Ir para o conteúdo Jornalismo Ir para o menu Jornalismo Ir para a busca no site Jornalismo Ir para o rodapé Jornalismo
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Documentário produzido no Curso de Jornalismo é selecionado para o Festival Assimetria



Foi aberta nesta semana a Mostra Online do 3º Assimetria – Festival Universitário de Cinema e Audiovisual, que este ano é especial: o documentário “Os sentidos da rua”, produzido para a disciplina de Documentário do Curso de Jornalismo da UFSM está entre os selecionados.

O documentário é de autoria dos estudantes Bruna Meinen Feil, Luana Giazzon e Rafael Happke e foi orientado pelo professor Rondon de Castro. O roteiro conta a história da Vila Belga, uma referência cultural da cidade de Santa Maria. Segundo a sinopse, “A rua é lugar de passagem, conecta. A rua é moradia, acolhe. A rua é destino, convida. A rua é vida, inspira. Não existe cidade sem rua. Não existe rua sem gente. O sentido da rua são as pessoas. Numa cidade, cada rua tem sua história e este documentário vai em direção a uma pequena e antiga rua de Santa Maria. Em algum momento, a rua nasce e a partir de então ganha vida, torna-se palco de histórias e assim acaba por escrever sua própria biografia. O que uma rua tem a nos contar? Será que ela pode ser vista como um organismo vivo?”


O festival Assimetria é uma promoção conjunta do Laboratório VIS, Laboratório de Pesquisa em Arte Contemporânea, Tecnologia e Mídias Digitais (Labart), Cineclube da Boca e TV Ovo, com apoio do Centro de Artes e Letras (CAL), Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH) e Pró-Reitoria de Extensão (PRE) da UFSM, em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Este ano são 13 documentários, 15 ficções e 15 vídeos experimentais realizados por estudantes de Instituições de Ensino Superior nos três estados da região sul do Brasil e também na Argentina. A mostra competitiva acontece de 12 a 25 de junho e o público poderá votar nos melhores curtas por meio da curtida disponível no Youtube. Os curtas selecionados pela curadoria do Festival estão listados no perfil do festival no Youtube.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes