Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Prefeitura de Cachoeira do Sul entrega licença de instalação para o novo campus da UFSM

Em solenidade realizada no final da tarde de quarta-feira (15), realizada na Prefeitura de Cachoeira do Sul, foi assinada a licença de instalação do campus da UFSM no município. Com isso, a UFSM, que já atua em Cachoeira do Sul desde agosto de 2014 com mais de 300 estudantes, pode contratar a empresa vencedora da licitação e assinar a ordem de serviço para o início das obras.

Na presença de representantes da comunidade, o prefeito Neiron Viegas destacou a seriedade e o empenho dos técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente na condução do estudo para a Licença de Instalação. Um grupo multidisciplinar da Prefeitura trabalhou no estudo de impacto ambiental para o empreendimento. Neiron também ressaltou a boa relação estabelecida entre a UFSM e a Prefeitura e a importância de mais esse passo na consolidação da UFSM no município.

Para o diretor do campus de Cachoeira do Sul, professor José Mario Doleys Soares, a licença para o começo das obras permite que a UFSM possa crescer com qualidade e quantidade na cidade. Recebendo uma média de 190 novos estudantes por semestre, a UFSM tem cinco cursos na cidade na primeira fase de instalação do campus e terá outros cinco na segunda fase.

Licenciamento

Responsável pelo Licenciamento Ambiental, Milton Felix Martins, funcionário da Prefeitura de Cachoeira do Sul, explicou os passos do processo: na primeira etapa, concluída em janeiro, foi realizada a licença prévia, que avalia a viabilidade ambiental do local de implantação do projeto; a segunda etapa, concluída hoje, é a licença de instalação, que permite o começo das obras do empreendimento; e a terceira etapa, após a conclusão das obras, é a licença de operação. Milton ressaltou que este é um processo complexo que envolveu vários setores da Prefeitura, que cresceram profissionalmente ao trabalhar com um empreendimento do porte de um campus universitário.

Cursos e investimentos

Para o começo da primeira fase, com a construção de dois complexos de prédios, do Restaurante Universitário e da Casa do Estudante, estão previstos mais de R$ 121 milhões. Com ingresso semestral via Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a UFSM oferece na primeira fase de implantação os cursos de Engenharia de Transportes e Logística, Engenharia Agrícola, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Arquitetura e Urbanismo. Na segunda fase, prevista para iniciar em 2018, o campus terá também os cursos de Engenharia de Alimentos, Engenharia de Software e Tecnologia e Desenvolvimento de Sistemas, Engenharia de Controle e Automação e Engenharia de Minas. Ao final da implantação a UFSM deve contar com 4 mil estudantes em Cachoeira do Sul. O campus da UFSM será construído em uma área de 88 hectares comprada e cedida pela Prefeitura, na localidade de Passo d’Areia, no interior do município.

Texto: José Luís Zasso, assessor de imprensa da Prefeitura de Cachoeira do Sul