Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Sobre Nós

O PROJETO

  • O Observatório de Direitos Humanos – ODH da UFSM, tem o propósito de ampliar o debate sobre o tema e estimular a participação de docentes, estudantes, técnicos administrativos e comunidade em geral em ações e reflexões em Direitos Humanos. 
  • Seu principal objetivo é o de promover a cidadania e a cultura de Direitos Humanos tendo como aspectos básicos a universalidade, a interdependência e a indivisibilidade dos direitos, através da apropriação do conhecimento, da formação acadêmica, da pesquisa, da extensão, da intervenção e da articulação junto às políticas públicas, movimentos sociais e sociedade civil organizada.
  • Seu gerenciamento é feito de forma conjunta entre a Coordenadoria de Ações Educacionais, por meio de seu Observatório de Inclusão e de seu Núcleo de Ações
  • Afirmativas Sociais, Étnico-Raciais e Indígenas, e a Pró-Reitoria de Extensão, através de seu projeto estratégico “Direitos Humanos e Justiça”
  • Os conteúdos basilares são provenientes de trabalhos de Grupos de Pesquisa e de Movimentos Sociais e pautam agendas de grupos sociais minoritários, educação das relações étnico-raciais, refugiados, gênero, orientação sexual e interculturalidade. 
  • Para fins de consulta e registro histórico de sua luta e atuação os conteúdos do Observatório de Ações Afirmativas para Acesso e Permanência nas Universidades
  • Públicas da América do Sul também estarão disponíveis no ODH.

 

OBJETIVOS ESPERADOS

Estimular o aumento de atividades de ensino, pesquisa e extensão como foco em temas relacionados aos direitos humanos;
– Promover aulas públicas sobre temas atuais relacionados aos direitos humanos, visando a qualificação dos debates no espaço universitário;
– Institucionalizar iniciativas na área de direitos humanos já existentes na UFSM;
– Mapear os trabalhos (pesquisa e extensão) na área de direitos humanos na UFSM;
– Mapear os coletivos e movimentos sociais das cidades de Santa Maria, Frederico Westphalen, Palmeira das Missões e Cachoeira do Sul;
– Mapear as experiências locais e regionais na área dos direitos humanos;
– Divulgar as atividades locais, regionais e nacionais relacionadas aos direitos humanos;
– Formar uma rede de apoio à temática dos direitos humanos em parceria com órgãos públicos, comunidade, movimentos sociais;
– Sistematizar documentos, publicações, legislações e informações sobre os diversos eixos e temas dos direitos humanos, como por exemplo: questões de gênero, lgbtt, indígenas, quilombolas, negros, ciganos, crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, migrantes.

Buscando dar maior qualidade e legitimidade ao Observatório, optou-se também pela construção coletiva. Além do grupo da PRE, composto por dois bolsistas, uma TAE e um docente, foram convidados/as outras representações docentes da instituição que contribuem nos debates da área de direitos humanos.