Ir para o conteúdo PPGERONTO Ir para o menu PPGERONTO Ir para a busca no site PPGERONTO Ir para o rodapé PPGERONTO
  • International
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Procedimentos e instruções

O Curso de mestrado terá a duração mínima de doze meses e duração máxima de vinte e quatro meses, devendo neste prazo ser cumprido um total de vinte e cinco créditos.
Para o cálculo do total de créditos do Curso, incluir-se-ão as aulas teóricas, práticas e teórico-práticas.
A critério do Colegiado poderá haver prorrogação mediante solicitação, por escrito, do orientador conforme o artigo 36, parágrafo 4º do regimento Geral de Pós-Graduação Stricto Sensu e Lato Sensu da UFSM.

O regime de dedicação ao Curso será de tempo integral, sendo admitidos candidatos em regime parcial, com a aceitação do orientador, e com disponibilidade de carga horária compatível com o desenvolvimento das atividades, sem prejuízo do cumprimento da conclusão do Curso no prazo máximo de vinte e quatro meses.
O não cumprimento do tempo integral e/ou do regime parcial é causa justa para o desligamento do aluno.
Eventuais modificações de regime de dedicação ao Curso deverão ser submetidas à aprovação pelo Colegiado.

Além das disciplinas de Pós-Graduação, constituem-se atividades obrigatórias a entrega de relatório semestral ao orientador, relacionando as atividades desenvolvidas no transcorrer do semestre.
Ao final de cada semestre, o orientador deverá atribuir ao acadêmico o conceito “S” ou “NS” (suficiente ou não suficiente);
O aluno que tiver conceito “NS” por dois semestres será desligado do Curso.


Art. 38 Os vinte e cinco créditos deverão ser cumpridos da seguinte forma:
I – doze créditos em disciplinas obrigatórias;
II – treze créditos obtidos através de: disciplinas optativas, coorientação de
iniciação científica, estágios em laboratórios autorizados e do aproveitamento de
créditos cursados em outros programas;

Antes de completar 18 meses de curso o aluno deverá ter sido aprovado no teste de suficiência em língua inglesa, na disciplina de Metodologia Científica II e na Qualificação.

Para conclusão do curso o aluno precisará defender a dissertação até 24 meses após o início do curso.

O aluno de mestrado deverá cursar o mínimo de 25 créditos em disciplinas. Na UFSM, cada crédito corresponde a 15 horas. Exemplo: disciplina de 45 horas = 3 créditos.

As datas de matrículas são propostas pelo Calendário Acadêmico da UFSM

O horário das disciplinas no PPGeronto está disponível em nosso site, no link quadro de horários

Para manter o vínculo regular com o curso, o aluno deverá estar matriculado e cursando pelo menos uma disciplina. Aos alunos, que já tenham cursado todos os créditos, devem manter o vínculo mediante a matrícula em EDT001- Elaboração de Dissertação/Tese.

Será desligado do curso o aluno que tiver reprovação em duas disciplinas diferentes ou duas vezes na mesma disciplina. O discente que não efetuar a matrícula regularmente terá sua situação caracterizada como Abandono do curso.

O discente que obtiver conceito igual ou inferior a “C” em qualquer disciplina, será reprovado.

Vídeo tutorial de solicitação de matrícula: https://ntetube.nte.ufsm.br/v/1558984169

O plano de estudos é o conjunto organizado de disciplinas curriculares que o aluno pretende cursar no decorrer do curso.
Deve ser desenvolvido pelo discente em conjunto com seu orientador.

O plano de estudos deverá ser elaborado pelo Portal do Aluno no primeiro semestre do curso, o aluno que não o fizer, ficará impossibilitado de efetuar a matrícula para o segundo semestre de curso.

Tutorial para elaboração do Plano de Estudos

O plano de estudos do aluno deverá conter no mínimo 25 créditos em disciplinas, sendo:

1) 12 créditos em disciplinas obrigatórias

2) 13 créditos dentre as disciplinas optativas ofertadas pelo curso.

Conforme grade curricular sugerida pelo Curso: https://www.ufsm.br/cursos/pos-graduacao/santa-maria/ppgeronto/grade-curricular/

Os alunos poderão solicitar ao Colegiado o aproveitamento de créditos obtidos como aluno especial na Instituição ou em outras IES, a critério do orientador, considerando-se um máximo de até nove créditos do total previsto no Programa.

Quando essas disciplinas coincidirem com as obrigatórias previstas no Programa, deverão ser analisadas individualmente.

Só poderão ser aproveitadas as disciplinas realizadas em Cursos de Pós-Graduação Strictu sensu (Mestrado ou Doutorado).

O aluno deverá encaminhar solicitação de dispensa ou aproveitamento de disciplinas, conforme as seguintes instruções:

Primeiramente o aluno precisará assinar o termo de concordância de assinatura eletrônica conforme tutorial a seguir: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf , caso ainda não tenha.

Após obter a confirmação da assinatura eletrônica, o aluno deve abrir o processo eletrônico de Processo de solicitação de aproveitamento de disciplinas de pós-graduação no portal de processos: https://portal.ufsm.br/documentos/login.html
O aluno precisará entrar com login (matrícula) e senha (senha do portal do aluno),
clicando em “anônimo” e “Login”

PARA ABERTURA DO PROCESSO PELO ALUNO

1. Clicar em “Novo” e “Processo”


2. Escolher o “Tipo documental” do processo: “Solicitação de aproveitamento de disciplinas de pós-graduação – APG (134.23)”.

No campo procedência aparecerá o nome do aluno.
– O aluno pode complementar a descrição, se quiser, e clicar em salvar.

 

3. Clicar em “Adicionar” e “enviar” para anexar ao processo a Requerimento de dispensa ou aproveitamento de disciplinas de mestrado/doutorado, em formato PDF, conforme modelo. (No formulário, preencher o nome, matrícula, nome do curso, e-mail e código do curso – 1097. Pode solicitar até 3 dispensas ou aproveitamentos por formulário. Os campos “Código da disciplina” e “Nome da Disciplina a ser dispensada (UFSM)”, são preenchidos quando utilizar uma disciplina de outro curso para dispensar uma do Curso atual. Nesse caso, preencher todos os campos: “Disciplina utilizada para dispensar” (nome da disciplina do outro curso); Justificativa (Carga horária e conteúdo programático equivalente) e instituição onde foi realizada a disciplina. No caso de aproveitamentos, preencher apenas  “Disciplina utilizada para dispensar” (nome da disciplina do outro curso); Justificativa (Aproveitamento como DCG. Total de CH: _______h) e instituição onde foi realizada a disciplina)

 

4. Escolher o documento, marcar: “gerado eletronicamente”, “sem autenticação”; “assinar o documento?” marcar “sim” e clicar em “adicionar”.

 

5. Fazer o mesmo procedimento para incluir o Comprovante de aprovação em disciplina para APG, que é o histórico escolar do aluno. Marcar: “gerado eletronicamente”, “autenticado”; “assinar o documento?” marcar “não” e clicar em “adicionar”.

 

6. Incluir a ementa da disciplina clicando em “Adicionar” e “enviar”. Escolher “tipo documental “Ementa de disciplina de mestrado/doutorado”. Marcar: “gerado eletronicamente”, “autenticado”; “assinar o documento?” marcar “não” e clicar em “adicionar”.

 

7. Depois de incluir todos os documentos, o aluno deve clicar em salvar.

 

8. Inserir o vínculo (discente) e a senha do portal do aluno e clicar em “ok”.

 

9. Clicar em “tramitar”

 

10. Em “próximo passo”, o “Destino inicial” será o Curso. No “Despacho”, digitar “Para análise”. Clicar em “Tramitar”.

O aluno deverá ter sido aprovado no teste de suficiência em língua inglesa para poder solicitar a qualificação, ou seja, precisa ter sido aprovado no teste até 18 meses após o ingresso no Curso.

Mais informações sobre o teste de suficiência da UFSM, acesse o link https://www.ufsm.br/pro-reitorias/prpgp/teslle/

Os alunos poderão solicitar ao Colegiado o aproveitamento do teste de suficiência, caso tenha sido realizado em outra instituição.

Sendo que os aproveitamentos de testes serão aceitos quando:

I – reconhecidos pela CAPES e/ou emitidos por instituições com programas de pós-graduação, reconhecidos pela mesma, e realizados no máximo há cinco anos.
II – emitidos pelo MEC no caso do CELPE-BRAS.

O TOEFL é válido, porém é utilizada para o aproveitamento apenas a pontuação obtida na parte de leitura, intitulada “Reading Comprehension”. Essa pontuação precisa ser de 41 pontos ou mais.

O aluno deverá encaminhar solicitação de aproveitamento do teste de suficiência, conforme as seguintes instruções:

Primeiramente o aluno precisará assinar o termo de concordância de assinatura eletrônica conforme tutorial a seguir: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf , caso ainda não tenha.

Após obter a confirmação da assinatura eletrônica, o aluno deve abrir o processo eletrônico de Processo de solicitação de aproveitamento de disciplinas de pós-graduação no portal de processos: https://portal.ufsm.br/documentos/login.html
O aluno precisará entrar com login (matrícula) e senha (senha do portal do aluno),
clicando em “anônimo” e “Login”

PARA ABERTURA DO PROCESSO PELO ALUNO

1. Clicar em “Novo” e “Processo”


2. Escolher o “Tipo documental” do processo: “Solicitação de aproveitamento de disciplinas de pós-graduação – APG (134.23)”.

No campo procedência aparecerá o nome do aluno.
– O aluno pode complementar a descrição, se quiser, e clicar em salvar.

3. Clicar em “Adicionar” e “enviar” para anexar ao processo o Requerimento de comprovação de suficiência em língua estrangeira, em formato PDF, conforme modelo. (no formulário, preencher o nome, matrícula, nome do curso, e-mail e código do curso (que é 1097). No campo “Nome da Disciplina a ser dispensada (UFSM)”, colocar “teste de suficiência em língua estrangeira”)

4. Escolher o documento, marcar: “gerado eletronicamente”, “sem autenticação”; “assinar o documento?” marcar “sim” e clicar em “adicionar”.

5. Fazer o mesmo procedimento para incluir o Comprovante de aprovação em disciplina para APG, que é o certificado de aprovação no teste de suficiência. Marcar: “gerado eletronicamente”, “autenticado”; “assinar o documento?” marcar “não” e clicar em “adicionar”.

6. Depois de incluir todos os documentos, o aluno deve clicar em salvar.

7. Inserir o vínculo (discente) e a senha do portal do aluno e clicar em “ok”.

8. Clicar em “tramitar”

9. Em “próximo passo”, o “Destino inicial” será o Curso. No “Despacho”, digitar “Para análise”. Clicar em “Tramitar”.

Instituições com testes de suficiência já aprovados pelo PPG em Gerontologia:

Universidade Federal de Santa Catarina

Universidade Franciscana

Instituto Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal de Goiás

Universidade Federal de Jataí

O aluno poderá solicitar matrícula em disciplina de outro Programa de Pós-Graduação da UFSM mediante o seguinte procedimento:

Primeiramente, o aluno precisa verificar se o curso no qual ele deseja solicitar matrícula aderiu à solicitação de disciplinas extracurriculares pelo portal do aluno ou se a realização se dará por e-mail e se o curso disponibiliza a disciplina que ele deseja para alunos de outros cursos.

Se for pelo portal do aluno, basta solicitar a matrícula pelo portal, no período estipulado no calendário acadêmico.

Se o curso optou por fazer a solicitação por e-mail, o aluno deve encaminhar e-mail para o PPGeronto informando: nome, matrícula, disciplina na qual deseja se matricular, turma e curso que oferta a disciplina. A Coordenação do PPGeronto precisará aprovar a solicitação e a encaminhará ao curso pretendido, para que seja apreciada e verificada a disponibilidade de vagas. 

O aluno poderá solicitar exclusão de disciplinas da matrícula dentro do período de trancamento total dos cursos de graduação, conforme calendário acadêmico da UFSM.

A solicitação precisa ser instruída com justificativa e da solicitação não poderá resultar exclusão de todas as disciplinas matriculadas, pois isso implica perda de vínculo com a UFSM.

Modelo de solicitação de Exclusão de disciplina

O cancelamento do curso deve ser solicitado quando o aluno não tem mais a intenção de finalizar o curso de mestrado.

O aluno que desejar solicitar o cancelamento do curso precisará entregar o Formulario preenchido e assinado na secretaria da pós-graduação do Centro de Educação Física e Desportos.

Para a conclusão da disciplina:

Ao final da disciplina o aluno deverá ter assistido um mínimo de 06 (seis) seminários ou defesa de qualificação de projetos, dissertação e/ou tese realizados pelo Programa ou por Programas de Pós-Graduação Strictu senso compatíveis que abordem temas de relevância em gerontologia.

São válidos todos os certificados obtidos ao longo da permanência do discente no curso, ou seja, o aluno pode se matricular na disciplina após ter as 6 comprovações.

Participação em qualificações e defesas online do PPGeronto:

O aluno deverá preencher o formulário de participação e inserir, ao final 5 capturas da tela da videoconferência, que apareça a defesa que está participando e o horário. O horário entre a primeira e a última captura deve ter, no mínimo, uma hora de intervalo. Nesse caso não são necessários a assinatura e o carimbo do presidente da banca.

O aluno insere essas imagens no documento em word, transforma para PDF e encaminha para o docente da disciplina conforme for solicitado por ele. O docente irá solicitar a comprovação apenas no final do semestre no qual o aluno estiver matriculado na disciplina.

Participação em qualificações e defesas online de outros PPG’s:

Deve ser solicitada comprovação à secretaria, coordenação ou banca do curso referente à defesa.

Participação em qualificações e defesas presenciais:

O aluno deverá preencher o formulário de participação e solicitar a assinatura e carimbo do Presidente da banca de defesa.

Formulário disciplina de Seminários em Gerontologia

A disciplina de docência orientada é obrigatória na grade curricular do curso e deve ser realizada em disciplina de curso de graduação indicada pelo orientador do aluno.

O plano de docência deve ser aprovado pelo professor orientador, compreendendo, no máximo, trinta por cento da carga horária da disciplina na qual o aluno realizará a docência.

O aluno pode realizar as atividades alusivas à disciplina com supervisão de docente que não seja seu orientador, desde que o mesmo esteja de acordo com o proposto.

Consideram-se atividades limitadas de ensino:
I – ministração de aulas teóricas e práticas;
II – participação em avaliação parcial de conteúdos programáticos, teóricos e práticos.

O aluno que se matricular na disciplina de docência orientada deve encaminhar, por processo eletrônico (PEN) os documentos referentes à participação em disciplina, conforme tutorial a seguir e prazos informados pela Coordenação do Curso.

INSTRUÇÕES

Primeiramente o aluno precisará assinar o termo de concordância de assinatura eletrônica conforme tutorial a seguir: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf , caso ainda não tenha.

Após obter a confirmação da assinatura eletrônica, o aluno deve abrir o processo eletrônico de Docência Orientada no portal de processos: https://portal.ufsm.br/documentos/login.html
O aluno precisará entrar com login (matrícula) e senha (senha do portal do aluno).

 

PARA ABERTURA DO PROCESSO PELO ALUNO

1. Clicar em “Novo” e “Processo”

2. Escolher o Tipo documental “Processo de docência orientada (134.31)”.

No campo procedência aparecerá o nome do aluno.
– O aluno pode complementar a descrição, se quiser, e clicar em salvar.

3. Anexar ao processo clicando em “adicionar” e “enviar”:
1)requerimento de docência orientada no tipo de documento “Solicitação de docência orientada de mestrado/doutorado”, seguindo o Modelo

2) Plano de docência orientada, o qual deverá conter: os assuntos do plano de estudo que serão abordados; data e horário em que a aula ocorrerá; duração da aula. Inserir no tipo “Plano de docência orientada de mestrado/doutorado”.

3) Plano de ensino/ementa da disciplina na qual realizará a docência no tipo de documento no tipo “Ementa de disciplinas de mestrado/doutorado (132.3)” – Modelo de plano de atividades

*Todos os documentos devem estar em formato PDF;

Obs: o relatório de docência orientada será elaborado pelo aluno e inserido após a realização da docência.

4. marcar: “gerado eletronicamente”, “sem autenticação”, assinar o documento? marcar “sim” e clicar em adicionar.

5. Depois de incluir todos os documentos, clicar em “salvar”, inserir o vínculo (discente) e a senha do portal do aluno e clicar em “ok”.

6. Clicar em “tramitar” escrevendo no despacho “solicito encaminhamento do processo ao professor (nome do orientador do aluno)”. Ele será encaminhado para o destino inicial, que é o protocolo da UFSM.

 

PARA TRAMITAÇÃO PELO ORIENTADOR
– O orientador deve assinar o documento Solicitação de docência orientada de mestrado/doutorado incluído pelo aluno, clicar em tramitar e escrever no despacho que está de acordo com a solicitação.
– O processo deve ser tramitado para unidade CURSO-PROGRAMA PG EM GERONTOLOGIA (Código 09.10.06.00.0.0).

Todo aluno poderá ter um coorientador, com o título de Doutor, que contribuirá com a orientação do discente dentro da sua área de conhecimento.

Ao coorientador compete colaborar com a pesquisa do discente, interagindo com o orientador, no planejamento inicial, na implementação e/ou na redação da dissertação ou tese e dos artigos científicos resultantes dos trabalhos finais. Sendo escolhido em comum acordo com o orientador.

O coorientador poderá ser um professor ou não, devendo ter o título de Doutor, podendo ser interno ou externo ao PPGeronto e à UFSM. A indicação do coorientador deverá ser aprovado pelo colegiado do programa e após deverá constar no plano de estudos do aluno.

Ao coorientador não compete avaliar o aluno na defesa final, porém, poderá, por indicação do orientador estar na condição de presidente da comissão no lugar do orientador.

O aluno deverá encaminhar solicitação ao Colegiado para aprovação do Coorientador, conforme as seguintes instruções:

 

INSTRUÇÕES

Primeiramente o aluno precisará assinar o termo de concordância de assinatura eletrônica conforme tutorial a seguir: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf , caso ainda não tenha.

Caso o Coorientador pretendido não seja da UFSM e não tenha cadastro como usuário externo, precisará fazer o cadastro clicando no link https://www.ufsm.br/orgaos-suplementares/dag/pen/servicos/cadastro-de-usuarios-externos/ e no botão “solicitar serviço”. Após o recebimento da confirmação do cadastro precisará concordar com o termo de assinatura eletrônica, conforme tutorial https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf.

Após obter a confirmação da assinatura eletrônica, o aluno deve abrir o processo eletrônico de Processo de Coorientação no portal de processos: https://portal.ufsm.br/documentos/login.html
O aluno precisará entrar com login (matrícula) e senha (senha do portal do aluno),
clicando em “anônimo” e “Login”

PARA ABERTURA DO PROCESSO PELO ALUNO

1. Clicar em “Novo” e “Processo”


2. Escolher o “Tipo documental” do processo: “Processo de coorientação para aluno de mestrado/doutorado (134.331)”.

No campo procedência aparecerá o nome do aluno.
– O aluno pode complementar a descrição, se quiser, e clicar em salvar.



3. Clicar em “Adicionar” e “enviar” para anexar ao processo a solicitação de coorientação, contendo justificativa, em formato PDF, conforme modelo.

 

4. No tipo documental escrever: Solicitação de coorientação de aluno de mestrado/doutorado”. Escolher o documento, marcar: “gerado eletronicamente”, “sem autenticação”; “assinar o documento?” marcar “sim” e clicar em “adicionar”.

 

5. Fazer o mesmo procedimento para incluir o curriculo lattes do coorientador pretendido

 

6. Depois de incluir todos os documentos, o aluno deve clicar em salvar.

 

7. Inserir o vínculo (discente) e a senha do portal do aluno e clicar em “ok”.

 

8. Clicar em “tramitar”

 

9. Em “próximo passo”, o “Destino inicial” será a divisão de protocolo. No “Despacho”, digitar “Encaminhar para o professor (nome do orientador do aluno)”. Clicar em “Tramitar”.


PARA TRAMITAÇÃO PELO ORIENTADOR
– O orientador deve assinar o documento “
Solicitação de Coorientação incluído pelo aluno, clicar em tramitar e escrever no despacho que está de acordo com a solicitação.

– O processo deve ser tramitado para o coorientador pretendido.

 

PARA TRAMITAÇÃO PELO COORIENTADOR PRETENDIDO

O coorientador pretendido precisará acessar a caixa postal da UFSM, assinar o documento “Solicitação de Coorientação incluído pelo aluno, clicar em tramitar e escrever no despacho que está de acordo com a solicitação.
– O processo deve ser tramitado para unidade CURSO-PROGRAMA PG EM GERONTOLOGIA (Código 09.10.06.00.0.0).

O exame de qualificação tem o objetivo de avaliar e qualificar o projeto de pesquisa, bem como a capacidade do aluno em sua consecução.
No exame de qualificação serão avaliados o projeto de pesquisa, a sua originalidade, os resultados parciais quando disponíveis, a competência e o potencial do aluno para conduzir pesquisas inovadoras, de maneira criativa na área de estudo, bem como seus conhecimentos gerais de ciência e pesquisa. Poderá ser agregada ao exame de qualificação a defesa de uma produção intelectual.
O projeto de dissertação de mestrado deve constituir-se em trabalho próprio, inédito, redigido em Língua Portuguesa, encerrando uma contribuição relevante para a área de conhecimento.

O aluno deverá qualificar até 18 meses após o ingresso no curso.

O aluno que ingressar no curso de Mestrado em Gerontologia a partir do ano de 2022 deverá obrigatoriamente utilizar o manual_de_dissertações_e_teses_de_2021 como base para elaboração da dissertação.

Para solicitar a qualificação o discente deverá: ter sido aprovado no teste de suficiência em língua inglesa (caso não tenha sido precisa encaminhar justificativa), ter completado 75% da carga horária do curso e ter apresentado o trabalho e obtido nota que equivalha a aprovação na disciplina de Metodologia Científica II (caso a disciplina ainda não tenha sido finalizada a professora dessa irá atestar a aprovação).

Durante o primeiro e segundo semestres letivos de 2022 as qualificações poderão ser realizadas por videoconferência ou de forma presencial. Pode ter a participação de até um membro por parecer.

Para a qualificação, o mestrando deve encaminhar o Formulário para a Coordenação do PPGeronto com no mínimo 30 dias de antecedência da data sugerida para a qualificação. Esse será apreciado pelo colegiado do Programa. O mestrando fica responsável por agendar a sala que desejar e pela organização do ambiente no dia da defesa.

Roteiro de Qualificação e Defesa

MODELO DE PARECER

O aluno deverá encaminhar a solicitação de qualificação da seguinte forma:

Primeiramente o aluno precisará assinar o termo de concordância de assinatura eletrônica conforme tutorial a seguir: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf , caso ainda não tenha.

Após obter a confirmação da assinatura eletrônica, o aluno deve abrir o processo eletrônico “Processo de qualificação de aluno de mestrado/doutorado” no portal de processos: https://portal.ufsm.br/documentos/login.html
O aluno precisará entrar com login (matrícula) e senha (senha do portal do aluno),
clicando em “anônimo” e “Login”

PARA ABERTURA DO PROCESSO PELO ALUNO

1. Clicar em “Novo” e “Processo”


2. Escolher o “Tipo documental” do processo: “ Processo de qualificação de aluno de mestrado/doutorado (134.324)”.

No campo procedência aparecerá o nome do aluno.
– O aluno pode complementar a descrição
com seu nome e clicar em salvar.

3. Clicar em “Adicionar” e “enviar” para anexar ao processo a solicitação de qualificação de dissertação/tese, em formato PDF, conforme modelo.

4. Aparecerá no tipo documental “Solicitação de qualificação de dissertação/tese”. Escolher o documento, marcar: “sim” (para informação pessoal), “gerado eletronicamente”, “sem autenticação”; “assinar o documento?” marcar “sim” e clicar em “adicionar”.

5. Fazer o mesmo procedimento para incluir o histórico escolar do coorientador pretendido

6. Caso queira incluir algum outro documento, o aluno deve clicar em “adicionar” e “enviar” digitar o nome do tipo documental e marcar os campos

7. Depois de incluir todos os documentos, o aluno deve clicar em salvar.

8. Inserir o vínculo (discente) e a senha do portal do aluno e clicar em “ok”.

9. Clicar em “tramitar”

10. Em “próximo passo”, o “Destino inicial” será a divisão de protocolo. No “Despacho”, digitar “Encaminhar para o professor (nome do orientador do aluno)”. Clicar em “Tramitar”.


PARA TRAMITAÇÃO PELO ORIENTADOR
– O orientador deve assinar o documento “
Solicitação de qualificação de dissertação/tese incluído pelo aluno, clicar em tramitar e escrever no despacho que está de acordo com a solicitação.
– O processo deve ser tramitado para unidade CURSO-PROGRAMA PG EM GERONTOLOGIA (Código 09.10.06.00.0.0).


OBS:

No dia da qualificação levar a Ata de qualificação disponível para download clicando aqui.

O mestrando fica responsável pela sala e organização do ambiente para a defesa, assim como levar o que achar necessário para o evento (exemplo: água, café, alimento,etc.).

ASSINATURAS ACEITAS NA ATA DE QUALIFICAÇÃO:

1- Assinatura via PEN – homologação de atas;

2- Assinatura via GOV.BR;

3- Assinatura eletrônica certificada pela ICP-Brasil (por exemplo: via TOKEN);

4- Assinatura eletrônica que utiliza certificação emitida pela instituição de ensino superior/pesquisa à

qual o(a) membro(a) da banca está vinculado; 

5- Assinatura análoga ao GOV.BR, emitida pelo país de origem dos(as) membros(as) estrangeiros(as)

das bancas; ou

6- Assinatura de próprio punho, aceita  excepcionalmente apenas para estrangeiros(as), desde que

sejam feitas antesdas assinaturas eletrônicas. Neste caso, entende-se que a assinatura do presidente

da banca certifica esta assinatura.

ASSINATURAS NÃO SÃO ACEITAS:

– Assinaturas com a utilização de colagem (da assinatura ou do GOV.BR);

– Assinaturas de próprio punho de membros(as) não estrangeiros;

– Impressão de documentos com assinatura eletrônica e subsequente digitalização para inserção no

processo;

– Edições da ata após a assinatura eletrônica, que resultem na perda de validade da assinatura. 

O aluno que ingressar no curso de Mestrado em Gerontologia a partir do ano de 2022 deverá obrigatoriamente utilizar o manual_de_dissertações_e_teses_de_2021 como base para elaboração da dissertação.

O aluno deverá defender até 24 meses após o ingresso no curso.

A banca examinadora da dissertação será composta pelo orientador do aluno e mais dois examinadores, doutores, com pelo menos um deles externo à UFSM. Ainda, deverá contar com um examinador suplente.

Quando o orientador e coorientador estiverem presentes na comissão examinadora de defesa de dissertação, esta comissão contará com mais um membro efetivo, e o coorientador não participará da atribuição do conceito final.

A presidência dos trabalhos na comissão examinadora será exercida pelo professor orientador. Na impossibilidade de participação do professor orientador, o coorientador poderá presidir os trabalhos de defesa.

Na impossibilidade de participação do orientador e do coorientador na substituição, o orientador deverá comunicar oficialmente à coordenação do programa, indicando os motivos e sugerindo o seu substituto. O professor indicado deverá ter a aprovação do colegiado do programa para presidir os trabalhos de presidente na defesa de dissertação.

Para aprovação da solicitação de defesa do discente o mesmo deverá ter comprovada a submissão de pelo menos um artigo qualis B2 ou maior na área interdisciplinar. O comprovante deve ser anexado no processo de defesa e conter o nome do discente como um dos coautores.

Para a solicitação de defesa o mestrando não deve ter nenhuma pendência curricular, pois estas impedem a solicitação.

Antes de realizar a solicitação o mestrando ou orientador devem agendar sala para a defesa.

O mestrando fica responsável pela sala e organização do ambiente para a defesa, assim como levar o que achar necessário para o evento (exemplo: água, café, alimento,etc.).

A participação dos examinadores externos poderá ser presencial ou à distância, podendo ser por videoconferência ou parecer. Poderá haver uma participação NÃO PRESENCIAL em bancas de defesa de dissertação.

Roteiro de Qualificação e Defesa

MODELO DE PARECER

Tutorial de Solicitação de defesa

O membro externo da banca examinadora precisará solicitar o cadastro como usuário externo, clicando no link https://www.ufsm.br/orgaos-suplementares/dag/pen/servicos/cadastro-de-usuarios-externos/ e no botão “solicitar serviço”. 

Após o recebimento da confirmação do cadastro precisará concordar com o termo de assinatura eletrônica, conforme tutorial: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf.

Com a efetivação do termo, a secretaria criará a banca de defesa e o processo de homologação da ata, no PEN-SIE e tramita-lo-à para a banca, para assinatura.

O tutorial para assinatura de documentos no processo se encontra no link: https://www.youtube.com/watch?v=75D6Mhw6fEM&t=47s

Após todos os membros da banca assinarem a ata, o presidente da banca encaminha o processo para o PPG.

O aluno encaminha ao Colegiado do PPGG ofício solicitando a prorrogação de prazo para a qualificação. No ofício deve conter, o prazo de prorrogação em meses e justificativa para o pedido. O ofício deve ser assinado pelo aluno e pelo seu orientador. Anexo ao ofício encaminhar o projeto de dissertação no estado em que se encontra.

Modelo Ofício AQUI

A critério do Colegiado poderá haver prorrogação mediante solicitação, por escrito, do orientador e do aluno, conjuntamente.

Os prazos poderão ser prorrogados por até seis meses, mediante aprovação do colegiado.
Para discentes que não tenham sido bolsistas, ou que tenham sido bolsistas durante algum período do curso, o prazo definido poderá ser prorrogado por até doze meses, mediante aprovação do Colegiado.

INSTRUÇÕES PARA A SOLICITAÇÃO DE PRORROGAÇÃO DE PRAZO DE DEFESA

Primeiramente o aluno precisará assinar o termo de concordância de assinatura eletrônica conforme tutorial a seguir: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/416/2020/04/Passo-a-passo-termo-assinatura-eletronica-PEN-SIE.pdf , caso ainda não tenha.

Após obter a confirmação da assinatura eletrônica, o aluno deve abrir o processo eletrônico de Processo de prorrogação de prazo para defesa de dissertação/tese no portal de processos: https://portal.ufsm.br/documentos/login.html
O aluno precisará entrar com login (matrícula) e senha (senha do portal do aluno).

 

PARA ABERTURA DO PROCESSO PELO ALUNO

1. Clicar em “Novo” e “Processo”


2. Escolher o “Tipo documental” do processo: “Processo de prorrogação de prazo para defesa de dissertação/tese (134.333)”.

No campo procedência aparecerá o nome do aluno.
– O aluno pode complementar a descrição, se quiser, e clicar em salvar.

 

3. Anexar ao processo a solicitação de prorrogação contendo justificativa e prazo desejado em formato PDF, conforme modelo (RequerimentoProrrogacaoPrazoDefesa), no tipo documental “Requerimento de prorrogação de prazo de defesa de dissertação/tese (134.333)”

– Clicar em “Adicionar” e “enviar”.

 

4. Marcar: “gerado eletronicamente”, “sem autenticação”; “assinar o documento?” marcar “sim” e clicar em adicionar.

 

5. Depois de incluir todos os documentos, o aluno deve clicar em salvar.

 

6. Inserir o vínculo (discente) e a senha do portal do aluno e clicar em “ok”.

 

7. Clicar em “tramitar”

 

8. Em “próximo passo”, escolher a opção “encaminha para Servidor”. Em “Destino”, digitar o nome do orientador e selecioná-lo. No “Despacho”, digitar “Para análise”. Clicar em “Tramitar”.


PARA TRAMITAÇÃO PELO ORIENTADOR
– O orientador deve assinar o documento “
Requerimento de prorrogação de prazo de defesa de dissertação/tese” incluído pelo aluno, clicar em tramitar e escrever no despacho que está de acordo com a solicitação.
– O processo deve ser tramitado para unidade CURSO-PROGRAMA PG EM GERONTOLOGIA (Código 09.10.06.00.0.0).

Para a obtenção do diploma, após a defesa, o aluno precisa:

1. Fazer as correções sugeridas pela Comissão na dissertação;

2. Abrir processo eletrônico conforme tutorial: TUTORIAL Ato de entrega de MDT para entrega da dissertação.

OBS1: O processo deve conter:

  • Dissertação em formato PDF conforme MDT de 2021;
  • Autorização para publicação da dissertação em formato PDF (verificar os dados que constam na folha, principalmente o título, caso haja alteração) – a assinatura deverá ser feita eletronicamente após inserir o documento no processo;
  • Ata de defesa assinada pelos membros da banca.
ASSINATURAS ACEITAS
1- Assinatura via PEN – homologação de atas;
2- Assinatura via GOV.BR;
3- Assinatura eletrônica certificada pela ICP-Brasil (por exemplo: via TOKEN);
4- Assinatura eletrônica que utiliza certificação emitida pela instituição de ensino superior/pesquisa à
qual o(a) membro(a) da banca está vinculado; 
5- Assinatura análoga ao GOV.BR, emitida pelo país de origem dos(as) membros(as) estrangeiros(as)
das bancas; ou
6- Assinatura de próprio punho, aceita  excepcionalmente apenas para estrangeiros(as), desde que
sejam feitas antesdas assinaturas eletrônicas. Neste caso, entende-se que a assinatura do presidente
da banca certifica esta assinatura.
ASSINATURAS NÃO SÃO ACEITAS:
– Assinaturas com a utilização de colagem (da assinatura ou do GOV.BR);
– Assinaturas de próprio punho de membros(as) não estrangeiros;
– Impressão de documentos com assinatura eletrônica e subsequente digitalização para inserção no
processo;
– Edições da ata após a assinatura eletrônica, que resultem na perda de validade da assinatura. 

OBS2: Não é necessária a entrega dos documentos impressos e em CD.

O aluno que precisar do diploma com urgência poderá encaminhar o Formulario de urgencia no diploma preenchido e os documentos comprobatórios da urgência juntamente com a dissertação, no processo eletrônico de entrega da dissertação, ou, caso o motivo da urgência surja após a entrega da dissertação, por e-mail para posgraduacao.cefd@ufsm.br. 

INSTRUÇÕES

1. Acessar o portal do aluno informando o Login (matrícula) e senha.

2. Clicar em “caixa postal”, no número do processo e depois em “abrir”.

 

3. Clicar em “ações” e depois em “inserir documentos”.

4. Clicar em “adicionar” e “enviar”.

5. Escolher o documento e “adicionar”.

6. Salvar.

7. Escolher o vínculo, colocar a senha e clicar em “ok”.

8. Tramitar.

9. Escolher: “encaminha para unidade” e “CURSO-PROGRAMA PG EM GERONTOLOGIA” ou “encaminha para servidor” e “nome do orientador/pessoa”. Escrever o despacho. Clicar em “tramitar”.

INSTRUÇÕES

1. Acessar o portal de processos da UFSM clicando no link https://portal.ufsm.br/documentos/mainMenu.html .

 

2. Clicar no botão processos.

 

3. Digitar o número do processo ou o nome do interessado e clicar em “pesquisar”.

 

4. Clicar no botão com o desenho da pasta para acessar as informações do processo escolhido.

 

5. Nesta página você verá algumas informações sobre o processo, como situação e movimentação atual.

 

6. Clicar na seta ao lado de tramitações, para ver os encaminhamentos dados pelos setores por onde o processo passou, ou de documentos inseridos, para ver quais documentos constam no processo.

 

7. Como o processo não está na sua caixa postal, você poderá ver os documentos que não estiverem com restrição de acesso e os despachos de tramitação, clicando no nome do documento, que aparece na cor azul.

 

8. Clicando em algum despacho de tramitação, você poderá ver o que o setor escreveu sobre o processo.

 

9. Nas tramitações, clicando no botão com desenho do envelope, ao lado de cada etapa de tramitação, você poderá ver o mesmo despacho, de cada setor por onde o documento passou.

Conteúdo da sanfona

Bolsa de estudo é uma prestação pecuniária atribuída ao estudante por entidades publicas ou privadas a fim de financiar as atividades de estudos ou ao desenvolvimento de um trabalho de pesquisa.

A distribuição das bolsas de segue as diretrizes regidas pela Capes pela Portaria nº 76/2010, que regulamenta o programa de Demanda Social, estando os critérios de seleção, distribuição e cancelamento de bolsa regidos pelo Regulamento Interno do PPG Gerontologia e pela Resolução de Bolsas/PPGGERONTO.

As bolsas de estudos são distribuídas anualmente, conforme Edital de Seleção Específico para fins de concessão de bolsas.

Em caso de não conclusão do curso, o bolsista deverá restituir à CAPES o valor recebido em mensalidades.

Todos os cadastros de bolsas do Programa de Demanda Social/CAPES devem ser solicitados via PEN – Processo Eletrônico Nacional. Para tanto, siga o tutorial abaixo.

Tutorial para discentes:

1. O(a) discente contemplado(a) com bolsa deve ter assinatura eletrônica cadastrada no PEN-SIE (tutorial).
2. Efetuar o download do formulário de cadastro disponível nos documentos abaixo, nesta página. Após o preenchimento com os dados solicitados, salvar o arquivo no formato PDF para posterior envio. Além disso efetuar o download do formulário de Declaração de acúmulos CAPES, devendo ser preenchida por todos alunos. Caso o aluno não possua atividade remunerada ou outros rendimentos, deixe em branco os itens 1 e 2. O item 3 “Bolsas declaratórias” – deve ser obrigatoriamente preenchido.
3. Em seguida, clicar no botão “Abrir processo (PEN)” e realizar login, com o número da matrícula e a senha do portal do aluno. No canto superior esquerdo, clique em “Novo” e, em seguida, “Processo”.
4. Durante o preenchimento, no campo “Tipo Documental”, digitar o código 134.62 e selecionar “Processo de registro e acompanhamento de bolsista de pós-graduação DS/CAPES”. Após, clicar em “Salvar”.

5. Na tela “Inserir documentos” aparece a lista de documentos a serem inseridos, indicando quais são obrigatórios – sem a inclusão destes não é possível avançar. Para adicionar o documento solicitado basta clicar no botão “+Adicionar” e “Enviar”.

OBS: o comprovante de residência deve ser da cidade de Santa Maria/RS. Se o comprovante estiver no nome de um terceiro, anexar declaração do mesmo declarando que o bolsista reside na residência.
OBS.: Caso o Programa de Pós-Graduação (PPG) solicite outros documentos, como documento com foto, comprovante de residência, por exemplo, estes devem ser inseridos através do botão inferior direito  “Adicionar”e “Enviar”.

5.1 FORMULÁRIO DE CADASATRO DE BOLSISTA DE PÓS-GRADUAÇÃO (134.62) – Preencher os seguintes campos:

  • Tipo documental: preenchido automaticamente, conforme opção escolhida na tela anterior;
  • Arquivo: realizar o upload do arquivo mencionado no passo 2 deste tutorial, obrigatoriamente no formato PDF, não ultrapassando o limite de 25MB;
  • O documento inserido foi: “Gerado eletronicamente” (quando o original estiver sendo elaborado a partir de um editor de textos e salvo em PDF);
  • Tipo de conferência: “Autenticado”;
  • Assinar documento: Marcar “Sim”.
    IMPORTANTE:
     o documento não assinado não tem validade.

5.2 COMPROVANTE DE DADOS BANCÁRIOS (052.22) – pode ser cópia do cartão, cópia do contrato, cópia de extrato bancário, print de tela de aplicativo. Preencher os seguintes campos:

  • Tipo documental: preenchido automaticamente, conforme opção escolhida na tela anterior;
  • Arquivo: realizar o upload do arquivo, obrigatoriamente no formato PDF, não ultrapassando o limite de 25MB;
  • O documento inserido foi: “Gerado eletronicamente” ou “Digitalizado”;
  • Tipo de conferência: “Sem autenticação”;
  • Assinar documento: Marcar “Não”.

5.3 COMPROVANTE DE AFASTAMENTO INTEGRAL DE BOLSISTA DE PÓS-GRADUAÇÃO – Conforme Portaria nº 76/10 CAPES, Art. 9º, II  e IX, a. Preencher os seguintes campos:

  • Tipo documental: preenchido automaticamente, conforme opção escolhida na tela anterior;
  • Arquivo: realizar o upload do arquivo, obrigatoriamente no formato PDF, não ultrapassando o limite de 25MB;
  • O documento inserido foi: “Gerado eletronicamente” ou “Digitalizado”;
  • Tipo de conferência: “Sem autenticação”;
  • Assinar documento: Marcar “Não”.
    ATENÇÃO: O(s) documento(s) salvos não poderá(ão) mais ser removido(s). Portanto, confira no ícone de “Detalhes” se você anexou o arquivo correto para cada tipo de documento e, caso necessário, exclua o arquivo anexado por engano e inclua correto antes de salvar.

6. Ao salvar o novo processo, é criado um Número Único de Protocolo – NUP, pelo qual pode-se acompanhar a tramitação através da consulta de processos, no Portal Documentos.

7. Na sequência, será solicitada a confirmação de suas credenciais para assinatura do formulário. Selecione o vínculo, confirme a sua senha e clique em OK.

8. Para dar andamento ao processo, basta clicar na opção “Tramitar”.

9. Na tela seguinte, o campo “Próximo passo”, e “Destino” serão preenchidos automaticamente. O campo de “Despacho” fica livre para digitar algo ou pode-se escolher um dos botões pré-estabelecidos.

→ Basta clicar no botão “Tramitar” para enviar o processo à Coordenação do Curso, que irá providenciar o restante das assinaturas e, posteriormente, tramitará para a PRPGP, que realiza o registro do cadastro no sistema.

 Documentos

Formulário de Cadastro DS

Declaração de acúmulos CAPES

É permitida a substituição de um Docente Permanente por outro na orientação de um discente, desde que as justificativas sejam aprovadas pelo Colegiado do PPGeronto, conforme requisitos gerais definidos no Regimento Geral da Pós-Graduação Stricto Sensu e Lato Sensu da UFSM.

A substituição de orientação deve ser solicitada formalmente por requerimento (sem modelo padrão) ao Colegiado, justificando os motivos da troca de orientação. A solicitação deverá ser assinada pelo aluno requerente, orientador atual e provável orientador.

O Colegiado irá analisar e emitirá um parecer deferindo ou indeferindo a solicitação. As partes serão avisadas por e-mail da decisão do colegiado. Caso seja autorizada a substituição da orientação, o aluno deverá efetuar a alteração no Plano de Estudos, via portal do aluno.

O processo de revisão de desligamento de discentes de pós-graduação é solicitado ao curso, pelo discente, quando estiver na situação de abandono ou desligamento e desejar reativar seu vínculo com o curso.

FORMAS DE EVASÃO

  • Abandono – evasão registrada quando um discente não se matricula em disciplinas no semestre vigente, pois os discentes devem estar matriculados em disciplinas até a abertura do processo de defesa no curso.
    • Para regularização do vínculo é necessária a matrícula em disciplinas no semestre vigente com a aprovação de cada docente responsável.
  • Desligamento por decurso de prazo – evasão registrada quando um discente chegou no limite de prazo para conclusão de um curso e ainda não abriu o processo de defesa e não foi feito registro de prorrogação de prazo para defesa no cadastro e histórico escolar discente.
    • Para regularização do vínculo é necessário que a “prorrogação de prazo para defesa” seja analisada, aprovada no curso e posteriormente registrada no cadastro discente e histórico escolar.
  • Desligamento por dupla reprovação – evasão registrada quando houver 2 ou mais reprovações (conforme regulamento da PG).
    • Para regularização do vínculo é necessário que as disciplinas com reprovações sejam analisadas junto aos docentes responsáveis.

PROCEDIMENTOS DO PROCESSO DE REVISÃO DE DESLIGAMENTO DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO

  1. O PEN do processo de revisão de desligamento de curso deve ser aberto pelo(a) discente desligado no Portal Documentos da UFSM.
    • Na tela de “Novo Processo” o primeiro campo a ser informado é o de “Vínculo”, que mostrará todos os tipos de vínculos que o(a) usuário(a) possui com a UFSM e cada usuário deve selecionar o vínculo desejado.
  2. Para revisão de desligamento dos(as) discentes de cursos Stricto Sensu: Clica em Novo > Processo> seleciona o VÍNCULO DESEJADO e o PEN com tipo documental “Processo de revisão de desligamento discente de mestrado/doutorado (134.253)”
  3. Anexar a “Solicitação de revisão de desligamento” com sua defesa referente ao desligamento e o “histórico escolar” disponível no Portal Estudantil. Após anexar, tramitar para a unidade do curso/secretaria.
  4. O curso/secretaria vai analisar a solicitação recebida e realizar os devidos encaminhamentos de acordo com a evasão registrada (Abandono, Desligamento por decurso de prazo ou Desligamento por dupla reprovação).
  5. O curso/secretaria poderá encaminhar o PEN para análise e manifestação das unidades, docentes envolvidos ou aguardar a manifestação/documentação para anexar ao PEN.
    • A manifestação dos docentes responsáveis pode ser por e-mail.
    • Restabelecimento de vínculo para conclusão do curso: efetivar a matrícula na respectiva disciplina de EDT e manifestação do(a) orientador(a).
    • Restabelecimento de vínculo com matrícula em disciplinas do plano de estudos: é necessária a manifestação de cada docente responsável pelas disciplinas a serem matriculadas fora de prazo, desde que seja possibilitada a participação efetiva na disciplina com frequência e avaliação.
    • Restabelecimento de vínculo devido a dupla reprovação: é necessária a regularização destas disciplinas com a manifestação e providências de cada docente responsável na(s) disciplina(s) envolvida(s).
  6. Caso for necessário, o curso/secretaria encaminha o PEN para análise e deliberação do colegiado do curso e/ou departamentos envolvidos.
  7. O curso analisa toda a documentação anexada no PEN e, não havendo pendências, anexa o memorando da coordenação com a devida solicitação e informações necessárias para providências do NCAPG/PRPGP.

Indeferimento: mantendo-se a insatisfação de cada discente egresso com a análise de sua situação, cabe recurso (após manifestação do discente egresso) as instâncias superiores (conforme cada caso), pelo Colegiado, Conselho de Centro da unidade de Ensino do curso e, em última instância, ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) da UFSM.