Ir para o conteúdo PROGRAD Ir para o menu PROGRAD Ir para a busca no site PROGRAD Ir para o rodapé PROGRAD
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

#DescubraUFSM: Evento aberto à comunidade termina neste sábado (6) às 14 horas com diversas atividades interativas



Quinta edição do Descubra, que segue até este sábado (6), traz uma série de atividades interativas

 

Termina nesse sábado (6) às 14 horas mais uma edição do Descubra UFSM. O evento, que completa cinco anos, promove o primeiro contato entre os alunos do ensino médio e demais interessados com a Universidade, por meio de um espaço dinâmico para sanar dúvidas sobre cursos técnicos, tecnológicos, licenciaturas e bacharelados.

Como de costume, o Descubra contou com diversas atividades promovidas por estudantes e professores dos cursos da Universidade, bem como exposições de projetos de extensão e oferta de serviços à comunidade.

Mostra de cursos ocorre na área externa e no pavilhão principal

Cursos do Centro de Educação oportunizam experiências sensoriais para que visitantes compreendam rotinas de cegos e cadeirantes

 

A descoberta inicia logo na chegada ao Centro de Eventos. Na Rua das Artes, o visitante encontra informações sobre o curso de Artes Visuais e pode apreciar exposições e instalações produzidas pelos universitários. No espaço, é possível participar de atividades de experimentação e conferir performances dos alunos de Dança, curso que marca presença no evento. Isto porque, neste ano, as aulas práticas ocorrem durante o Descubra e são abertas a todos os visitantes. Conforme explica Gabriela Siqueira, formanda do curso de Dança, a ideia para a próximo ano é oferecer oficinas para os visitantes.

Além da Rua das Artes, o Centro de Artes e Letras (CAL) chamou atenção pelos equipamentos apresentados pelo curso de Música e Tecnologias. O visitante que for até o estande poderá conhecer os programas utilizados no curso para as performances e produções dos materiais sonoros, além de conhecer controladores produzidos por estudantes a partir dos projetos de pesquisa.

Entre os cursos ofertados pelo Centro de Tecnologia (CT), a Engenharia Acústica chama atenção pela instrumentação. Os alunos presentes no estande da graduação explicam a utilidade de alguns aparelhos usados em aula, entre eles as Placas de Chladni, para o estudo das vibrações.

Outro curso que investiu na aparelhagem foi o de Meteorologia. Integrados ao Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE), os alunos desta graduação trouxeram a exposição de instrumentos de medição de ventos e temperatura utilizados nas aulas. O CCNE também realiza reações químicas e exposição de fotos do Jardim Botânico postadas no Instagram.

O Centro de Educação (CE) propõe atividades de experimentação com audiodescrição e cadeiras de rodas. Quem visitar o estande dos cursos de Pedagogia e Educação Especial poderá participar da dinâmica da  vendagem, em que será guiado por uma monitora e percorrerá um curto trajeto no pavilhão principal.

O estande do curso de História, do Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH), destaca-se por trazer alguns Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC). O intuito é mostrar ao visitante quais são as áreas e temas que a pesquisa em história pode desenvolver. A estudante Vitória Miron, da licenciatura em História,  enfatiza a grande participação do público.

Os cursos do Centro de Ciências da Saúde (CCS) trouxeram amostras das produções em laboratório. Um exemplo é o curso de Farmácia, que além da observação microscópica e dos jogos interativos, expõe os cosméticos manipulados na Farmácia Escola.

Já o curso de Zootecnia, do Centro de Ciências Rurais (CCR), apostou na maior exposição de materiais que ilustrem as atividades desenvolvidas durante a formação.

O Descubra conta ainda com a participação e apresentação dos cursos oferecidos pelos Colégios Politécnico e Técnico Industrial de Santa Maria e nos outros campi da UFSM, são eles, Frederico Westphalen, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões.

Destaques na área externa do Descubra

Outras atividades desenvolvidas na Universidade ganharam destaque. Na área externa é possível conhecer projetos como o PET – Indígena, onde o visitante poderá conhecer as atividades desenvolvida pelo Projeto, além de degustar exemplos da culinária típica Kaigang Guaraní, novidade desta edição.

A Tenda do Afeto, vinculada ao Centro de Ciências da Saúde, e as atividades dos cursos técnicos de Enfermagem e de Cuidado de Idosos, oferecidos pelo Colégio Politécnico, também estão na área externa.

O projeto Polifeira do Agricultor teve sua primeira participação no Descubra. Conforme Eduarda Fraga, estudante de Relações Internacionais e feirante da Quinta da Gama, o foco, neste momento, não é a venda de produtos orgânicos e vegetais, mas sim as comidas artesanais.

O Descubra UFSM segue sábado (6), no Centro de Eventos. Nesta sexta, o horário de visitação será das 9h às 17h. No sábado, das 9h às 14h. As atividades são abertas à comunidade em geral.

A organização do evento divulgou uma lista das principais atrações, que podem ser visualizadas no mapa abaixo:

 

Atrações:

 Pavilhão Polivalente, com unidades, cursos e colégios da UFSM;

 Espaço Colaborativo, com a presença do Centro de Formação de Condutores (CFC) Viacentro e das instituições de ensino Universidade Franciscana (UFN), Faculdade Palotina (Fapas) e Instituto Federal Farroupilha (IFF);

– Colégio Politécnico, com exposição de práticas e máquinas;

– Rua das Artes, onde os alunos de Artes Cênicas, Artes Visuais, Dança, Música, Letras e Desenho Industrial oferecem oficinas e workshops e promovem manifestações artísticas;

– Grupos do PET, com exposição de trabalhos, com destaque para o PET Indígena;

– Polifeira do Produtor, com agricultores locais vendendo sua produção;

– Floresce – Floricultura Escola, com minicursos;

– Projeto Mandala, com oficinas de utilização de plantas medicinais e temperos;

– Teste vocacional para alunos do terceiro ano do Ensino Médio, com aplicação realizada por professores e estudantes de Psicologia da UFSM;

– Espaço Diversão, com os brinquedos futebol de sabão e touro mecânico;

– Palco, com apresentações artísticas e musicais;

– Vibe, com shows de música;

– Laboratório de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, com a tenda do afeto para acolher os participantes do evento;

– Espaço Chimarrão, com erva-mate Elacy fornecendo água quente e erva para o mate;

– Praça de Alimentação, com restaurante e food trucks.

Texto: Bárbara Marmor, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Notícias

Fotos: Maria Luísa Viana, acadêmica de Jornalismo da UFN e estagiária da Agência de Notícias

Edição: Maurício Dias

Fonte: www.ufsm.br 


Publicações Recentes