busca no site Politécnico Ir para o rodapé Politécnico
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto Advanced Farm 360 do Colégio Politécnico da UFSM recebe prêmio “O Futuro da Terra” na Expointer

Projeto alia tecnologia e consciência ambiental no âmbito agrícola e propõe a criação de laboratórios para o melhor desenvolvimento de suas atividades



Da esquerda para a direita: prof. Luciano Pes, prof. Ivan Maldaner, profª Marta Von Ende – diretora do Colégio Politécnico – e prof. Marcelo Farias

Ativo na promoção de sustentabilidade na área agrícola, o Projeto Advanced Farm 360 foi premiado na Expointer, na última segunda-feira (28), em cerimônia realizada no auditório da Federação da Agricultura do Estado (Farsul), em Esteio. O prêmio na categoria de Preservação Ambiental reforçou o propósito da iniciativa que, há mais de uma década, pesquisa alternativas voltadas ao ramo da Agricultura e Zootecnia de Precisão e da Produção Agropecuária Sustentável.

A Agricultura de Precisão, foco do projeto premiado, é mais sustentável se comparada à convencional, uma vez que possui tecnologias que racionalizam o uso de insumos e promovem a responsabilidade ambiental. Esse conjunto de técnicas envolve aspectos econômicos e sociais e preza pela relação equilibrada entre produção de alimentos, preservação do meio ambiente e qualidade de vida das populações.

Na Produção Agropecuária Sustentável, os temas principais são bioinsumos e plantas de cobertura do solo. Os bioinsumos colaboram com a evolução da agricultura ao potencializar a produtividade e auxiliar no manejo de pragas e de doenças, reduzindo ou substituindo completamente a utilização de defensivos químicos.

Já as plantas de cobertura do solo promovem a melhoria das propriedades químicas, físicas e biológicas do solo. Elas produzem uma grande quantidade de palhada (mistura de palha e farelos para alimentar animais), fundamental para o acúmulo de carbono no solo. A estratégia é importante para a redução de CO2 na atmosfera e remuneração do produtor, através dos créditos de carbono.

No evento de premiação, foi lançado o laboratório vivo “Living Lab Advanced Farm 360”. A proposta une o conhecimento científico e tecnológico com o setor produtivo, para impulsionar práticas inovadoras na área da agricultura e pecuária. O ambiente possibilitará testes, avaliações e validações de soluções, sejam de produtos, serviços ou processos.

De acordo com o professor e coordenador Luciano Pes, a conquista do título representa uma realização pessoal e profissional. “Se trata do reconhecimento de um trabalho realizado no Politécnico. O grupo envolvido estava ansioso em receber o prêmio, pois é o fechamento perfeito de uma construção de anos. É uma motivação para seguir neste rumo”, declara.

Sobre os futuros planos, o professor conta que, ainda em 2023, será inaugurado o Laboratório de Tecnologias de Agricultura Digital, fruto da parceria com a empresa Massey Ferguson. Para os próximos anos, o objetivo é ampliar a estrutura física atual, com a construção de um prédio para abrigar salas de aula, auditório, laboratórios e outras instalações indispensáveis para a consolidação de atividades.

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-405-7506

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes