Ir para o conteúdo O QI Ir para o menu O QI Ir para a busca no site O QI Ir para o rodapé O QI
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

A equipe da 11ª Edição conta um pouco mais sobre como foi o processo editorial da Revista O QI, explicando suas funções e contribuições da edição



O planejamento e a execução da 11ª Edição da Revista O QI saísse em 2022, exigiu  esforço e dedicação dos acadêmicos do sétimo semestre matriculados na disciplina de Projeto Experimental em revistas científicas, os quais subdividiram-se em equipes: projeto gráfico, preparação e revisão de textos, gestão editorial, mídias sociais e gestão do site. 

 

A equipe de gestão editorial é responsável por coordenar as demais equipes, sendo o elo por onde todas as informações passam para serem revisadas e aprovadas antes do devido prosseguimento do fluxo editorial. Cabe a esta equipe coordenar o fluxo editorial da produção científica, desde o recebimento do original, contato com autores e avaliadores, até o envio para revisão e diagramação. Assumir esta função, de acordo com os gestores Charles Willian e Igor Bianchin e Professora Cláudia Bomfá, “é bastante desafiador, pois muitas das atribuições surgem durante o transcorrer da disciplina, e precisam ser resolvidas rapidamente, para não comprometer  o andamento da revista como um todo, entretanto, apesar dos desafios foi uma experiência recompensadora.”

 

Já na parte de projeto gráfico, responsável pelo conceito e identidade visual da edição, tratamento das ilustrações, pesquisa para a composição da capa, estruturação da apresentação da edição, Charles, Igor, Julia Bortolin, Larissa Ferreira, Thainá Gremes e Roberta Machado acreditam que, “assim como todas as equipes que vieram antes, queríamos propor algo novo e de fato experimentar na produção da revista. Uma das primeiras atividades que fizemos foi analisar as outras edições pegando os pontos positivos e negativos das mesmas e propor soluções criativas, essa atividade foi essencial para sabermos por onde começar. Podemos destacar três grandes diferenciais propostos por nós: a diagramação diferenciada dos metadados, a volta com a ideia do mascote e pensar a revista em sua materialidade e acima de tudo experimentar”.

 

A equipe de Preparação e Revisão considerou como diferencial, “o fato de todos os conteúdos passarem pela equipe, o que adequou os textos para a publicação de uma maneira uniforme e garantiu a publicação de materiais de boa qualidade e sem erros”. Consideram também que “esta experiência foi bastante útil aprimoramento dos conhecimentos em relação à preparação e revisão de originais, assim como proporcionou uma melhor experiência sobre como é trabalhar em um projeto que envolve uma equipe na coletividade”. 

 

Umas das grandes novidades dessa edição foi a Equipe de Mídias Sociais, que, enquanto redes sociais, trouxe uma nova perspectiva para a conta da revista O QI, utilizando um tom de voz atual, com uso de gírias pop, o que agradou nosso público composto, em sua maioria, por jovens estudantes. De acordo com a equipe, “o tom de voz e a personalidade adotada para a revista O QI nas redes sociais, além de representar a edição, deu um “up” no engajamento da conta e recebemos um feedback positivo de outros estudantes acerca dos posts e das interações no story. Portanto, acreditamos que agregamos criatividade para a comunicação externa da conta da revista, gerando expectativa para nossa edição impressa”.

 

E por último, a equipe de Site trouxe a reformulação do site do Revista O QI, melhorando a navegabilidade e simplificando sua interface. Além disso, houve a migração do Blog no WordPress, concentrando todas as informações e históricos no site oficial da UFSM, além da criação de novos conteúdos referentes à edição. 

 

E assim terminamos o semestre, dando vida à 11ª Edição da O QI 2022!

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-830-486

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes