Ir para o conteúdo PRE Ir para o menu PRE Ir para a busca no site PRE Ir para o rodapé PRE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Escultura São Miguel, de Silvestre Peciar, é reinaugurada no Centro de Convenções UFSM

Obra do artista uruguaio está aberta à visitação na parte externa do CC



Foi realizada, na manhã desta quinta-feira, 07, no Centro de Convenções UFSM, a reinauguração da escultura de São Miguel, criada por Silvestre Peciar em 1989. A obra, anteriormente instalada no Centro de Artes e Letras (CAL), foi restaurada pelo professor e artista José Francisco Goulart e está aberta à visitação pública na parte externa do Centro de Convenções. A escultura, que pesa aproximadamente 580 quilos, passa a integrar as obras de Peciar dispostas nos espaços públicos da instituição, juntamente com a Escultura da Mulher (prédio da reitoria) e o mural Auwe (antiga reitoria).

O reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Afonso Burmann, destacou que o restauro da escultura faz parte dos esforços empreendidos pela Universidade para o resgate e a valorização do patrimônio artístico cultural da instituição. O professor ressaltou que este é um momento oportuno para disponibilizar o acervo artístico da UFSM para a sociedade, uma vez que se vive um período no qual as questões que envolvem a cultura e arte sofrem um processo de marginalização e de desconstrução. Burmann lembrou que a Universidade, como espaço da democracia e da pluralidade, continuará desempenhando o seu papel de resistência junto à sociedade, resgatando a memória cultural para colocar uma reflexão permanente sobre o papel histórico das instituições.

Vera Lucia Portinho Vianna, coordenadora de Cultura e Arte da Pró-Reitoria de Extensão UFSM, ressaltou o compromisso assumido pelo professor José Francisco Goulart na restauração da obra e a sua preocupação com a memória artística da UFSM. A professora também trouxe a simbologia de São Miguel – um anjo guerreiro – que lembra o papel permanente que as universidades desempenham em defesa da diversidade, da sociedade, da ciência e da cultura. 

Para o professor José Francisco Goulart, responsável pela restauração da Escultura de São Miguel, disponibilizar a obra novamente à sociedade é motivo de muita alegria, pois Silvestre Peciar sempre desejou que a arte ocupasse espaços públicos. Goulart comentou que, durante o processo de restauração, lembrou-se dos momentos compartilhados com Peciar, seu professor, durante a criação da obra, além dos inúmeros projetos e estudos preparatórios para que a obra São Miguel fosse criada. De acordo com o diretor do Centro de Artes e Letras, Cláudio Esteves, a reinauguração da escultura demonstra o compromisso assumido pela UFSM em disponibilizar as obras para visitação e valorização pela sociedade, não sendo apenas relíquias guardadas pela instituição.

A escultura São Miguel pode ser visitada, respeitando as normas sanitárias da instituição, no campus sede da UFSM. A cerimônia de inauguração pode ser acessada aqui.

 

Redação: Wellington Hack/PRE UFSM

Fotos: Rafael Happke/PRE UFSM

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes