Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Santa Maria recebe a última edição de 2019 do Fórum Regional Permanente de Extensão



Foi realizada, nesta terça, 12, a última edição de 2019 do Fórum Regional Permanente de Extensão, no auditório Wilson Aita, no Centro de Tecnologia da UFSM. O evento encerrou o ciclo, que, tendo início em julho deste ano, buscou trabalhar na identificação das demandas sociais das comunidades nas quais a Universidade Federal de Santa Maria está inserida.

O Pró-Reitor de Extensão da UFSM, Flavi Ferreira Lisboa Filho, destacou o papel do fórum como um instrumento fundamental na conexão entre a Universidade e as comunidades nas quais a instituição está inserida. Flavi lembrou, ainda, que o Fórum está em permanente processo de qualificação, adaptando-se às demandas da sociedade e visando a escutar, de maneira mais efetiva, a sociedade.

O Vice-Reitor da UFSM, Luciano Schuch, destacou o papel transformador da Extensão Universitária nas comunidades nas quais atua. De acordo com Schuch, os Fóruns Permanentes, realizados pela Pró-Reitoria de Extensão (PRE), também devem servir de base para que as pesquisas realizadas na UFSM possam estar comprometidas com a sociedade. O Vice-Reitor também destacou que a Extensão desenvolvida pela UFSM é referência nacional, visto que a Universidade está entre as 200 instituições de ensino com maior impacto social no mundo, além de ser a 9ª universidade mais empreendedora do Brasil – índices medidos pelos projetos e pelas ações de extensão.

Para a Secretária Municipal de Educação de Santa Maria, Lúcia Madruga, está sendo fundamental a parceria entre a UFSM e o município para o trabalho de identificação das principais carências nas comunidades, destacando que as escolas municipais – localizadas, em sua maioria, nas periferias da cidade – são pontos estratégicos para a entrada de demandas que podem servir na criação de possibilidades de atuação da Universidade. Madruga apontou que as ações de extensão da UFSM já estão contribuindo para uma nova consciência ambiental sobre, por exemplo, a destinação correta de resíduos sólidos e rejeitos orgânicos.

Atualmente, a UFSM desenvolve, aproximadamente, 1334 ações de extensão no interior do Rio Grande do Sul, em sua maioria nas áreas da Saúde e da Educação. O campus sede é responsável por 1200 destas, com foco maior em Educação e Cultura.

 

Demandas campus Santa Maria

Durante o Fórum, as principais demandas levantadas pela comunidade foram relacionadas à Educação. Dentre as prioridades, estão as possibilidades de parcerias com a rede municipal de ensino, a fim de que sejam desenvolvidos cursos e projetos de extensão voltados aos estudos de Línguas e Artes, além de ações voltadas à formação continuada de professores. Foram abordadas, ainda, as possibilidades de maior inserção de cursos de tecnologias, a fim de que possam ser desenvolvidas ações extensionistas no Tecnoparque de Santa Maria.

A partir tanto dessas demandas, apontadas pela comunidade, quanto dos dados, coletados pela plataforma online e impressa aplicada nas escolas do município, a PRE irá não só orientar a criação de novas ações, como também definir os critérios de divisão dos recursos do Fundo de Incentivo à Extensão (FIEX).

 

Texto: Wellington Hack/Pró-Reitoria de Extensão

Revisão Textual: Erica Medeiros/ Pró-Reitoria de Extensão

Fotos: Eduardo Mota/Pró-Reitoria de Extensão,

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes