Ir para o conteúdo AGITTEC Ir para o menu AGITTEC Ir para a busca no site AGITTEC Ir para o rodapé AGITTEC
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Embaixador da Nigéria no Brasil visita startup incubada na UFSM



Parceria com empresa produtora de arroz da Nigéria proporcionará destaque no cenário internacional para a Crops Team

Na manhã de hoje, a Agittec recebeu a visita do embaixador da Nigéria no Brasil, Muhammad Makarfi AHMAD, junto de uma comitiva da embaixada. O objetivo da visita foi conhecer as ações de fomento à inovação da Universidade e estabelecer relações com a Crops Team, startup incubada na UFSM que está estabelecendo uma parceria com a empresa nigeriana Umza International Farms

Embaixador da Nigéria no Brasil, comitiva da embaixada e equipe da Crops Team.

 

A Umza International Farms é um moinho de arroz totalmente nativo localizado no estado de Kano, na Nigéria. A fábrica foi fundada em 2010 para processar arroz parboilizado de padrão e qualidade internacionais. Atualmente, a Umza é considerada uma das melhores fábricas de arroz da Nigéria e uma das maiores fábricas de moinho de arroz da África subsaariana, com a mais recente tecnologia de ponta em moagem de arroz. A empresa tem executado com sucesso suas operações ao longo dos anos e isso pode ser evidenciado pelo rápido crescimento em seus principais indicadores financeiros.

 

Recentemente, a Umza implementou 4 mil hectares de pivô central para produção de arroz e, percebendo o potencial de ampliar a produção, contataram a Crops Team. A startup utiliza pesquisa, conhecimento científico e de lavoura para gerar soluções para empresas do ramo agrícola e para o produtor rural, visto que o potencial produtivo e o risco climático são peças-chave para determinar o manejo e o investimento em cada área cultivada. 

 

Segundo Michel Rocha da Silva, CEO da Crops Team, a startup tem trabalhado junto a produtores para elevar a produtividade e chegar mais próximo do potencial produtivo. “Nós caracterizamos o potencial produtivo da região e a partir disso ajustamos o manejo para aumentar a eficiência”, explica Michel. Ele destaca que pensar só na produtividade não é suficiente, é necessário avaliar também a eficiência no uso dos recursos naturais, humanos e financeiros.

 

A Crops Team atuará ajustando a produção da Umza utilizando o sistema de pivô central, tecnologia na qual a irrigação é feita por meio de uma torre, com uma estrutura suspensa que gira de forma circular para a parte superior da plantação. A estrutura possui motor e rodas para que haja o deslocamento. O projeto terá duração de cinco anos, sendo que durante os dois primeiros a empresa contará com dois integrantes da Crops Team para fazer o acompanhamento e a coordenação das atividades de campo, planejamento e execução. Nos últimos três anos, a Crops Team fará visitas ao longo das safras para acompanhar a produção e verificar a necessidade de novas intervenções.

 

O foco do projeto é aumentar a produção de arroz na Nigéria, uma das principais fontes de alimento do país. Com essa parceria, a Crops Team ganhará destaque no cenário internacional, com presença no continente americano e africano.

Texto: Giovana Dutra, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec).

Foto: Equipe da Agittec.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes