Ir para o conteúdo SAI Ir para o menu SAI Ir para a busca no site SAI Ir para o rodapé SAI
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Estréia nesta quinta-feira o Ciclo de Cinema Gauchesco



No mês de novembro o Cineclube da Boca apresenta produções argentinas.
Ciclo de Cinema Gauchesco partiu de uma proposta do Consulado Geral da República Argentina em Porto Alegre  e conta com o apoio do  Instituto Estadual de Cinema (IECINE), da Secretaria de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul e da Secretaria de Apoio Internacional da UFSM.
O Gaucho (sem acento mesmo), vivente da região que abrange partes da Argentina, Uruguai e do Rio Grande do Sul é retratado pelas lentes e desenhos de realizadores argentinos.
A estréia é nesta quinta, dia 9 com “El Desierto Negro” de Gaspar Scheuer.
Sempre às 19:00, no Auditório do Prédio 67 do campus central da UFSM.
Todas e todos são sempre muito bem vindos.
Abaixo a programação completa de novembro:

9/11  El Desierto Negro (Direção: Gaspar Scheuer, 2007, 91 min.)

O filme conta a historia de um fugitivo perseguido por um grupo de soldados. A perseguição fica registrada por marcas deixadas e decifradas por rastreadores. Com o passar dos dias o caso vai se esclarecendo: o “réu” teria cometido algo terrível no passado e a um jovem soldado lhe cabe a duvidosa glória de enfrenta-lo e mata-lo. 

16/11 Aballay – El Hombre Sin Miedo 

(Direção: Fernando Spiner, 2011, 100 min.)

Baseado no conto Aballay, de Antonio Di Benedetto, Fernando Spinertranspõe fielmente a história da busca de Aballay, um pobre menino, pelo assassino de seu pai. A história se passa dez anos após o crime, quando Aballay já tornou “homem feito”. No filme Spiner cria uma série de personagens fundamentais para a construção da narrativa, um “western-gauchescho”.  

23/11 Martin Fierro – La Película (Direção: Liliana Romero e Roberto Fontanarrosa. animação, 2007, 87 min.)

O filme, com desenhos animados do celebre desenhista Rosarino Roberto Fontanarrosa, revisita a primeira parte do livro nacional clássico da literatura gauchesca, o Martín Fierro, escrito por José Hernández em 1872. 

30/11 El Grito En La Sangre (Direção: Fernando Musa, 2013, 97min.)

 

Por volta de 1950 em algum lugar do interior da Argentina, a crença popular de que quando um homem morre por traição, a mesma deve ser vingada por seu primogênito para que sua alma possa descansar em paz. Esta é a história de Cali, um jovem que teve seu pai assassinado pelas costas e que quando a vingança é considerada uma obrigação, se diz que há “um grito no sangue”.

 


Publicações Recentes