Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Atividades culturais desenvolvidas por instituições do FORPROEX Sul são alternativas para quem busca por entretenimento no período de quarentena



Para promover entretenimento às pessoas durante o atual período de quarentena, as instituições de ensino superior integrantes da Regional Sul do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Instituições Públicas de Educação Superior Brasileiras (FORPROEX) estão apostando no desenvolvimento de ações culturais. As atividades, que reúnem desde lives com apresentações musicais até disposição de livros digitais, têm o objetivo de amenizar os efeitos provocados pelo distanciamento social, a partir da adoção do período de isolamento contra a propagação da Covid-19.

Ao menos 15instituições da Regional Sul do FORPOREX já adotaram atividades relacionadas à cultura para disponibilizar à comunidade, sendo três do Rio Grande do Sul (UFRGS, UFSM e UFPEL), três de Santa Catarina (IFSC, UDESC e UFSC) e nove do Paraná (UENP, UNIOESTE, UNICENTRO,IFPR, UEM, UEL, UNESPAR, UTFPR e UFPR).

No Paraná, a UNICENTRO, por meio de projeto de Extensão, promove a série “Para Entender”, a qual apresenta os livros solicitados nos vestibulares da instituição. As produções são veiculadas no Canal Trollendo, do YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCMmfRraC-DEBmn-vWhSPRvg/videos). Outra iniciativa que ocorre na instituição é a divulgação de dicas culturais veiculadas nas redes sociais da Diretoria de Cultura da Universidade, onde são disponibilizadas opções como livros, museus, músicas, animações e outros.

O Campus Coronel Vivida, do IFPR, desenvolve o projeto “Clube da Leitura Chá das 4”. Os encontros, que acontecem através da plataforma “Meet” — disponibilizada pelo Google — terão suas atividades iniciadas nesta semana. A primeira reunião, que contou com a participação de servidores, docentes e alunos, deu início a um ciclo de debates online, a partir da leitura de obras literárias diversas. A ideia do Clube é promover encontros semanais durante o período de quarentena. Para participar dos próximos encontros, basta acompanhar o Facebook da instituição: https://www.facebook.com/ifprcampuscoronelvivida/.

A Pró-Reitoria de Extensão e Culturada UENP, por sua vez, leva arte e cultura à comunidade durante o período de distanciamento social através de uma ação de mão dupla. A iniciativa tem oobjetivo de propiciar atrações culturais para promover o bem-estar e divulgar a produção artístico-musical de artistas e/ou grupos de diversas localidades do país.

A Editora UFPR, assim como o Museu de Arqueologia e Etnologia da instituição, disponibilizou o download gratuito de publicações e jogos. O Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE), por exemplo, oferece seus catálogos online, exposições, jogos e publicações. As publicações de caráter didático destinam-se a estudantes e professores da rede de ensino fundamental e médio; as publicações acadêmicas abrangem o acervo, as pesquisas, as exposições e as obras temáticas de interesse para os trabalhos do museu.Nas redes sociais, o MAE apresentará peças de seu acervo, exposições e outras atividades desenvolvidas—  basta procurar por @MAEUFPR no Instagram e no Facebook. Já a Editora UFPR disponibiliza parte de seu catálogo para download gratuito. O leitor poderá usufruir, pelo dispositivo que quiser, de 32 títulos que podem ser baixados — basta acessar o link “livros digitais” no site da Editora UFPR ou a página do Repositório Digital Institucional da UFPR. Em sua maioria, os livros estão em formato PDF. https://www.editora.ufpr.br/.

Na UEL, em busca de entreter as crianças que estão em casa neste período de quarentena, o Grupo de Pesquisa FELICE, ligado ao Departamento de Letras Estrangeiras Modernas, do Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH), oferece uma série de vídeos com narração de histórias, músicas e atividades em línguas estrangeiras. Pais e responsáveis podem acessar o conteúdo, indicado para crianças de até 10 anos, no perfil do Facebook: https://www.facebook.com/epic.uel.7.

A UEM também disponibiliza sua plataforma de livraria digital para a comunidade. A Livraria da Editora da Universidade Estadual de Maringá, a Eduem, tem uma boa opção para aproveitar esse período de isolamento social: o setor colocou mais de 40 títulos disponíveis para download. As obras estão em formato ePub e PDF. Para ter acesso, basta clicar neste link: https://drive.google.com/drive/folders/1Skru128r2nziqRDbqf609iY2bTc2DbDc. A UNESPAR, no campus União da Vitória, por sua vez, divulga o projeto de extensão “Senta que lá vem história”. Formado por acadêmicos e docentes do curso de Letras, a ação auxilia na construção de conhecimentos sobre alfabetização e letramento. A narração de história é disponibilizada em formato de live, por meio da página do projeto de extensão no Facebook: https://www.facebook.com/ProjetoSentaQueLaVemHistoria/.

Na UTFPR, comissões se uniram para criar uma curadoria digital de cultura, — disponível em website — com o intuito de levar conteúdo para a comunidade durante o período de isolamento social. O site recebe atualizações constantes, com ações de cultura que permitem interação virtual ao vivo — como lives, aulas online de música e dança — ou atividades livres — como passeios virtuais em museus, dicas de séries e portais com tutoriais de pintura. A UTFPR tem o objetivo de intensificar o trabalho, para que sejam criadas campanhas que promovam as iniciativas culturais online entre servidores, alunos e comunidade externa. O link para acessar o site é o seguinte: https://sites.google.com/professores.utfpr.edu.br/culturautfpr/in%C3%ADcio?authuser=0.

A UNIOESTE, no campus Marechal Cândido Rondon, iniciou o projeto “Xô Corona – Ginástica Marechal”. As atividades são desenvolvidas pelo Núcleo de Estudos e Práticas em Educação Física (Nepef) e pelo curso de Educação Física da instituição, em parceria com entidades da cidade. De segunda a sexta-feira, educadores físicos ministram aulas de yoga, treinamento funcional, dança e ginástica. Por meio de lives, as aulas são destinadas à toda a comunidade. Para participar, basta acompanhar as transmissões no link do Facebook: https://www.facebook.com/jornalOPresente/videos/2521757338083938/.

No Rio Grande do Sul, a UFSM, por meio da Pró-Reitoria de Extensão (PRE), lançou uma série de lives chamada “Extensão UFSM: contigo em casa”, que busca amenizar o distanciamento social provocado pela pandemia de Covid-19. O objetivo é levar conteúdo online e entretenimento para as pessoas durante a quarentena contra a proliferação do novo coronavírus. A ideia é realizar uma série de transmissões sobre atividades físicas e apresentações culturais, sem esquecer do público infantil. As lives são transmitidas via Instagram, com duração de, aproximadamente, 15 minutos.

Além das lives, a UFSM, por meio da Coordenadoria de Cultura e Arte (CCA) da PRE, disponibilizou uma série de conteúdos voltados à música clássica e a visitas virtuais de museus. Os conteúdos podem ser acessados por meio do menu “Cultura online”, no site do Centro de Convenções UFSM (https://www.ufsm.br/outros-orgaos/cc/). O objetivo, além de amenizar a rotina de distanciamento social causado pela Pandemia do Covid-19, é facilitar o acesso da comunidade a obras musicais de diversos compositores, estilos e nacionalidades. Além de links de Orquestras Internacionais, o espaço virtual reservado ao acesso e à disponibilização de conteúdos culturais conta com peças produzidas na própria UFSM. O podcast “MusiCuriosos”, produzido pelo projeto de pesquisa “Música: Criação, Recepção e Compreensão” da UFSM, oferece, ao público, conteúdos musicais e curiosidades acerca dos assuntos que envolvem a música erudita e a própria vida do músico.

A UFPEL disponibilizou o VGRID, ambiente de realidade virtual da instituição, que permite a interação de professores e alunos, fornecendo espaços de convívio, exposições, chat em texto e em voice. O ambiente virtual é uma criação do projeto V-GRAD, da própria UFPEL. Para acessar a plataforma, basta seguir as instruções presentes no link: http://v-grad.blogspot.com/. Você pode visitar lugares e realizar atividades, como o Campus Virtual, o Museu Virtual, a Escola de Matemática e Engenharia, o Centro de Ciências e Tecnologia, a Escola de Artes e Humanidades e o Auditório do VGRID. Outra opção, especialmente para o público infantil, é baixar o Livro de Atividades do Museu do Doce, fornecido pelo Laboratório de Educação para o Patrimônio (LEP), da UFPel: acesse em https://drive.google.com/open?id=1Cc5KoAha9AJZlkzqQWEzXVzbCmDyCqyW. Nesta semana, a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREC) da UFPEL lançou uma agenda, em formato de website, com ações culturais para que toda a comunidade possa utilizar durante o período de isolamento social ao combate da pandemia de Covid-19. No projeto “Tão Perto, tão longe”, que engloba atividades para todas as idades, é possível conferir lives, participar de concursos de fotografia, compartilhar desenhos, fazer a leitura de poemas, dentre tantas outras ações. Para conferir todas essas atividades, basta acessar: https://wp.ufpel.edu.br/prectaolongetaoperto/.

Na UFRGS, o Departamento de Difusão Cultural da Pró-Reitoria de Extensão disponibilizou, desde a última semana, diversos vídeos que relembram momentos marcantes da cultura não só na instituição, como também em toda a cidade de Porto Alegre. O Unimúsica— projeto criado em 1981 com o intuito de dedicar-se à divulgação e à articulação da produção de músicos e pensadores através de ciclos temáticos anuais — iniciou a série a ser disponibilizada online pelo DDC. Além do Unimúsica, o DDC divulgará ações culturais, como o projeto Coisas Essenciais da Vida e o Percurso do Artista. Os vídeos são veiculados diariamente nas redes sociais do Departamento no Instagram (https://www.instagram.com/difusaoculturalufrgs/) e no Facebook (http://facebook.com/ddc.ufrgs). Para quem gosta de cinema, a equipe da Sala Redenção divulga sugestões de filmes para serem vistos durante a quarentena. Também serão disponibilizados os trailers dos longas.

“Histórias narradas” oferece áudio de histórias infantis para as crianças/Arte: Divulgação

 

Além de todas as ações citadas anteriormente, a loja de produtos institucionais Ponto UFRGS disponibiliza uma série de histórias narradas para crianças que estão em casa durante esse período. O objetivo do “Histórias Narradas” é oferecer o áudio de histórias infantis às famílias e despertar, por meio de atividades criativas, a imaginação das crianças. Para fazer o download do arquivo em áudio das histórias, acesse:

https://www.ufrgs.br/coronavirus/base/ponto-ufrgs-disponibiliza-audios-de-historias-infantis-em-projeto-que-envolve-criancas-em-quarentena/

Em Santa Catarina, o IFSC compilou e divulgou dicas, sugestões de conteúdos e atividades online não só para acadêmicos, mas também para a comunidade em geral. Através do link https://www.ifsc.edu.br/post-ifsc/1872468/coronav%C3%ADrus-o-que-fazer-enquanto-as-aulas-presenciais-est%C3%A3o-suspensas, é possível conferir todo o material selecionado, que visa a aproveitar este período de distanciamento social de forma produtiva. O material é composto por visitas a museus virtuais, cursos online e dicas de atividade física por profissionais da instituição.

A UDESC, assim como a UFRGS, lançou uma ação para motivar as crianças que estão em casa: o programa de extensão “EsagKids” é ligado ao Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Universidade. A história em quadrinhos “Diário de uma pipa em quarentena” está sendo distribuída diariamente por meio dos canais do EsagKids nas mídias sociais: no Instagram (@esagkids) e, semanalmente, no Facebook (/esagkids). Ela também pode ser encontrada no site do EsagKids (esagkids.com.br) — inclusive para download em arquivo PDF, para impressão e distribuição por outros meios.O Museu da Escola Catarinense (Mesc), que também faz parte da UDESC em Florianópolis, oferece um recurso que permite aos visitantes realizarem um passeio virtual pelas suas instalações e pelo seu acervo. Acesse o tour virtual do Mesc por meio do link: http://www1.udesc.br/museudaescola.

Primeira tirinha do “Diário de uma pipa em quarentena”/Arte: Reprodução

A UFSC, por sua vez, colocou à disposição passeios virtuais pelas fortalezas da Ilha de Santa Catarina. A Coordenadoria das Fortalezas da Ilha de Santa Catarina, vinculada à Secretaria de Cultura e Arte da Universidade (SeCArte), oferece um passeio virtual pelos monumentos como opção de entretenimento. Fotos antigas, mapas de época, plantas, ilustrações seculares e outros recursos estão disponíveis em uma sequência, como a de um passeio, em cada uma das três fortalezas do século XVIII. Para realizar as visitas virtuais, os links são os seguintes:

Fortaleza de Anhatomirim: https://prezi.com/kxl49n1nbcs8/curso-de-capacitacao-de-condutores-culturais-e-ambientais/

Fortaleza de São José da Ponta Grossa: https://prezi.com/0b5oye9zkbxp/passeio-virtual-fortaleza-de-sao-jose-da-ponta-grossa/#

Fortaleza de Santo Antônio de Ratones: https://prezi.com/r-gg4sav-ffi/passeio-virtual-fortaleza-de-santo-antonio-de-ratones/

O FORPROEX reúne, anualmente, pró-reitores, diretores e coordenadores de Extensão de todas as instituições de ensino superior do Brasil, em conferências e mesas de debate abertas ao público. O FORPROEX Sul congrega as instituições de ensino superior (federais, estaduais e municipais) dos três estados da Região Sul: Paraná, com sete instituições estaduais (UEL, UEM, UNESPAR, UEPG, UNICENTRO, UENP, UNIOESTE), três federais (UFPR, UTFPR e UNILA) e um IF (IFPR); Santa Catarina, com uma estadual (UDESC), dois IF (IFSC e IFC), uma municipal (FURB) e duas federais (UFSC e UFFS); e Rio Grande do Sul, com uma estadual (UERGS), três IFs (IFFar, IFSul, IFRs) e seis federais (UFSM, UFRGS, UFPEL, FURG, UFCSPA, UNIPAMPA).

A gestão 2019-2020 da Regional Sul do FORPROEX tem como coordenador Flavi Ferreira Lisbôa Filho, atual Pró-Reitor de Extensão da UFSM, e como vice coordenadora Simone Castanho, atual Pró-Reitora de Extensão e Cultura da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP).

Redação: Rubens Guilherme Santos/ Pró-Reitoria de Extensão UFSM
Revisão Textual: Erica Medeiros/ Pró-Reitoria de Extensão UFSM

 


Publicações Recentes